Vinda de médicos cubanos reforça ódio ideológico ao PT

 

VINDA DE CUBANOS REFORÇA ÓDIO IDEOLÓGICO AO PT

:  

Na rede, os médicos são tratados como “escravos de jaleco”; parlamentares da oposição, como Ronaldo Caiado (DEM/GO) e Eduardo Azeredo (PSDB/MG), também alimentam a gritaria e acusam o governo de querer mandar dinheiro para Fidel Castro; ministro Padilha diz que cubanos que virão ao Brasil têm mais de 15 anos de experiência e muitos falam português por terem participado de missões em países lusófonos; na prática, eles irão para cidades sem médicos, que não receberam inscrições de brasileiros

 

247 – O anúncio oficial, pelo Ministério da Saúde, da vinda de quatro mil médicos cubanos para trabalhar no Brasil tem reforçado o ódio ideológico ao PT. Além de qualificar a ação do governo como “eleitoreira”, o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Geraldo Ferreira, foi um dos primeiros, depois do anúncio da contratação, a colocar em dúvida a qualidade desses profissionais. Segundo ele, a atuação dos médicos cubanos em outros países “é muito próxima de brigada militar, ao invés de um profissional de saúde”.

Nas redes sociais, as críticas de parlamentares da oposição também foram duras. “Nossos companheiros na importação de médicos cubanos: Bolivia.,Equador,Venezuela ,Haiti. Mas o Lula não disse q o SUS era perfeito?”, provocou o deputado Eduardo Azeredo (PSDB/MG), um dos réus do chamado “mensalão tucano”. “A máscara caiu!!! Padilha assina convênio internacional para contratar 4 mil médicos cubanos”, escreveu o deputado Ronaldo Caiado (DEM/GO), que é médico.

Caiado reforçou a tese de que os profissionais cubanos são escravos de jaleco “que não verão a cor do dinheiro” e ainda “serão cabos eleitorais”. Ele ainda acusou o governo de usar a OPAS (Organização Panamericana de Saúde), com quem o Brasil assinou convênio, de “laranja” para importar cubanos. “Vão pagar R$ 500 milhões para serem repassados a Fidel Castro”, ataca. “Já estamos avaliando os termos desse acordo e não vamos admitir qualquer ação com base no trabalho médico escravo”, ameaçou, pelo Twitter.

O colunista da revista Veja Reinaldo Azevedo seguiu a mesma linha de que a contratação dos médicos cubanos é uma forma de o governo brasileiro enviar dinheiro a Cuba. “Da forma como será, o Brasil será conivente com a escravidão de médicos cubanos e ainda mandará dinheiro para Cuba”, escreveu na rede social. Até o escritor e novelista Aguinaldo Silva fez sua provocação: “Enquanto examinam seus pacientes os médicos cubanos vão conversar com eles sobre o quê? Os males do capitalismo?”.

As mensagens levam a uma simples conclusão: as críticas são principalmente ideológicas, se referindo até mesmo a Fidel Castro, uma forma de mostrar que o sistema de governo da ilha é o principal problema para a contratação. Do time de críticos, ninguém sugere, no entanto, uma solução para resolver o déficit de médicos nas 701 cidades brasileiras que não foram escolhidas por nenhum profissional inscrito até agora no Mais Médicos. De acordo com o convênio com a OPAS, os cubanos trabalharão nesses municípios.

Em maio desse ano, quando o País cogitou a contratação de médicos cubanos, mas acabou anunciando o programa Mais Médicos, que aceita a inscrição de profissionais de qualquer país, a revista Veja escancarou esse preconceito: declarou que a vinda dos cubanos irá inundar o Brasil de espiões comunistas (relembre aqui). “Deixar o Partido dos Trabalhadores comandar a política externa dá nisso”, diz o texto da jornalista Nathalia Watkins, usando uma linguagem do tempo da Guerra Fria.

Contra os ataques, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esclarece, por exemplo, que 84% dos médicos cubanos que vão atuar nesses municípios têm mais de 16 anos de experiência. E que muitos falam português por terem participado de missões em países lusófonos. Todos já cumpriram missões em outros países e todos têm experiência em medicina familiar e comunitária, uma grande carência em cidades pobres e distantes das capitais no País. Confira o gráfico abaixo:

 

Categorias:Nação brasileira

11 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.17.206.79 - Responder

    As esquerdotralhas sempre odiaram os sistemas de terceirização no serviço público.

    Por que será que agora elas apoiam que o Brasil promova a terceirização de parte do sistema de saúde entregado funções para outro país, abrindo mão da soberania nacional, com o comando de médicos trabalhando nos serviços públicos nas mãos de outro país??

    Pelo menos as esquerdotralhas deveriam ser coerentes e ser contra essa terceirização para um outro país.

    • - IP 179.252.14.99 - Responder

      Ou João – por ser uma besta – realmente não entendeu nada do que está acontecendo ou está dando uma de besta para esparramar suas estultices. Independentemente disso, creio que essa besta não necessitará do atendimentos dos médicos cubanos e, por outro lado, ainda não se falou nada a respeito de contratação de veterinários. João deve aguardar sua vez porque o PT, como se pode observar, está atendendo as prioridades do povo brasileiro. João, que tal um banho de creolina? Resolve seu problema?

      • - IP 189.59.69.195 - Responder

        Grande Vicente!

  2. - IP 201.34.221.43 - Responder

    Essa do salário ir para Cuba , é algo que nem nos meus maiores pesadelos eu imaginei um dia o pt ( partido dos traidores) fazer.
    Obrigar um trabalhador entregar quase a totalidade de seus ganhos ao governo é o fim do fim.
    Algum petralha ai para tentar explicar isso????????

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      Estou muito decepcionado com seus argumentos ultimamente Ruas. Só é contra os médico de fora o CRM porque quer manter a reserva de mercado do profissionais mais bem pagos do país. É contra o a vinda do médicos a camarilha tucana, por politicagem. E por fim aqueles que vão na onde da Globo e da Veja.
      Ninguém critica a vinda de milhares de engenheiros, por exemplo…

      • - IP 201.15.79.215 - Responder

        Ademar , um erro nào pode justificar outro. Se houve vinda de engenheiros ,veterinarios , ou qualquer outro profissional , suas respectivas classes que se defendessem , como está a fazer o CRM . O que , repito , me causa espécie , é um governo dito “dos trabalhadores” , aceitar condições tal ofensivas a dignidade dos trabalhadores – medicos ou nào – como está sendo a forma de contrataçào desses médicos Cubanos. Ora , os médicos de outros países que virão nessa “leva” , receberào seus vencimentos integrais ,mas os de Cuba devem mandar para a decrépida ditadura. Porque? Os médicos cubanos não poderão sair das regiões onde serão lotados ( são escravos?) Porque?
        E os direitos trabalhistas , para eles não valem? Trabalharão sem as devidas licenças expedidas pelo CRM ? Eles podem?
        E o argumento de que a Veja está por trás , coisa e tal não vale . Até aliados do governo(? )que aí está , não concordam com isso , tamanha é a aberração.
        O pt ( partido dos traidores) nosso país ao paoiar uma ingnominia dessas , e apoiar a ditadura dos castro .
        Como , como , em nome de Deus um homem racional pode apoiar uma coisa como essa? Só o argumento de medir a pressão do sertanejo , definitivamente não é suficiente.
        O governo já foi interpelado por alguns senadores para apresentar os termos do acordo com Cuba , tem portanto a chance de mostrar que estamos mentindo .
        Ademar…… Ademar

  3. - IP 179.217.103.171 - Responder

    A melhor coisa que fizeram na saúde foi trazer médicos estrangeiros para cá. Talvez agora eu seja atendido adequadamente. Quando eu for a um posto de saúde, vou pedir pra ser atendido por um médico estrangeiro, porque os brasileiro, pelo amor de deus, hein… tô fora de mercenário.

  4. - IP 179.205.27.81 - Responder

    Esse mote de dizer que eles sao preparados,,, se estão aptos porque rejeitam a prova de capacidade?
    Porque nao diz quais foram suas experiências na Venezuela, nunca o beiçola de Caracas divulgaria isso.
    Bm o que pega nisso é que existe uma mentira que se tornou verdade nesse país, é que tem uma meia de dúzia de militantes que acreditam que a medicina Cubana tem qualidade,,, eu pensava assim quando era comunista de carteirinha,.
    Até ter conhecido Cuba, e verificar in loco que a ilhota e castigada por um regime cruel, sanguinário, e desumano.
    A medicina Cubana é uma lástima, seus médicos sao limitados, suas pesquisas estão estagnadas, sua especialidade em vacinas parou em 1990. Em seus hospitais, falta baldes, papeis higiênicos, lençóis, tem uma performance de Haiti. Hoje eu diris que o Haiti, e interior da Bolívia, são os mais próximos da realidade Cubana.
    Por isso nossa desconfiança nesse programa.
    Na verdade o PT vai dar um tiro no pé, pois haverá nesse universo de medicos, se uns sair do cabresto, e nao aceitar a questão salarial, poiseis nao receberá de quem presta os ” serviços” e isso contraria as leis trabalhista, vai ser um DEUS nos acuda, pois agora a sociedade nao aceitara uma ação com o crapula do Genro fez contra aqueles pugilistas, deportando ao seus algozes em tempo recorde.
    Fico aqui pensando comigo, e penso porque os imbecis não pensa assim.
    Se a pátria é democrática, porque nao deixa seus filhos saírem, e voltarem a hora, e no momento que a harém melhor???
    Com as repostas os hipócritas.

  5. - IP 189.59.69.195 - Responder

    Ex- comunista não existe, sr. Daniel. Existe é oportunista. A democracia cubana é uma versão diferente da democracia americana. Sanguinário por sanguinário… mas Cuba não jogou bomba atômica matando todos indiscriminadamente em duas cidades do Japão. Nem deu armas para Sadan Usseim.

    • - IP 201.24.174.172 - Responder

      Ademar , um erro nào pode justificar outro. Se houve vinda de engenheiros ,veterinarios , ou qualquer outro profissional , suas respectivas classes que se defendessem , como está a fazer o CRM . O que , repito , me causa espécie , é um governo dito “dos trabalhadores” , aceitar condições tão ofensivas a dignidade dos trabalhadores – medicos ou nào – como está sendo a forma de contrataçào desses médicos Cubanos. Ora , os médicos de outros países que virão nessa “leva” , receberào seus vencimentos integrais ,mas os de Cuba devem mandar para a decrépita ditadura. Porque? Os médicos cubanos não poderão sair das regiões onde serão lotados ( são escravos?) Porque?
      E os direitos trabalhistas , para eles não valem? Trabalharão sem as devidas licenças expedidas pelo CRM ? Eles podem?
      E o argumento de que a Veja está por trás , coisa e tal não vale . Até aliados do governo(? )que aí está , não concordam com isso , tamanha é a aberração.
      O pt ( partido dos traidores) ofende nosso país ao apoiar uma ingnominia dessas , e apoiar a ditadura dos castro .
      Como , como , em nome de Deus um homem racional pode apoiar uma coisa como essa? Só o argumento de medir a pressão do sertanejo , definitivamente não é suficiente.
      O governo já foi interpelado por alguns senadores para apresentar os termos do acordo com Cuba , tem portanto a chance de mostrar que estamos mentindo .
      Ademar…… Ademar

    • - IP 177.221.96.140 - Responder

      Dizer que “A democracia cubana é versão diferente da democracia americana”, é piada ou eufemismo para ditadura.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 + 3 =