(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Investigado por tráfico em redes sociais é preso preventivamente ao se apresentar em delegacia

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um alvo de investigação da Polícia Civil em Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá) por envolvimento com o comércio de entorpecentes no município foi preso na terça-feira (01.02). 

O suspeito de 26 anos estava com mandado de prisão decretado pelo juízo da Comarca de Lucas do Rio Verde e se apresentou na Delegacia de Polícia para ser ouvido.

A ordem judicial contra o investigado foi expedida após as investigações, quando sua companheira, de 22 anos, foi presa em flagrante, em 27 de novembro de 2021. Na ocasião, os policiais civis flagraram a jovem com uma variedade de drogas, como ecstasy, maconha e cogumelos alucinógenos.

Durante as diligências no decorrer do inquérito policial, foi constatado que o casal divulgava informações sobre o preparo e consumo de entorpecentes por meio de redes sociais, onde tinham milhares de seguidores.

Nas investigações, os policiais civis apuraram que ambos, conhecidos como “Casal Chapadeira”,  vendiam maconha por intermédio de pessoas próximas, além de possuírem um público de poder aquisitivo alto, como “clientes” usuários.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre dois mandados e prende homem e mulher procurados pela Justiça

O delegado Eugênio Rudy Junior explicou que a quantia de substâncias entorpecentes e dos bens apreendidos em poder da suspeita eram incompatíveis, em tese, com a condição de mera usuária de drogas. 

“Na residência deles foram localizadas balança de precisão e sacolinhas plásticas para embalo que são características usuais do tráfico de drogas. Os indícios apontam que os envolvidos mantinham a rede social destinada ao crime”, destacou o delegado. 

Com base nas provas, a Polícia Civil concluiu o inquérito e representou pelo pedido de prisão preventiva do suspeito, que estava em liberdade. Já a mulher presa em flagrante teve o flagrante convertido em prisão preventiva.

Após o cumprimento da ordem judicial, o suspeito foi interrogado e posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicados

em

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Leia Também:  Produtos furtados de empresa são recuperados pela Polícia Civil, em Rondonópolis

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA