PREFEITURA SANEAMENTO

Vejam que contradição! Secretário Alan Zanatta, move mundos e fundos, tentando convencer caititus de Assembléia a aprovar renúncia fiscal em beneficio da empresa Havan, que fatura alto vendendo pelo Brasil afora produtos importados da China e outros paises bem longe daqui. Fórum Sindical, reforçado pelo deputado Ademir Brunetto, protesta!

Ademir Brunetto reforça mobilização do Fórum Sindical e defende incentivos fiscais concentrados nas empresas indústriais. Para o secretário Alan Zanatta, o importante é criar emprego a qualquer custo - e, contraditoriamente, defende empresas que montam grandes redes para vender aqui o que é produzido por indústrias que estão fora do Brasil

Ademir Brunetto reforça mobilização do Fórum Sindical e defende incentivos fiscais concentrados nas empresas indústriais. Para o secretário Alan Zanatta, o importante é criar emprego a qualquer custo – e, contraditoriamente, defende empresas que montam grandes redes para vender aqui o que é produzido por indústrias que estão fora do Brasil

Este dia 9 de maio de 2013 se anuncia como uma quinta-feira de forte embate, no plenário e nos bastidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O governo Silval Barbosa, dominado pelo lobby dos grandes empresários, quer aprovar sem qualquer modificação a proposta que estende os incentivos fiscais por mais 30 anos.

A reação contra esta proposta, que alivia o caixa dos empresários e esvazia os cofres públicos, tem sido comandada pelo deputado Ademir Brunetto que, na noite de quarta-feira, assumiu o discurso dos sindicalistas do Fórum Sindical, e protestou contra a aprovação da renúncia fiscal em beneficio da rede de lojas Havan, famosa por faturar alto, em todos os cantos do Brasil, comercializando basicamente produtos importados de países como a China, Bangladesh, Egito e outras nações que se transformaram em plataformas de produção dos mais diversos produtos a preços irrisórios.

Em nota pública, o Fórum Sindical condenou a aprovação de incentivos para empresa de comércio. Segundo os sindicalistas, a renúncia fiscal deve favorecer somenta a empresas do setor de transformação, que efetivamente contribuam para a produção de empregos em territorio mato-grossense. Ademir Brunetto condenou a proposta que incentiva empresas que exportam empregos ao invés de garantir trabalho e renda para quem vive aqui em Mato Grosso.

Na contra-mão do parlamentar do PT e dos sindicalistas do Fórum Sindical, quem vem atuando é o secretário de Indústria e Comércio, Alan Zanatta, que tem percorrido os gabinetes dos parlamentares, acompanhado de comitiva de empresários, para garantir que a mensagem do Governo seja aprovada sem expressivas modificações.

————————————–

 

 

 CONFIRA NOTA PÚBLICA DISTRIBUIDA PELO FÓRUM SINDICAL NESTA QUARTA-FEIRA

Nota pública do Fórum Sindical de Mato Grosso


Incentivo Fiscal ao Comércio é Nocivo para Toda a Sociedade

O Fórum Sindical do Estado de Mato Grosso vem a publico repudiar a possibilidade de renovação dos incentivos fiscais para empresas do setor de comércio, no Estado de Mato Grosso, com o voto da maioria dos parlamentares estaduais em atuação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

O Fórum Sindical volta a reiterar que não é contra a política de incentivos fiscais às empresas, mas entendemos que estes incentivos devam ser distribuídos com transparência, com permanente fiscalização, inclusive através do controle social,  de forma a preservar os interesses não só dos empresários beneficiados, mas de toda a comunidade que depende de uma correta captação e distribuição de impostos para contar com políticas públicas nas áreas da Saúde, Educação, Segurança e demais setores essenciais à dignidade da vida em nosso Estado.

O Fórum Sindical não é contra a politica de incentivos fiscais, notadamente no apoio às políticas de industrialização de nosso Estado. Mas repúdia a distribuição desses benefícios às empresas do setor comercial, notadamente àquelas que se viabilizam através da comercialização de mercadorias importadas, que acabam por transferir para fora de nosso Estado e para fora de nosso País, os empregos de que precisamos aqui em Mato Grosso.

Por tudo isso, apelamos para que os senhores deputados estaduais levem em consideração as propostas de emendas já formuladas pelo Fórum Sindical e encaminhadas a todos os senhores parlamentares. E que garantam a presença de representantes do Fórum Sindical naqueles fóruns encarregados da fiscalização da distribuição desses incentivos.

GILMAR ANTONIO BRUNETTO – Presidente do Sinterp e membro do FORUM SINDICAL DE MATO GROSSO

Cuiabá, 8 de maio de 2013

—————————-

VEJA INTEIRO TEOR DA RESOLUÇÃO DO GOVERNO DE MT QUE ESTABELECE RENÚNCIA FISCAL EM BENEFÍCIO DA HAVAN E OUTRAS REDES DE COMÉRCIO

 

 

HAVAN by Enock Cavalcanti

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

10 + quinze =