(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Autor de homicídio em Aripuanã é preso em flagrante pela Polícia Civil logo após o crime

Publicados

A sociedade contra o crime

O autor do homicídio ocorrido em Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (19.05), menos de seis horas após o crime. O suspeito confessou o crime e disse que o homicídio foi motivado pela vítima ter furtado seus pertences.

O corpo da vítima, Diego Costa Santos, de 30 anos, foi localizado em um barracão nos fundos de um posto, com o rosto desfigurado e o crânio esmagado. Ao lado do corpo havia uma lajota de concreta suja de sangue, possivelmente utilizada para golpear a vítima.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações conseguindo colher as informações sobre as características físicas do suspeito e conseguindo localizá-lo no bairro Vila Operária, poucas horas após o fato.

Questionado, o suspeito confessou o crime e disse que a motivação seria o fato de ter alguns pertences subtraídos pela vítima. Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Aripuanã, onde após ser interrogado pelo delegado Flávio Leonardo Santana da Silva foi autuado em flagrante pelo crime.

Leia Também:  Polícia Civil tem altos índices de resolutividade em investigações de crimes contra a vida em Barra do Garças

Segundo o delegado, as diligências para apurar os fatos continuam, uma vez que há a possibilidade de ter mais uma pessoa envolvida no crime. “Graças ao empenho e dedicação da equipe, o crime foi esclarecido com a identificação da autoria e prisão do suspeito menos de seis horas após o crime”, destacou o delegado.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Investigado por dupla tentativa de homicídio é preso em Mirassol d’Oeste

Publicados

em

Policiais civis de Mirassol d’Oeste prenderam nesta quinta-feira (30.06) um homem de 42 anos investigado por uma dupla tentativa de homicídio ocorrida na cidade no último domingo.

O investigado disparou contra as vítimas, dois irmãos de 19 e 22 anos, após um desentendimento por causa de som alto, no bairro Jardim São Paulo, na noite do domingo. Após cometer o crime, ele fugiu do bairro em uma motocicleta.

O delegado de Mirassol d’Oeste, Matheus Prates, ouviu as vítimas e com base nos elementos informativos coletados nas diligências representou pela prisão temporária do investigado.

O cumprimento do mandado ocorreu na tarde desta quinta-feira, no Assentamento Sílvio Rodrigues, onde o autor do crime estava escondido. Ele responderá ao inquérito pelo homicídio tentado e posse irregular de arma de fogo.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Civil tem altos índices de resolutividade em investigações de crimes contra a vida em Barra do Garças
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA