(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil cumpre mandado de prisão em desfavor de pai acusado de estupro contra duas filhas

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um pai investigado por cometer em Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), crime de estupro de vulnerável contra duas filhas biológicas, foi preso pela Polícia Civil no sábado (20.03), durante ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Adolescente e Idoso do município, para cumprimento de mandado de prisão. 

O suspeito de 45 anos estava com a ordem judicial de prisão decretada pela 2ª Vara Criminal da Comarca local, desde o ano de 2019, decorrente do inquérito policial que tramita na  Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Adolescente e Idoso de Sinop.    

Nas investigações, uma das vítimas (que na época dos fatos tinha 15 anos) relatou sobre os abusos sexuais cometidos pelo pai, desde quando ela tinha 9 anos de idade. No entanto, essa filha só revelou o estupro para a mãe, quando sua irmã mais nova completou 11 anos.

Logo que tomou conhecimento do crime praticado pelo pai das crianças, a genitora das meninas procurou a Polícia Civil e registrou o boletim de ocorrência. Com base nas provas e fundadas evidências, o suspeito teve o mandado de prisão decretado pelo juízo no dia 18 de julho de 2019. Porém encontrava-se foragido.

Leia Também:  Polícia Civil prende padrasto por homicídio e ocultação de cadáver de adolescente desaparecido em Paranatinga

Durante diligências os policiais civis descobriram que o suspeito estava residindo na cidade de Sorriso. Diante das informações apuradas, a equipe foi até o endereço do foragido no bairro Novos Campos, onde ele foi preso.

Em cumprimento ao mandado de prisão, o investigado foi conduzido até a delegacia para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Leia Também:  Polícia Civil identifica e prende suspeito de cometer série de furtos noturnos em Campo Verde

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA