(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil cumpre buscas e apreende R$ 28 mil em casa de alvo investigado por roubo de carreta e carga de soja

Publicados

A sociedade contra o crime


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

 

Policiais civis cumpriram nesta quarta-feira (02.02), em Cuiabá, um mandado de busca e apreensão domiciliar de um alvo investigado em um inquérito que apura o roubo de um carreta e da carga de 46 toneladas de soja, ocorrido em Rosário Oeste. Na casa, localizada no Jardim Industriário 2, foram apreendidos R$ 28 mil. 

A ação de cumprimento do mandado foi efetuada pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) em apoio à Delegacia de Rosário Oeste, que instaurou inquérito parar apurar o crime de roubo majorado pelo concurso de pessoas, restrição à liberdade da vítima e  com uso de arma de fogo, ocorrido no final de novembro do ano passado. 

Roubo 

Após conseguir sair do cativeiro em que foi mantido pelos criminosos, o motorista procurou uma unidade policial. Ele declarou que seguia pela rodovia e próximo ao Distrito de Bauxi, por volta das 18h, fez uma parada em um restaurante e depois seguiu o trajeto. Ao chegar próximo à entrada de uma mineradora, o veículo, modelo Volvo FH500 apresentou problema e ao descer para verificar, uma pessoa lhe abordou com uma arma de fogo e o empurrou para dentro da carreta e o mandou cobrir a cabeça. 

Leia Também:  Ação integrada apreende 50 quilos de pasta base de cocaína na zona rural de Campos de Júlio

Em seguida, entraram outros suspeitos no veículo e depois o motorista teva as mãos atadas com uma braçadeira. Um dos suspeitos  passou a conversar, usando um rádio transmissor, com outra pessoa que ao saber o modelo do caminhão, disse que este servia. Os criminosos andaram por quase vinte quilômetros, pararam e desceram a vítima do veículo, e o colocaram em um carro,andando com ele por quarenta minutos. 

Em um determinado ponto do matagal, o grupo criminoso, que a todo momento mantinha uma arma apontada para a vítima, mandou que o motorista sentasse, local onde permaneceu até a tarde do dia seguinte. Por volta das 16h do dia 27 de novembro, um dos criminosos falou por rádio com alguém que deu a ordem para libertar o motorista. Após, a vítima foi levada para dentro da mata, teve a cabeça descoberta e um dos assaltantes ordenou que ela andasse e não olhasse para trás. 

A vítima andou até encontrar uma estrada de chão e depois saiu na BR- 364, próximo da zona urbana de Rosário Oeste, e buscou ajuda com a concessionária da rodovia, que o encaminhou à polícia. 

Leia Também:  Fiscalização conjunta resulta em prisão de suspeito de jogar dejetos em Área de Preservação

Recuperação dos veículos 
O dolly (reboque da carreta) foi localizado em Várzea Grande e os semirreboques da carreta foram localizados no início de dezembro, no bairro Jardim Industriário, ao lado de um pátio do Detran.

Já os conjuntos de pneus foram apreendidos no interior de uma borracharia nas proximidades e o proprietário do local foi preso em flagrante por receptação. Em interrogatório, o dono da borracharia declarou que no dia 27 de novembro recebeu ligação de um amigo pedindo que fizesse a retirada dos 17 conjuntos de pneus e rodas de uma carreta, que estava estacionada em um terrenos nas proximidades, e depois uma pessoa iria buscá-los. Posteriormente, o dono da carreta recebeu uma ligação informando sobre o veículo e na oficina, ele reconheceu os pneus.

As investigações prosseguem para chegar aos envolvidos no roubo da carreta e da carga de 46 toneladas de soja transportadas. Um dos suspeitos identificados pela Polícia Civil e alvo do mandado de busca tem diversas passagens policiais.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicados

em

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Leia Também:  Polícia Civil esclarece homicídio de jovem desaparecido em Tangará da Serra

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA