gonçalves cordeiro

VLADO, 30 ANOS DEPOIS: Documentário do cineasta João Batista de Andrade revela trajetória de Vladimir Herzog, da infância na Iuguslávia até a farsa de sua morte, durante a ditadura militar no Brasil. Veja em vídeo.


Vlado, Trinta Anos Depois

Ficha Técnica

No dia 25 de outubro de 1975, o jornalista Vladimir Herzog acorda de manhã e se despede da mulher, Clarice: ele deve se apresentar ao DOI-CODI, órgão da repressão política do regime militar, para prestar depoimento. Clarice questiona se ele deve se apresentar: vários amigos estão presos e sabe-se que são torturados. Mas Vlado se recusa a fugir; pondera que é um homem transparente, alheio à clandestinidade. No fim da tarde do mesmo dia, sua família e amigos recebem a terrível notícia: o jornalista está morto e, segundo fonte oficial, suicidou-se na prisão. O filme revela a trajetória de Herzog, desde a infância na Iugoslávia até sua posse como diretor de Jornalismo da TV Cultura de São Paulo. A reação de Clarice, dos amigos e da sociedade, recusando a farsa montada para justificar a morte do jornalista, tornou o fato um marco na luta pela redemocratização do país.

Ficha de Informações do Filme
Título: Vlado, trinta anos depois
Título (inglês): Vlado, thirty years after
Duração: 84 min e 0 seg.
Ano: 2005
Cidade: São Paulo UF(s): SP País: Brasil
Gênero: Documentário
Subgênero: Político
Cor: Colorido
Número do CPB: 05003403

Direção: João Batista de Andrade
Roteiro: João Batista de Andrade
Direção de Atores: Não há
Elenco: não há
Narração: João Batista de Andrade
Depoimentos: Clarice Herzog, José Midlin, Ruy Ohtake, Dom Paulo Evaristo Arns,Henry Sobel, Fernando Morais, Paulo Markun, João Bosco, Aldir Blanc, Alberto Dines, Diléia Frate, Mino Carta, Rose Nogueira.
Empresa Produtora: Oeste Filmes Brasileiros Ltda
Empresa(s) Co-produtora(s): Tao Produções Artisticas Ltda
Produção: João Batista de Andrade
Produção Executiva: Ariane Porto
Direção de Produção: Ariane Porto
Coordenação de Produção: Ariane Porto
Direção Fotografia: Fabiano Pierri e foto adcionais Carlos Ebert (ABC)
Operador de Câmera: João Batista de Andrade (Câmeras Adcionais): Carlos Ebert(ABC) e Fabiano Pierri
Assistente de Câmera: Rodrigo Olivieri
Fotografia de Cena: Sim
Montagem/Edição: Landa Costa
Direção de Arte: Não há
Figurino: não há
Técnico de Som Direto: Rodrigo Olivieri
Edição Som: Landa Costa
Mixagem: Landa Costa
Estúdio Som: Mega
Trilha Musical: Sim
Trilha Original: Não
Trilha Adaptada: Não
Descrições das Trilhas: Música “O bêbado e eo equilibrista”

Categorias:Quebra Torto

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dois + nove =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.