SUPREMO CONSTRANGIMENTO: E de informação em informação, vamos delineando o caráter do ministro Luiz Fux. Recentes revelações mostram que Toffoli, Gilmar Mendes e Fux deveriam ter se declarado impedidos de participar do julgamento do Mensalão. Mas, já perguntava Noel Rosa, em 1933: onde está a honestidade?


Em artigo para a CartaCapital, o especialista Walter Maierovitch – sistematizando mais alguns dados que certamente ajudarão a grande platéia brasileira a delinear o carátaer dessa figuraça que vai se revelando o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal – reforça a impressão, que é de muitos, de que três ministros do STF, Toffoli, Mendes e Fux, deveriam ter tido a mesma iniciativa que os 21 no julgamento Ruy Gonçalves x Banco do Brasil, no TJMT, e se declarado impedidos em participar do julgamento do Mensalão. Por que não o fizeram? Pode ser um problema cultural, como sugere uma musiquinha do clássico Noel Rosa, de 1933. Confiram o noticiário. (EC)

Supremo constrangimento

Wálter Maierovitch
CARTA CAPITAL

Tenho um amigo que, diante de certas manchetes, não cansa de avisar sobre a inexistência de “bala-perdida”.

Na Folha de hoje, José Dirceu sustenta ter o ministro Luiz Fux pedido-lhe apoio na obtenção de uma vaga no Suremo Tribunal Federal (STF). Na ocasião, Fux teria dito que votaria pela absolvição de Dirceu.

Fux, por seu lado, não negou haver procurado Dirceu em busca de apoio. Mas frisou não ter prometido absolvição até porque nem lembrava a condição de Dirceu de réu no processo criminal apelidado de “mensalão”. Aliás, algo impossível de lembrar pois apenas sabiam as torcidas do Flamento e do Corinthians. E não houve nenhuma repercussão na mídia sobre o “mensalão” e de denúncia contra Dirceu.

Não vou entrar em juízos valorativos de relatos. Uma coisa só: Fux estava impedido de participar do julgamento.

Assim, temos, no “mensalão”, três ministros que estavam impedidos de participar do julgamento: Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Luiz Fux. Só que nenhuma das partes apresentou exceções para afastá-los. Os ministros, por outro lado, fingiram não haver obstáculo e, de ofício, não se deram por impedidos. E nem por motivo de foro íntimo.

No mês passado, Fux, conforme informou o jornalista Maurício Dias na sua prestigiosa coluna, foi acusado de pressionar a OAB para colocar o nome da sua jovem filha em lista e para concorrer a um cargo de desembargadora no Tribunal de Justiça no Rio de Janeiro: só para lembrar, Fux foi desembargador no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Fora isso, Fux foi apontado como tendo incentivado (e aqui uso eufemismo) um seu assessor do Supremo Tribunal Federal a impugnar (e isso aconteceu) concurso de ingresso à magistratura em São Paulo. O assessor fora reprovado no supracitado concurso e nem atendia a exigência do edital.

Pano rápido. Sem tomar partido, existem fatos que nos levam à descrença.

—————-
OUÇA AGORA O CLASSICO DE NOEL ROSA – ONDE ESTÁ A HONESTIDADE?

8 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.55.205 - Responder

    Cheguei a conclusão que muitas pessoas,ñ tem discernimento para assimilar as informações.Ao iniciar o julgamento do mensalão,os ministros devem se declarar impedidos;isto é apenas eles próprios devem se declarar impedidos,pois são ministros do SUPREMO.Eles são soberanos para isso,o que nós achamos ou o papa acha não importa!Agora ñ é mais hora de questionar alguma coisa, a decisão esta em fase de publicação,os réus já foram condenados,e por maioria de votos.Vamos encerrar este assunto,por amor ao Brasil e torcer para que os agentes da lei quando no poder ,respeitem as leis!

  2. - IP 187.5.109.196 - Responder

    Porque será que ninguém mais fala do processo do Des. Jurandir Lima que está nas mãos do Engavetador Geral a mais de 2 anos para um simples parecer????

  3. - IP 177.203.0.114 - Responder

    Osmir , não dá nojo em voce de ver essas matérias bizonhas , que agora querem colocar em dúvida o julgamento dos 40 ladrões de ALÍ LULLA’??? Em mim dá nojo e urticária.
    Esse gente agora quer colocar suspeição justamente sobre a participação de gente nomeada por eles ( excessão a Gilmar Mendes) no julgamento . Se eles tivesem sido absolvidos , e nós ( a chamada turma do contra) tivessemos levantando suspeição sobre Fux e Toffoli , seriamos apedrejados pela petralhada ,com a seguinte frase:”Houve um julgamento justo ” .
    Patéticos e caras de pau esses petralhas.

    • - IP 179.246.20.7 - Responder

      Meu amigos Ruas, na sua louca mágoa contra os petistas, perdes a lucidez. O julgamento do Mensalão foi um absurdo, embora eu estou adorando ver os traidores Zé Dirceu e Genuíno em cana. Merecem ser presos por trair a classe trabalhadora, não pelo processo do mensalão que foi nitidamente político e bisonho, contrariando toda jurisprudência e inventando um tal de “domínio do fato”, que nunca se ouvira falar no Brasil.
      Fora do Gilmar, o PT não indicou os dois Mellados. O Marco Aurélio, primo do Collor, foi ele que nomeou. Já o decano (decanalha) Celso foi nomeado pelo corrupto Sarney. Imagine se iria prestar. Nesse STF, para mim se salvam as duas Ministras e mais ou menos o Joaquim Barbosa. O resto é substrato de lixo.

      • - IP 177.7.118.150 - Responder

        Desculpe amigo Ademar , mas é duro ver os militantes petistas tentando de forma tosca defender esses canalhas que em nome de um projeto de poder , transformaram a democracia brasileira tão à duras penas conquistada em algo abominável como foi o mensalão. Não consigo ver os petistas de minha geração incitando outros a desrespeitar uma decisão do STF. Se a decisão foi politica ou nao ; se foi justa ou não ; se o Fux foi assediado ou não, isso já não importa mais , e não podemos tolerar um grupelho de pelegos sindicalistas e outros como a irreconhecível UNE , incitando a desobediência a uma decisão da mais alta corte , pois isso coloca em crise toda a democracia de nosso país. Desculpe , mas nào suporto ver gente defendendo esses corruptos ; defendendo a “democracia” da Venezuela ; emitindo nota de apoio a Cuba e à Coréia do Norte , e ainda pagarem de democratas.

  4. - IP 177.65.158.21 - Responder

    Esse senhor Ruas não consegue esconder mesmo sua alma tucana. E atropela todos as regras da legalidade, aquela que diz que um julgamento só termina quando acontece o transito em julgado. Ou eu não aprendi direito?
    Se os magistrados atuam de forma viciada, isso é pior que qualquer mensalão. Mas a tucanada, sempre querendo impedir a caminhada do PT, só sabe xingar, como esse ridiculo Robertão, puxasaco supremo do Joaquinzão e demais juízes esquemados do STF

    • - IP 201.40.30.50 - Responder

      ora, Sra. Silvia Maria, a caminhada petralha é para ser impedida mesmo, porque o grande objetivo dessa turma é impedir a punição dos mensaleiros corruptos, compradores (com dinheiro público – até o Lewandovski reconheceu isso) de votos de deputados.

      Se for verdade o que diz o Zé Dirceu (denunciado como chefe da quadrilha) sobre o Ministro Fux, então ele deveria ter avisado à Presidente Dilma para não indicalo para o cargo. Uma vez nomeado, como de fato foi, o Zé Dirceu deveria ter argüido a suspeição do MInistro Fux. Se não o fez, é porque tudo o que o Dircesão está dizendo é apenas distorção e mentiras dos fatos reais. Agora, já era, ” cumpanheru já tá cundenadu”.

      Fica triste não, Silvia Maria, porque o prestigio do Dirceu no PT continua o mesmo de sempre. O PT sem as ações do Zé não é PT. Eles se merecem, assim como os militantes que nada fazem para que eles sejam excluidos do partido.

      • - IP 177.7.118.150 - Responder

        Joào , essa senhora Silvia , deve ser alguma sindicalista pelega , de um desses sindicatos criados para viver às expensas do trabalhador ; que de tão inúteis que se tornaram , são nada amsi que algo risível. Não sei de onde ele tirou que sou um “tucano” , mas se o fosse , seria com orgulho e defenderia oque o PSDB fez de bom ao país ( o plano real que o pt enxolvalhou na siua criação) .
        Dona Silvia de que sindicato és?????

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

oito − 2 =