(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Homem é preso em flagrante na porta de delegacia após ameaçar vítima para retirar queixa contra irmão dele

Publicados

A sociedade contra o crime


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Poconé prendeu em flagrante nesta quarta-feira (10), na porta da delegacia do município, um homem de 26 anos por ameaça e coação contra uma vítima de violência doméstica.

O suspeito foi até a casa da vítima e ameaçou a mulher para que ela voltasse atrás no registro das ocorrências contra o irmão dele, que está preso por força de mandado judicial cumprido também na quarta-feira por descumprimento de medida protetiva, ameaça, agressão, entre outros crimes no âmbito da violência doméstica.

 À vítima, o rapaz de 26 anos disse expressões como “você tem família, você tem filha, você tem que parar para pensar. Você tem que ir na delegacia retirar a queixa”. Antes de ir a casa dela, ele foi também à residência da mãe da vítima, que tem problemas de saúde, e fez as mesmas ameaças.

Diante da situação e sentindo-se ameaçada, a vítima e a mãe dela procuraram imediatamente a Polícia Civil e foram seguidas pelo suspeito até à delegacia, que ficou parado na porta da unidade policial como forma de intimidá-las.

Leia Também:  Onze foragidos da Justiça por crimes sexuais contra crianças e adolescentes são presos pela Polícia Civil

Ao ser informado da situação pelos investigadores, o delegado Maurício Maciel Pereira Junior deu voz de prisão ao suspeito, que foi autuado em flagrante por ameaça cumulada com Lei Maria da Penha.

“Ele é perigoso e foi ousado. Quando era adolescente, ele se envolveu em um roubo que terminou com a morte de um policial militar em Poconé”, pontuou o delegado, que vai representar pela prisão preventiva do suspeito.

LEIA MAIS: http://www.pjc.mt.gov.br/noticia.php?id=23648

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Leia Também:  Polícia Civil prende em Porto Alegre do Norte dois homens investigados por salve a mando de facção criminosa

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA