PREFEITURA SANEAMENTO

Stábile cobra de Polegato agilidade no protocolo do Fórum

Presidente da OAB/MT vai até protocolo do Fórum cobrar providências

O presidente da OAB/MT, Cláudio Stábile Ribeiro visitou na tarde desta segunda-feira (11 de junho) o protocolo do Complexo Judiciário, que tem provocado muita reclamação dos advogados. Ele estava acompanhado do juiz diretor do Foro da Comarca de Cuiabá, Adilson Polegato de Freitas, e pôde demonstrar in loco como está a situação no referido departamento.

Há alguns dias vêm se formando longas filas durante o expediente forense para o atendimento dos advogados, provocando demora, além de ser considerado um desrespeito aos profissionais e ao público que precisa do serviço diariamente.

Esse fato já havia gerado manifestação por parte da Diretoria da OAB/MT na semana passada que enviou ofícios à Presidência do Tribunal de Justiça e à Direção do Foro da Comarca de Cuiabá, para buscar providências. Cláudio Stábile informou ao desembargador presidente Rubens de Oliveira e ao juiz diretor Adilson Polegato que o longo tempo de espera tem ocorrido para obter um simples protocolo de uma petição.

O fato se agravou desde a última segunda-feira (5 de junho) quando voltou a correr o prazo processual que fora suspenso no final de maio (31 de maio e 1º de junho) por conta do problema no sistema de internet do Tribunal de Justiça.

O juiz diretor do Foro destacou que adotará as providências para reduzir as filas e o tempo para atendimento.

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.15.103.178 - Responder

    COMO DIZ BÓRIS CASÓI DA BAND, “ISSO É UMA VERGONHA”. SE O PROTOCOLO QUE NÃO EXIJE QUALQUER PREPARO E CONHECIMENTO TÉCNICO, É ASSIM COMO CONSTA DA MATÉRIA EM COMENTO, OU SEJA, CAUSA ENORMES FILAS E NÃO FUNCIONA A CONTENTO, QUE DIRÁ O RESTANTE. É REALMENTE VERGONHOSO. ACREDITO QUE O DESEMBARGADOR RÚBENS DE OLIVEIRA SANTOS FILHO – PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO, TOMARÁ PROVIDÊNCIA URGENTE E NÃO PERMITIRÁ QUE FATOS DESSA NATUREZA CONTINUE OCORRENDO. EU CREIO. “QUEM VIVER VERÁ”.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × três =