(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Corpo de homem desaparecido na zona rural de Pontes e Lacerda é localizado enterrado em córrego

Publicados

A sociedade contra o crime


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Pontes e Lacerda, na região oeste do estado, localizou em um córrego, na zona rural do município, o corpo de um homem que estava desaparecido desde a primeira quinzena de março.

A Delegacia de Pontes e Lacerda abriu uma investigação para apurar as circunstâncias do desaparecimento da vítima, identificada por familiares como Reinaldo Tomaz de Aquino, 43 anos.

Familiares procuraram a Polícia Civil no dia 14 de março informando que a vítima foi vista pela última vez no dia 7 de março, em uma fazenda nas proximidades da Vila Triunfo, na zona rural do município.

Residentes da localidade informaram que dois dias após a data em que foi visto pela última vez, a casa onde ele ficava, na área da fazenda, foi incendiada. Nos escombros não foi encontrado nenhum sinal de que ele estivesse na casa durante o incêndio, conforme informaram funcionários da propriedade.

A partir das informações registradas, a equipe da delegacia de Pontes e Lacerda realizou diversas diligências e apurou se tratar de um homicídio doloso. Nesta terça-feira (06.04) o corpo da vítima foi localizado, já em estado de decomposição enterrado na margem do córrego, a aproximadamente 120 quilômetros da cidade.

Leia Também:  Gado furtado é recuperado e dois suspeito são presos em flagrante pela Polícia Civil

Peritos da Politec estiveram no local, junto com a equipe da Polícia Civil, e recolheram os restos mortais que passarão por exames de confronto genético para confirmação da identidade.

Conforme análise preliminar, o corpo apresentava marcas de perfuração de arma cortante.

O delegado Marlon Luz, que acompanhou a remoção do corpo, informou que a Polícia Civil já tem a identificação do suspeito do crime, que está foragido. A delegacia instaurou inquérito para esclarecimento do crime. 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Servidores podem consultar lista de vacinação online

Publicados

em


Nara Assis / Débora Siqueira-Sesp-MT

Os servidores das forças de segurança de Mato Grosso poderão consultar se seus nomes constam na lista de imunização contra a Covid-19 de forma online. A pessoa interessada pode acessar o link: https://portal2.sesp.mt.gov.br/svsesp/ ou clicar na opção “Vacinação”, localizada no menu de serviços (seção Servidor), no site http://www.sesp.mt.gov.br

É possível consultar a posição geral, se a dose já foi distribuída e para qual município. A ferramenta foi desenvolvida pela Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da Secretaria de Estado de Segurança (Sesp-MT), em parceria com a Superintendência de Gestão de Pessoas (SGP), com o objetivo de facilitar o acesso.

A lista pode ser consultada pelos servidores da Segurança Pública, Salvamento e Forças Armadas. Basta informar o CPF e a data de nascimento. Se o servidor não estiver na lista atual, não conseguirá acessar o sistema e aparecerá a mensagem “Combinação de chave inválida”. A base do sistema será atualizada duas vezes por semana com novas distribuições. Caso o servidor tenha algum problema, deverá procurar a setorial de gestão de pessoal para atualizar as informações.

Segunda fase de vacinação

No próximo sábado (17.04), servidores da Segurança Pública e das Forças Armadas em Cuiabá participarão da segunda etapa de vacinação contra a Covid-19. Desta vez, são três locais de aplicação: Centro de Eventos do Pantanal, das 8h às 17 horas, Sesc Balneário, das 9h às 16h, e o Sesi Papa, por sistema drive thru, das 9h às 17 horas.

Leia Também:  Operação desarticula pontos de venda de entorpecentes e prende três pessoas na Capital

São 1.400 doses disponibilizadas, incluindo os 475 servidores que não compareceram à primeira etapa ou não fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura de Cuiabá. No dia 09 de abril foram vacinados 1.126 servidores.

Nesta segunda fase foram disponibilizadas 2.511 doses de imunizantes para todo o estado. Na semana passada, foram 3.218 doses. A autorização para uso das doses consta na Resolução nº 23 do Comitê Intergestor Bipartite (CIB), vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) reuniu em uma lista única com critério de idade dos mais velhos aos mais jovens, os nomes dos servidores do Sistema Penitenciário, Socioeducativo, Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Fundação Nova Chance (Funac), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) – fiscalização Lei Seca, além das Forças Armadas como Exército, Marinha e Aeronáutica, Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ao todo, são cerca de 22 mil pessoas.

Assim que é determinado o número de doses para cada município, a Gestão de Pessoas da Sesp-MT entra em contato com os recursos humanos de cada instituição para que estes avisem os servidores que estão contemplados na etapa de vacinação. No caso de Cuiabá, o servidor deve fazer o pré-cadastro no site da Prefeitura.

Leia Também:  Fiscalização da Polícia Civil constata festa clandestina e duas pessoas são presas em flagrante

“A Secretaria Municipal de Saúde recebe a lista da Sesp-MT com os nomes das pessoas que estão aptas para vacinar na etapa e o sistema agenda o horário que ela deve comparecer ao local de vacinação. Os servidores que não estão aptos podem até se cadastrar, mas não terão agendamento realizado. Apenas os que constam na lista de cada etapa de vacinação”, explica o superintendente de Gestão de Pessoas da Sesp-MT, Diogo Rocha.

Em Várzea Grande, dos 190 servidores da Segurança Pública e das Forças Armadas que estavam aptos para vacinar, 135 compareceram à Univag, no último sábado (10.04). Agora, nesta nova etapa, serão vacinados mais 117, além dos 55 que faltaram. A vacinação ocorre nesta sexta-feira (16.04), a partir das 14h, no Ginásio do Fiotão.

Interior

Muitos municípios já iniciaram a vacinação independente do recebimento das doses destinadas para a Segurança Pública. Neste caso, as instituições encaminharam os nomes dos servidores diretamente para as Secretarias Municipais de Saúde, que organizaram a vacinação.

“A cada nova remessa de vacina, a Gestão de Pessoas da Sesp-MT vai informar as Secretarias Municipais de Saúde, a lista dos servidores aptos a se vacinarem. Aqueles municípios que já aplicaram as doses que estavam em sua margem, nos comunicam para dar baixa nos nomes e são ressarcidos pelas doses aplicadas”.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA