gonçalves cordeiro

Sebastião Carlos desafia juíza Selma a abrir sigilo bancário: “Assim vamos descobrir quem é laranja e quem é corrupta”

Sebastião Carlos

O candidato ao Senado Federal, Sebastião Carlos (Rede), desafiou a também candidata Selma Arruda (PSL) a abrir o sigilo bancário para mostrar a origem do dinheiro que ela usou em período vedado para pagar uma agência de propaganda, de abril a julho deste ano.

Selma está sendo investigada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico e caixa dois. Documentos comprovam que a ex-juíza pagou gastos de campanha sem declaração antes da convenção partidária, configurando assim, caixa dois.

Para justificar os cheques assinados por ela, Selma tem acusado Sebastião Carlos de ser laranja de outro candidato ao Senado.

“Quem não deve, não teme. Por isso, faço esse desafio a Selma Arruda, meu sigilo bancário está a disposição para mostrar, e gostaria que ela fizesse o mesmo. Só assim saberemos quem é realmente laranja aqui nessa história toda, e quem pratica corrupção”, declarou.

Sebastião também lamentou o fato de Selma ainda não ter vindo a público esclarecer os cheques assinados por ela. De acordo com ele, antes do pleito deste ano, que será neste domingo (7), a ex-juíza teria dever moral de dar uma satisfação para esclarecer o fato.

“Ela (Selma) tem que parar de querer fazer ataques para desviar o foco das assinaturas dela em cheques que fica claro e evidente o Caixa Dois, a população merece respeito, por isso estou aqui hoje, fui atacado e estou pronto para responder. Ela não, só sabe fazer ataques mas não nega nenhum dos cheques”, disse.

Ele esteve na Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) protocolando pedido de acompanhamento da instituição da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra a ex-juíza.

Selma, a juíza

Entenda o caso

Quatro cheques da pessoa física de Selma Arruda foram assinados e pagos ao ex-marqueteiro de campanha durante o período vedado de propaganda eleitoral.

O primeiro cheque foi emitido no dia 10 de abril de 2018 no valor de R$ 150 mil. O segundo cheque foi emitido no dia 4 de maio, e também tinha o valor de R$ 150 mil. O terceiro cheque, no mesmo valor, foi emitido no dia 21 de maio. O quarto cheque foi emitido no dia 16 de julho, no valor de R$ 100 mil. Tem a comprovação de caixa 2 no valor de R$ 550 mil.

Todos os cheques foram compensados e microfilmados. Ainda foi quitada uma parcela no valor de R$ 150 mil, da conta do primeiro suplente de Selma, Gilberto Possamai, emitido no dia 7 de agosto, pré-datado para 7 de setembro, porém, com autorização foi sacado fora do prazo.

Portanto, a totalidade quitada durante o período de pré-campanha soma o valor de R$ 700 mil. Selma declarou até agora despesas eleitorais de R$ 413 mil.

Sebastião Carlos Pede Que Justiça Apure Possivel Caixa 2 Da Juiza Selma by Enock Cavalcanti on Scribd

Sebastião Carlos Pede Que OAB Atue Em Ação Contra Juiza Selma by Enock Cavalcanti on Scribd

 

 

 

Selma acusa armação eleitoral e anuncia queixa-crime por extorsão

redacao@gazetadigital.com

Chico Ferreira

Chico Ferreira

A candidata ao Senado pelo PSL, juíza aposentada Selma Arruda, classificou como “armação eleitoral” dos seus adversários Nilson Leitão (PSDB) e Sebastião Carlos (REDE) a ação judicial do publicitário Junior Brasa, da Genius Publicidade, cobrando valores de um contrato de prestação de serviços que foi rescindido recentemente.

 

 

Selma revelou também que vinha sendo chantageada pelo publicitário havia alguns dias, desde que ela dispensou seus serviços, e que, com a confirmação da chantagem, já determinou aos seus advogados para ingressar ainda neste sábado com uma Queixa-Crime por Crime de Chantagem e Extorsão contra o empresário.

 

A juíza explica que houve um encontro na sede da agência Genius Publicidade, entre o publicitário e o marqueteiro e o advogado de Nilson Leitão com a presença do advogado da Coligação Segue em Frente Mato Grosso, José Antonio Rosa.   “Curiosamente, os advogados que assinam a ação monitória do publicitário são do escritório do José Rosa, advogado do Nilson Leitão”, frisou Selma Arruda.

 

Assinam a ação monitória os advogados Luiz José Ferreira, do escritório de José Rosa, e Robélia da Silva Menezes, contratada por ele para o período eleitoral.

 

“Eu não acreditei que o publicitário iria cumprir a chantagem, até porque imaginei que nossa divergência era apenas de valores, mas não imaginava que ele iria se prestar a participar de um jogo sujo desses, senão já teria tomado as medidas criminais cabíveis”, lamentou Selma.

 

A candidata revelou, ainda, que entre as provas que irá apresentar em juízo das chantagens do publicitário Junior Brasa, constam, ainda, provas de vazamento de informações confidenciais, como gravações de vídeos que foram vazados aos adversários eleitorais, especialmente do PSDB, caracterizando crime de quebra de contrato e violação da ética e sigilo profissionais, além da extorsão já mencionada.

 

Candidatos laranjas

 

A candidata chama a atenção também para o fato de que, 12 horas após o ingresso da ação pelo publicitário, o candidato a senador pelo REDE e também advogado Sebastião Carlos de Carvalho, egresso de Barra do Garças, mesma cidade do advogado de Brasa e de Nilson Leitão, José Rosa, ter ingressado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com um pedido de investigação contra Selma Arruda, tendo  por fundamento exclusivamente as alegações da ação do publicitário.

 

“Mato Grosso ainda não se esqueceu dos famosos candidatos-laranja que sempre aparecem por aqui, como os Linguiças e Matrinchã, e agora o Sebastião Carlos se presta a esse papel de laranja do Nilson Leitão”, afirmou Selma Arruda.

 

Selma Arruda anunciou que também ingressará com um pedido de investigação judicial eleitoral no TRE para investigar as relações, inclusive econômicas, entre os candidatos Nilson Leitão e Sebastião Carlos com o proprietário da agência Genius Publicidade, Junior Brasa, com pedido de busca e apreensão e quebra de sigilo bancário de todos os envolvidos.

 

(Com informações da assessoria de imprensa)

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × 2 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.