Teste de fogo para Portocarrero

Portocarrero
Por Gibran Lachowski, jornalista em Cuiabá, professor universitário e militante petista

 
A mídia tucana vem atuando de maneira violenta nos últimos dias contra  o pré-candidato do PT à prefeitura de Cuiabá, José Afonso Portocarrero.
 
Portocarrero mal venceu o médico Alencar Farina nas prévias do partido e já está sendo atacado pelo jornal A Gazeta, pelo programa do Roberto França,  pelo site do Antero Paes de Barros.
 
Todos esses têm interesses nas eleições. O primeiro e o terceiro defendem abertamente a candidatura do galo emplumado Wilson Santos, atual prefeito  de Cuiabá e responsável por uma gestão amplamente questionável.
 
Já Roberto França projeta sua esposa Iraci França, do PFL (agora conhecidocomo DEM), como possível candidata à prefeitura da cidade. Entretanto,  não faz força para que isso se concretize realmente. Esse é um dos trunfos que possui para permanecer firme no cenário político local.
 
Mas a verdade é que o bombardeio anti-PT coloca Portocarrero no centro das atenções, o que, se bem aproveitado, pode lhe servir positivamente.  Pois não se ataca aquele que não tem potencial para crescer e incomodar.
 
E, não esqueçamos, Portocarrero representa um partido que apesar de   todos os problemas, tem força de militância, possui história de luta e  traz como maior símbolo o presidente da república, Luis Inácio Lula da Silva.
 
Portanto, o teste de fogo paga Portocarrero pode ser, também, uma boaoportunidade para se apresentar à sociedade como uma alternativa ao cenário político colocado até o momento, permeado de políticos demagogos e carreiristas.
 
 
 
 
 
 

 

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

doze + 2 =