(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Homem que matou ex-sogra em Campo Verde tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

A sociedade contra o crime


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (15.02), em Cuiabá, um homem de 49 anos investigado pelo homicídio cometido contra sua ex-sogra, no dia 07 de fevereiro, em Campo Verde.

O mandado de prisão preventiva, deferido pela Comarca de Campo Verde, foi cumprido pela equipe da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol), onde o suspeito se apresentou na manhã desta segunda-feira acompanhado de um advogado.

Após depoimento na Polinter, o suspeito será encaminhado para realização de exame de corpo de delito e em seguida irá a uma unidade prisional.

Crime

No dia 07 de fevereiro, Iracema Magri, de 64 anos, foi atingida com golpes de objeto cortante no pescoço e na cabeça, em uma residência no bairro Vale do Sol. A morte foi constatada por uma equipe do Samu.

A Delegacia da Polícia Civil foi acionada e iniciou a investigação para identificar e localizar quem cometeu o crime. Após diversas diligências, os investigadores chegaram à identificação do homem de 49 anos, que era genro da vítima. Imagens de câmeras de segurança foram coletadas e demonstram toda a execução criminosa cometida pelo suspeito.

Leia Também:  ARTIGO: Exercício físico na profilaxia contra a Covid-19

O suspeito cometeu o crime após invadir a casa da vítima em busca da ex-companheira. A mãe foi atingida com os golpes de faca no abdômen e no pescoço, depois de discutir com o suspeito para defender a filha.

Com base nas informações obtidas durante a investigação, o delegado de Campo Verde, Romildo Nogueira Jr. representou à Justiça pela prisão preventiva do suspeito, que será indiciado pelo crime de homicídio com qualificadora em feminicídio, conforme o parágrafo 6º do Artigo 121 do Código Penal. A pena prevista é de 12 a 30 anos de reclusão.

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Polícia Civil apreende armas e munições durante investigação de tentativa de homicídio contra idosa

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Armas, munições e apetrechos de armamento foram apreendidos pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (05.05), Delegacia Especializada de Defesa da Mulher Criança e Idoso de Primavera do Leste para apurar denúncia de tentativa de homicídio e assédio ocorrido na zona rural do município. A ação contou com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf).

As investigações iniciaram após a vítima de 63 anos procurar à Delegacia da Mulher para relatar que estava sendo perseguida pelo suspeito, que é seu vizinho no assentamento Rio Café em Primavera do Leste. Segundo as informações, na terça-feira (04), o suspeito desferiu um soco e tentou dar uma enxadada na cabeça da vítima.

Não satisfeito com as agressões, o suspeito foi até a residência dele e em posse de uma arma de fogo tentou atingir a vítima com disparos. A vítima só conseguiu se salvar após contar com ajuda de vizinhos.

Assim que foi acionada dos fatos, as equipes da DEDMCI e da Derf de Primavera do Leste, coordenadas pela delegada Anamaria Machado Costa e pelo delegado Henrique Madureira, iniciaram as diligências para localizar o suspeito. Na casa do investigado, os policiais apreenderam armas de fogo e de pressão, mais de 200 munições calibre 22, além de instrumentos utilizados para a prática de tiro.

Leia Também:  Polícia Civil aguardará exames de DNA para confirmar se restos mortais são de casal desaparecido

Todo material foi apreendido e encaminhado para a DEDMCI. As diligências continuam em andamento para localizar o suspeito da tentativa de feminicídio.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA