Zé Pedro Taques não é o primeiro “arauto da moralidade” pego com a boca na botija, diz Luis Nassif

silval-barbosa-com-pedro-taques

Pedro Taques, o procurador que quis se tornar o Catão da República

Governador do Mato Grosso, Pedro Taques não é apenas mais um governador enredado com denúncias de corrupção. Ex-Procurador da República, sempre foi tratado pela corporação como um símbolo da boa política, da contribuição do Ministério Público à luta pela ética na política.

Tanto que, na véspera de deixar o cargo, o Procurador Geral da República Roberto Gurgel tirou da gaveta uma ação contra o presidente do Senado Renan Calheiros, candidato à reeleição, visando beneficiar a candidatura do colega Pedro Taques, então Senador pelo Mato Grosso.

Hoje, sai a notícia de que Pedro Taques caiu em uma delação premiada (https://is.gd/gCtys9) feita pelo Ministério Público no âmbito da Operação Rêmora, que investiga desvios da área de educação para sua campanha a governador.

Não é o primeiro caso de Catão apanhado com a boca na botija. Antes dele, o também procurador Demóstenes Torres foi vendido para a opinião pública como arauto da moralidade. Até descobrir suas ligações com o submundo do crime de Goiás.

Abaixo, uma pequena coletânea de intervenções de Taques, mostrando o risco de se apostar em moralistas exacerbados.

27 de setembro de 2012

Na sabatina de Teori Zavascki no Senado, o questiona sobre o “mensalão”. E indaga sobre o entendimento de enriquecimento ilícito.  E lembra de César, “não basta ser honesto, mas tem que parecer honesto”, mostrando confusão de gênero.

E investe pesadamente contra Dias Toffoli – que ainda não tinha se aliado a Gilmar Mendes – bradando por sua suspeição (https://is.gd/6fZeN2)

– Ele não reúne condições mínimas para julgar com isenção – afirmou o senador, sublinhando o fato de as últimas informações darem conta de que o ministro não pretende sair do julgamento.

10 de outubro de 2012

Prosseguiu em suas catilinárias sobre o mensalão:

– Além do assalto aos cofres públicos, o esquema causou uma profunda mácula na democracia brasileira, porque demonstrou a opção pelo autoritarismo”.

13 de setembro de 2013

Sobre embargos infringentes, onde diz que a partir da aprovação dos embargos o STF estaria comprometido ()

No discurso, se diz um “estivador do direito”, e que processo não tem capa. Enaltece os procuradores, delegados e juízes que estão exercendo uma função constitucional e desanca o Ministro que votou pela aceitação dos embargos.

– Na quarta-feira que vem, um ministro, sozinho, um ministro escoteiro, isolado, vai decidir os destinos não só daqueles condenados, mas ele vai discutir e vai decidir os destinos do próprio Supremo Tribunal Federal. Qual Supremo Tribunal Federal nós teremos na República Federativa do Brasil a partir desse julgamento? – questionou Taques.

Em 26 de setembro de 2015

Concede entrevista para as Páginas Amarelas de Veja. Segundo jornais de Mato Grosso,

A publicação de alcance nacional apresenta aos brasileiros um político livre de manchas, independente, defensor dos princípios constitucionais como legalidade, moralidade, da probidade e economicidade.

Em 17 de outubro de 2015

Taques e Gilmar acendem o Brasil de esperanças, ao declarar que acreditavam na retomada ética do país. Taques relembrou sua carreira como procurador da República e soltou o verbo contra eleitores que votam em corruptos:

– O governador puxou fatos do cotidiano e questionou algumas situações reais vividas no Estado. Deu um duro recado aos corruptos que, segundo ele, abusaram da confiança dos mato-grossenses. Mas não poupou aqueles eleitores que escolheram colocar corruptos no poder. “Não me digam que é normal um ex-governador estar preso. Um ex-presidente da Assembleia Legislativa e 8 ex-secretários de Estado também com idas e vindas da cadeia”.

Em 6 de março de 2016

Taques criticou a fala de Dilma Rousseff, dizendo indignada com a condução coercitiva de Lula:

– Eu não sairia desta sala com a consciência tranquila e não respeitaria o bom povo de Mato Grosso, que me mandou aqui, se não expressasse minha opinião. Entendo que não houve abuso ou perseguição. Ninguém está acima da lei. Todos, inclusive eu, podemos ser investigados. A lei não pode servir para beneficiar amigos nem para prejudicar inimigos.”

 

—————–

Moralista, Pedro Taques é acusado de ter sido eleito com recursos desviados da educação

 

Jornal GGN – Empossado governador do Mato Grosso em 2015 após fazer uma campanha centrada em ataques à educação estadual oferecida por seu antecessor, Pedro Taques (PSDB) caiu numa delação premiada feita pelo Ministério Público no âmbito da operação Rêmora, que investiga justamente desvio de recursos da área de Educação para abastecer a campanha do senador licenciado, em 2014.

Segundo informações do Estadão, o empresário Giovani Guizardi afirmou em acordo de delação que o “esquema de corrupção entranhado na Secretaria Estadual de Educação do Mato Grosso teve origem na necessidade do pagamento de dívidas de campanha do tucano Pedro Taques ao governo de 2014. Segundo ele, outro empresário integrante do esquema, Alan Malouf, contou que investiu R$ 10 milhões na campanha de Taques. Da sua parte, Guizardi declarou ter doado R$ 300 mil ‘para não ter dificuldades nas atividades junto ao governo’.”

O delator disse que a prática de contribuir com a campanha eleitoral para não ser prejudicado em negócios com os governos era “comum” entre os empresários. “Cheguei a doar R$ 1 milhão na campanha de Silval Barbosa. Não sei informar se esse valor de R$ 300 mil [a Pedro Taques] foi declarado”, disse.

Há ainda a informação de que houve pagamento de propina ao secretário de Educação Permínio Pinto Filho.

A operação Rêmora foi deflagrada em maio passado, para apurar fraudes em licitações e contratos de construção e reforma de escolas.

Taques se elegeu direcionamento sua campanha para a educação. Ele defendeu a greve de professores que exigiam reajuste salarial e afrontou decisão do governo de gastar dinheiro com alimentação para os servidores do Executivo em vez de aplicar em educação de qualidade.

6 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.45.70 - Responder

    Luís Cacife tem mais é que calar a boca suja dele e de seu blog sujo de verdinhas recebidas aos montes do sr.Franklin Martins o chefe da propaganda petista.Caras de pau ,safados e canalhas!

  2. - IP 138.197.131.83 - Responder

    Esse Osmir é que tem que calar sua boca suja. Será que ele foi um dos que recebeu uma parte dos 70 milhões do governo “em crise” para ser “investido” em “publicidade”?
    E Pedro Taques deveria lavar a boca antes de pronunciar o nome de Dilma Roussef, ele que sempre foi metido a moralista, mas não passa de um HIPÓCRITA. Se diz implacável contra a corrupção (dos outros) mas não passa nem óleo de peroba para apoiar o governo de Michel Temer que perde um Ministro por mês sob acusação de corrupção, nem fica vermelho de passear por Cuiabá com José Serra, acusado pela Odebretch de receber 23 milhões “por fora” em uma conta na Suíça. Essas denúncias da Seduc e da sua campanha, se fossem um adversário dele, ele já tava aí com sua cara-de-pau costumeira e sua vozinha irritante de pretenso único dono da verdade, pedindo impeachment por “domínio do fato”, clamando negligência e responsabilidade na escolha dos assessores pelo governador (que nesse caso, é ele mesmo!!).

  3. - IP 200.96.182.252 - Responder

    Osmir, meu filho! Não é atacando a honra de Nassif e Franklin Martins que você vai salvar o Pedro Taques. Seus vitupérios só complicam a situação de seu ídolo porque demonstram que você ficou sem argumentos e teses para uma defesa consistente. Se Pedro Taques não sabia de nada – embora seja o principal beneficiado – somente as investigações irão dizer. Calma, meu filho. Tome uns remedinhos, descanse e se poupe porque muitas emoções estão por vir, a fita só começou… daqui a pouco os mocinhos e a cavalaria vão aparecer e tudo pode piorar.

    • - IP 177.41.90.210 - Responder

      Conheço o cráter do Pedro,o mesmo que vce Vicente aplaudiu quando ele o ,acabou com o império do Arcanjo em MT,coisa que ninguém teve coragem.Perminio e o bando roubaram e temos que isso sim torcer para que o Taques nada tenha a ver com isso.E não terá ,pois depois de muitos anos é o primeiro governador de MT honesto.Apesar da torcida dos detentores de esquemas ,pois com a derrota sele as turmas do me dá me dá ,volta com toda força e aí ,MT quebra de vez.Agora onde vce estava Vicente Araújo,na época que o Silval e sua quadrilha destruiam Cuiabá e saqueavam o nosso pobre estado.?Não vi aqui nem um post seu protestando contra os ladrões.Já tomei os remedinhos na época do Maggico e do Silval agora estou mais tranquilo.E quanto a vce lamento desaponta-lo porém nada será encontrado contra o Pedro.Pode chorar!

      • - IP 177.41.90.210 - Responder

        AO DEFENDER A HONRA DOS QUEM NÃO AS POSSUI,REVELA SEU CARÁTER,PETISTA COM CERTEZA.QUANTO PIOR MELHOR!

  4. - IP 177.1.125.100 - Responder

    Osmir, meu filho, nunca aplaudi Pedro Taques… confesso que já aplaudi Neymar, Ronaldinho Gaúcho, Lula, Brizola, João Amazonas, Mamonas Assassinas, Fafá de Belém… mas Pedro Taques, nunca. Mas vamos entender o Escândalo Taquesgate: o PSDB está envolvido; o tesoureiro da campanha de Taques está envolvido; o deputado estadual do PSDB está envolvido; o cunhado do tesoureiro está envolvido; o principal beneficiado é Taques que é quem manda em todo mundo… e você torcendo para ele não estar envolvido?… prefiro torcer para o Santos Futebol Clube que me dá mais alegria. Quanto às suas indagações – que servem apenas para tirar o foco do Taquesgate – na época do Maggi e Silval estava onde sempre estive, em casa cuidando de filhos e netas (da mãe e avó, também). Nunca votei em Maggi e Silval porque não sou plantador de soja e voto de acordo com meus interesses de classe. Ademais, não sou obrigado a ficar protestando contra coisas como Maggi, Silval e Taques. Apenas manifesto, vez ou outra, minha opinião acerca dos fatos, diferentemente de você que, quando a lama chega em Taques, sai feito doido em sua defesa com a absolvição na mão e xingando todo mundo, sem ao menos aguardar uma investigação séria e rigorosa. Osmir, você não está envolvido com essa gente? Tá muito nervoso, cheio de torcida, roendo as unhas… cuidado, veja lá onde foi se meter, meu filho…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

treze + 2 =