Stábile não disputa sucessão na OAB. Candidato é Maurício Aude

Fontes desta PÁGINA DO E informam que as lideranças da Situação, dentro da OAB, já bateram o martelo: Cláudio Stábile, atual presidente da Seccional de Mato Grosso não será candidato à sucessão. Pressionado pelas recentes denúncias que ligaram seu escritório a possíveis fraudes em licitações para escolha de escritórios encarregados de atender repartições federais, Stábile não quis esperar pelos resultados do inquérito que está sendo tocado, atualmente, pelo Ministério Público Federal, e resolveu tirar o time de campo. Ele não deve encabeçar uma chapa pela reeleição vai já colocou seu nome para a disputa de uma vaga de conselheiro federal, junto à OAB, em Brasilia. O outro candidato a conselheiro deve ser Francisco Faiad.

Para a presidencia da Seccional, a chapa da Situação, vitoriosa nos quatro últimos pleitos, deve ser encabeçada, desta vez, pelo advogado Maurício Audes, que ocupa, atualmente a vice-presidencia de Stábile. Em meio ao rebuliço provocado pelas investigações do Ministério Público Federal, Aude foi um dos atuais dirigentes da OAB cujo nome não aparecer participando das licitações questionadas pelo Movimento Organizado pela Cidadania e Moralidade Pública – Ong Moral.

Categorias:Jogo do Poder

3 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 187.113.46.173 - Responder

    Maurício Aude não tem serviço prestado. Outro dia era oposição, agora vai ser nosso candidato. Quero votar em quem tem trabalho prestado, vou defender que o candidato seja Leonardo Pio Campos. Este sim tem serviço prestado junto a CAAMT. Cadê o Colégio de Presidentes que não se posiciona ???

  2. - IP 189.74.34.6 - Responder

    Era um vice surdo e mudo…? Não sabia de nada…? Será que safadeza e pilantragem é a matéria em que mais se debruçam na faculdade…? TUDO COMBINADO…COMO SEMPRE…TUDO COMBINADO…

  3. - IP 201.86.130.70 - Responder

    O Dr. Claudio deveria insistir na reeleição, pois trocar o nome agora é um equívoco. Além do que é preciso um nome com mais densidade para a disputa.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

17 + quinze =