O  avião de pequeno porte que caiu na manhã desta quarta-feira, por volta das 10 horas, em área residencial  nas imediações do Canal 3, em Santos, estava com o candidato à presidência  Eduardo Campos (PSB).  Ele e mais seis pessoas, dois deles tripulantes, que estavam na aeronave, morreram.

Os mortos são os pilotos Geraldo da Cunha e Marcos Martins e os passageiros Eduardo Campos,  Pedro Valadares Neto, Carlos Leal, Marcelo Lira e Alexandre Gomes de Silva. De acordo com a Prefeitura de Santos, não há registro de moradores mortos, apenas feridos.

Campos tinha uma programação de campanha extensa em Santos nesta quarta-feira. O candidato participaria às 8h e às 9h30 em entrevistas em emissoras de televisão locais, concederia uma entrevista coletiva às 12h30 e participaria de um seminário sobre o porto local às 14h30. Os boatos de que a  candidata Marina Santos (PSB)  estava na aeronave foram desmentidos. Ela estava um evento em São Paulo e agora segue em direção à Baixada Santista.

A aeronave caiu no fundo de uma casa na Rua Vahia de Abreu, ao lado da academia Mahatma.   De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Santos,  Daniel Onias, o avião atingiu uma casa de fundos, aparentemente vazia, e atingiu parcialmente outras cinco residências. A aeronave ficou totalmente destruída. No local estão equipe das Polícia Federal, Polícia Militar,  Corpo de Bombeiros e equipes do SAMU.

N/A

Aeronave caiu em área residencial  no bairro do Boqueirão, em Santos, na manhã desta quarta-feira

N/A

Casa onde avião caiu ficou totalmentedestruída. Outras residências também foram atingidas

Governador  

O governador de São Paulo e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), saiu às pressas de evento na capital paulista nesta quarta-feira, em direção a Santos. De acordo com assessores da campanha, Alckmin soube da tensão em relação ao candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos, na Baixada Santista.

Alckmin participou da abertura da Reabilitação Feira e Fórum e, pela programação, faria em seguida uma visita ao evento e daria uma entrevista coletiva. Ele, no entanto, entrou rapidamente no carro oficial logo após a cerimônia, sem falar com a imprensa.

Aeronáutica

Por meio de nota, o Comando da Aeronáutica informou que se trata de uma aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA . O avião decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino à Base Aerea de Guarujá. Quando se preparava para o pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave. A Aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente.

Forte estrondo

Por volta das 10 horas,  um forte barulho foi ouvido por moradores de diversas partes de Santos.  Há informações  de que o helicóptero estaria com problemas e deu um rasante antes de cair.  Várias pessoas postaram imagens nas redes sociais assustadas com o forte estrondo ocorrido nesta manhã.

Santos Export

Por causa do acidente, envolvendo o candidato, o evento que ocorreria em Guarujá nesta quarta-feira foi cancelado.