gonçalves cordeiro

Voto Consciente: Juíza Serly Marcondes e Ceará, líder do MCCE em Cuiabá, ministram palestra em escola

A juiza Serly Marcondes fala para os estudantes da Escola Jayme Verissimo de Campos Jr, em Várzea Grande

Dando continuidade ao trabalho de conscientização proposto pelo projeto “Voto Consciente”, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, por meio da Escola Judiciária Eleitoral, esteve nesta quarta-feira (26/09) na escola estadual Jayme Veríssimo de Campos Junior, no município de Várzea Grande.

Alunos do período matutino e vespertino se reuniram na praça de alimentação da escola para ouvir da juíza auxiliar da Presidência do TRE, Serly Marcondes, e do líder do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Antônio Cavalcante (Ceará), as recomendações para os jovens eleitores e respectivos pais, que irão às urnas no próximo dia 7 de outubro.

A magistrada ressaltou a importância do voto limpo e discorreu sobre a lei de iniciativa popular, a Lei de Ficha Limpa, exemplo de indignação da sociedade contra os velhos e maus costumes ainda presentes nas eleições.

“Temos que acreditar nas mudanças. Temos hoje aqui um ótimo exemplo disso. Se o líder do MCCE que está aqui não acreditasse na melhoria da sociedade, ele não iria sair coletando um monte de assinaturas para aprovar uma lei contra a corrupção. É possível fazer a diferença apenas escolhendo um candidato honesto, escolhendo um candidato que não rouba ou compra o voto de vocês!”, afirmou a juíza para os jovens estudantes.

Respondendo aos questionamentos dos alunos, que cobraram um posicionamento da juíza contra os políticos que, em período eleitoral, oferecem medicamentos em troca de voto, a magistrada foi direta: “Vocês devem denunciar para o TRE, para o disque denúncia. Pegue o nome e o local onde candidato está fazendo essas propostas e informe para o telefone 0800 647 8191”.

Líder do MCCE fala sobre corrupção

O coordenador em Mato Grosso do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, Antônio Cavalcante, discorreu sobre os prejuízos causados pela corrupção, citando número que provocaram a curiosidade dos estudantes.

“Estudos apontam que mais de 120 bilhões de reais são roubados dos cofres públicos, por ano, no Brasil. A cada 50 mil desviado, é uma vida que se perde por conta de atendimento médico, social. Combater a corrupção é salvar vidas”, bradou o líder do MCCE aos jovens estudantes.

Ceará discorreu ainda sobre como combater a corrupção e explicou como escolher um bom político. “Vocês devem fazer isso que estamos fazendo hoje, debater, conversar e analisar junto com os amigos e familiares quem é o melhor candidato para a cidade”.

Pela manhã, quem falou para os estudantes foi a diretora da escola Judiciária Eleitoral, Janys Eyer, que também fez um resgate histórico do processo eleitoral, mostrando como era difícil o exercício do voto pela sociedade há algumas décadas. “O direito que antes era exclusivo dos ricos, hoje é de todos. Valorizem seu voto fazendo uma boa escolha!”, disse a servidora do TRE.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × dois =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.