(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil busca por adolescente desaparecida em Primavera do Leste

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil em Primavera do Leste busca informações para chegar à localização da adolescente Caronni Hemili Neves Pereira, de 17 anos.

A mãe da adolescente procurou a delegacia em Primavera do Leste e registrou o desaparecimento da filha, na noite de terça-feira (11). Segundo a comunicante, a adolescente saiu de casa, no bairro Poncho 3, por volta da meia-noite, e deixou uma carta dizendo que iria embora. Os pais acreditam que ela possa estar em Cuiabá. 

Quem souber de informações que possam levar à localização da adolescente pode entrar em contato com a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Primavera do Leste pelo telefone (65) 99987-4074.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dois casais que atuavam no fornecimento de bocas de fumo em Rondonópolis são presos pela Polícia Civil
Propaganda

A sociedade contra o crime

Policiais civis apreendem madeira ilegal e veículos em área de reserva indígena, em Comodoro

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil apreendeu no último fim de semana uma camionete e um trator escondidos em uma área onde foram encontrados resquícios de retirada ilegal de madeira, dentro de uma reserva indígena, no município de Comodoro.

A Delegacia de Comodoro recebeu denúncias de que em uma área da reserva indígena Vale do Guaporé, a oeste de Comodoro, havia estradas abertas para a retirada de madeira. A equipe de investigação contou com a ajuda de um drone para sobrevoo na mata em busca de indícios de remoção de madeira da reserva.

Em um determinado ponto,foi localizada, escondida entre a vegetação, uma caminhonete D10 branca e um trator sem identificação, comumente utilizado para arrastar toras derrubadas. No mesmo dia, após incursão em trilhas na região, a equipe policial localizou outras entradas e duas esplanadas contendo madeiras em lascas e descascadas da espécie Aroeira.

Esse tipo de madeira tem alto valor comercial e são vendidas para a construção de cercas e currais. Todo o material e os veículos foram removidos e depositados no pátio da Secretaria de Obras do município. A equipe permanece com as investigações para apurar os possíveis autores do crime ambiental.

Leia Também:  Foragido por estupro de vulnerável é localizado pela Polícia Civil em Confresa

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA