(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil apreende armas, munições e objetos furtados em Rondonópolis; Dois são presos

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens, suspeitos de receptação de objetos furtados e posse ilegal de arma de fogo, foram presos em flagrante pela Polícia Civil, em ação na quinta-feira (13.01), pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) para apurar o furto em uma fazenda do município.

A ação resultou na apreensão de diversos objetos furtados, cinco armas de fogo, munições, apetrechos utilizados para pesca predatória, entre outros materiais de origem ilícita.

O primeiro suspeito, de 21 anos, foi surpreendido pelos policiais em uma chácara no bairro Nossa Senhora da Guia. Ele foi flagrado com uma roçadeira avaliada em R$ 3 mil, furtada da fazenda localizada na MT-130.

Em continuidade as diligências, os policiais surpreenderam o segundo suspeito, de 42 anos, no bairro Sítio Farias, em posse de motosserras, máquinas de moer carne, macaco hidráulico, entre outras ferramentas e objetos furtados da mesma fazenda.

Com ele, também foram apreendidas munições de calibres 38 e 22 e uma arma de fogo calibre 38, que estavam ocultadas na residência do amigo. Ainda durante as diligências, os policiais apreenderam espingardas calibre 36 e 32, além de redes de pesca e pescado fora de medida.

Leia Também:  Redução de registros de violência doméstica e aumento de morte de mulheres são reflexos da pandemia

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos à Derf Rondonópolis, sendo o primeiro autuado em flagrante por receptação e o segundo pelos crimes de receptação, posse de munições, porte ilegal de arma de fogo e pesca predatória.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Policiais civis apreendem madeira ilegal e veículos em área de reserva indígena, em Comodoro

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil apreendeu no último fim de semana uma camionete e um trator escondidos em uma área onde foram encontrados resquícios de retirada ilegal de madeira, dentro de uma reserva indígena, no município de Comodoro.

A Delegacia de Comodoro recebeu denúncias de que em uma área da reserva indígena Vale do Guaporé, a oeste de Comodoro, havia estradas abertas para a retirada de madeira. A equipe de investigação contou com a ajuda de um drone para sobrevoo na mata em busca de indícios de remoção de madeira da reserva.

Em um determinado ponto,foi localizada, escondida entre a vegetação, uma caminhonete D10 branca e um trator sem identificação, comumente utilizado para arrastar toras derrubadas. No mesmo dia, após incursão em trilhas na região, a equipe policial localizou outras entradas e duas esplanadas contendo madeiras em lascas e descascadas da espécie Aroeira.

Esse tipo de madeira tem alto valor comercial e são vendidas para a construção de cercas e currais. Todo o material e os veículos foram removidos e depositados no pátio da Secretaria de Obras do município. A equipe permanece com as investigações para apurar os possíveis autores do crime ambiental.

Leia Também:  Redução de registros de violência doméstica e aumento de morte de mulheres são reflexos da pandemia

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA