Wilson Santos fala de seu amor por Cuiabá

Fonte: Página Única

 

Cuiabá, meu ciúme
Por Wilson Santos

De jornaleiro no centro da capital (1972-1975 ) a prefeito em 2005. Foi uma trajetória difícil e cheia de enfrentamentos.

Sempre me senti atraído pelo desejo de vir a me tornar Prefeito de Cuiabá. Às vezes, deixava escapar este sentimento, porém minha imaginação nas escadas do Palácio Alencastro, durante a venda dos jornais, não conseguia ver com clareza algo que me levasse a tal realização. E não foram poucas as vezes que achei que era apenas um sonho de menino, que jamais seria realizado.

Ao assumir a Prefeitura Municipal em 2005, encontramos Cuiabá numa encruzilhada: o município estava devendo mais de R$ 500 milhões, o equivalente a um orçamento anual. No dia da posse, os servidores estavam em greve, reivindicando mais de três folhas em atraso. Os fornecedores estavam distantes e céticos. A Prefeitura estava sem nenhuma capacidade de investimento próprio e inclusa no Cadastro de Inadimplência (Cadim) do Governo do Estado e da União.e sem projetos de vulto nas diversas áreas, principalmente na infra-estrutura.

Havíamos saído de uma campanha eleitoral dificílima, porém a ânsia de realização dos nossos sonhos e a vontade de transformar positivamente a Cidade era enorme. Sabíamos que encontraríamos na Prefeitura um quadro preocupante, porém não imaginávamos o tamanho da gravidade. Para resolver os inúmeros problemas e percalços, optamos, então, pelo único caminho possível, porém desgastante: a gestão gerencial.

Foram ações em todas as áreas de atuação, iniciando pelo Planejamento Estratégico da Gestão, atualizado anualmente. Reduzimos o tamanho da máquina com diminuição de Secretarias e cargos comissionados (DAS); implantamos o pregão eletrônico e presencial comprando bens e serviços em média 20% mais barato; estamos concluindo o Georeferenciamento para termos pela primeira vez um cadastro imobiliário moderno, preciso e atualizado. Cumprimos com rigor a Lei de Responsabilidade Fiscal, obtendo a aprovação unânime de nossas contas pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE e pelo Ministério Público.

Para os servidores houve avanços importantes: pagamento dos três salários atrasados logo de início; investimento em capacitação e qualificação;, pagamento dos salários rigorosamente em dia (46 folhas em 39 meses de gestão ); concurso público para 1.018 vagas; criação e implantação da data base em fevereiro e o tão esperado Plano de Cargos, Carreiras e Salários implantado a partir do último 05 de abril

Elaboramos e estamos executando grandes projetos estruturais que garantirão um futuro planejado e melhor para Cuiabá como a universalização da água, com a construção da nova estação de tratamento no Coxipó, de quatro adutoras e a desativação de mais de 80 poços artesianos; construção do Rodoanel com 40 km e construção da Avenida Professora Edna Affi (Avenida das Torres ) com 25 km, entre outros projetos estruturantes.

Os resultados do Planejamento Estratégico são animadores. Quero citar dois exemplos de eficiência e eficácia, o primeiro na Sanecap (Agência de Saneamento de Cuiabá) onde saímos de uma situação com mais de 1250 funcionários e reduzimos para 790 e a arrecadação saltou de R$ 3,2 milhões para R$ 5,5 milhões por mês. O CuiabaPrev e outro exemplo de sucesso. Encontramos o Instituto com dívidas na ordem de R$ 1,8 milhão. Com foco em resultados, conseguimos zerar os débitos e atualmente estamos com R$ 13 milhões em caixa, sem descontarmos os 11% da contribuição previdenciária dos aposentados e pensionistas.

A Lei de Responsabilidade Fiscal exige que o gestor seja eficiente e arrecade os tributos. Nossa equipe conseguiu resultados muito bons, levando a arrecadação própria do município em todos os tributos numa média que supera os 50 %

Na área social reduzimos as ações assistencialistas e avançamos na promoção do ser humano. Investimos recursos próprios, fortalecemos os programas sociais, ampliamos a oferta em todos os programas e prestamos contas aos Governos Estadual e Federal sem maquiar números.

Na educação – menina dos olhos de nossa gestão – estamos fazendo uma revolução silenciosa. Elaboramos, em conjunto com o Sintep e o Conselho Municipal de Educação, o primeiro Plano Decenal da Educação do município para os próximos dez anos. Fizemos, ainda, a inédita inserção no ensino na rede municipal de educação sobre a África; melhoramos a remuneração dos professores, com ampliação do piso de R$ 540,00 (2004) para R$ 1001,00 (2008), devendo chegar a R$ 1050,00 em julho deste ano, esta que foi uma reivindicação nacional da categoria; reformamos mais de 50% da rede física; aumentamos em 130% o número de crianças na pré-escola, fazendo com que o filho do pobre inicie mais cedo o processo educacional.

Ainda para o fortalecimento da educação, criamos o cursinho pré-vestibular gratuito, Cuiabá Vest, que atingirá a meta de aprovação de 1300 alunos nas universidades nos quatro anos desta gestão. Também implementamos a gestão democrática nas creches, além de entregarmos 2.000 computadores aos professores, coordenadores, diretores de escolas e gerentes de creches.

Preocupado com o futuro econômico de Cuiabá, iniciamos o maior estudo sobre a vocação e os vários caminhos possíveis para as próximas décadas: o Cuiabá 300 anos. Com a participação e contribuição de aproximadamente 4.000 pessoas, a pesquisa e o estudo nos darão um diagnóstico preciso sobre a nossa economia. Nossa meta é definir um futuro econômico sustentável que permita um crescimento ordenado e atento ao seu papel como capital do Estado, e como peça-chave para o desenvolvimento de Mato Grosso.

E ainda são muitas outras ações importantes nas áreas da saúde, esporte, cultura, infra-estrutura e gestão, que serão apresentadas em outros artigos.

Por isso, hoje, data em que nossa capital completa 289 anos, tenho orgulho de dizer o quanto sou grato e o quanto amo Cuiabá. Parabéns Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuyaba.

Cuiabá, meu ciúme

Wilson Santos é professor, ex-vereador, foi deputado estadual (dois mandatos), deputado federal, também por dois mandatos, e é prefeito de Cuiabá.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    Bom dia,
    Nós da Prismak trabalhamos com redução de custos para empresas na área de cópias e impressões.

    Em alguns casos chegamos reduzir em até 60% com a locação de nossos equipamentos

    Gostaria de agendar um horário com o responsável para conversar sobre este assunto.

    Fico no aguardo de sua resposta,
    Obrigado

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 + dez =