PREFEITURA SANEAMENTO

RIVA: Globo faz matéria que TV CA não pode fazer

Reportagem do "Fantástico" deve expor, mais uma vez, as tenebrosas transações que teriam acontecido à sombra da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, composta por José Geraldo Riva e seu elenco de caititus.

Reportagem do “Fantástico” deve expor, mais uma vez, as tenebrosas transações que teriam acontecido à sombra da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, composta por José Geraldo Riva e seu elenco de caititus.

A chamada do “Fantástico”, da Rede Globo, já está no ar. Anuncia que seu “repórter sem rosto”, o jornalista Eduardo Faustini, mais uma vez esteve por aqui, nesta terra de Deus e do Diabo, para repercutir o escândalo das gráficas que sacudiu Mato Grosso, na virada do ano, envolvendo servidores do Paiaguás, da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e empresas gráficas até então badaladíssimas, como no caso das gráfica Print e Defanti que, como se vê, sumiram das colunas sociais.

Sim, a Rede Globo mandou seu repórter blindado, lá do Rio de Janeiro para fazer a reportagem que a sua afiliada no Estado, a TV Centro América, do grupo Zahran, não teve, até agora, condição de fazer: será mais um escândalo envolvendo o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, ex-deputado José Geraldo Riva (PSD), que irá ao ar e todo mundo sabe das relações fraternas que sempre marcaram a Assembleia de Riva e seus caititus e a nossa TV Centro América, com muitas de suas grandes realizações – como a Corrida de Reis – patrocinadas pelas verbas generosas que sempre jorravam para os jornais e TVs amigas e para os jornalistas amestrados dos cofres controlados por Riva na Assembleia. Como entender que um parlamento estadual que tem como atividade precípua a produção de leis e a fiscalização do Poder Executivo, seja transformado em patrocinador premium de eventos esportivos? Só mesmo no Reino Encantado de Mato Grosso.

( Claro, a TV Centro América fez várias matérias sobre as denúncias contra o Riva. Mas todos nós sabemos que ela não fez todas as matérias que deveria e poderia ter feito. No mais, é comparar a realidade com o que está lá gravado…Quem se habilita? Daria uma boa tese, um belo estudo acadêmico. )

O “Fantástico” anuncia que vai mostrar um esquema que movimentou mais de meio bilhão de reais por baixo dos panos.A denúncia atinge o ex-presidente da Assembleia Legislativa, um homem que responde a mais de cem processos na Justiça – anuncia a chamada que está no ar, sem soletrar, no entanto, o nome de Riva. Mas em Mato Grosso, como diria o vulgo, nas esquinas, todo mundo sabe de quem se trata. Talvez até os cães vadios.

E anuncia mais a Rede Globo sobre aquela matéria que deveria ser produzida aqui mesmo, em Cuiabá, se a sua afiliada local tivesse outra linha editorial: “Vamos mostrar também que a assembleia e o governo teriam pago R$ 140 milhões pela impressão de cartilhas que nunca foram feitas”.

– As gráficas ficavam com 25% desse dinheiro e 75% retornava para o presidente da Assembleia Legislativa”, revela uma testemunha, segundo o “Fantástico”. Esse pode ser a grande revelação da reportagem do Faustini. A identificação do dinheiro saindo e depois voltando para quem o manipulava. A matéria estará no ar no domingo, para tirar o sono de Riva e seus caititus e alguns donos de gráficas que faturaram alto em período recente.

Claro que, quem vive em Mato Grosso, já sabe muita coisa sobre essa história, alvo de muitas matérias na mídia local. No destaque, no final deste texto, reproduzo alguns documentos ligados às investigações deste caso.

Talvez a grande maioria não saiba que tudo que se conta sobre o esquema das gráficas só possível de se contar porque houve uma delação premiada do jornalista e empresário Maksuês Leite. Maksuês, que se envolvera em esquema parecido, na Câmara de Cuiabá, com o então vereador João Emanuel, genro de Riva e marido de Janaina Riva, para não ver a si mesmo e à sua esposa presos, teria sido então levado a fazer o acordo com o Ministério Público, através do Gaeco e do promotor Marcos Regenold.

Regenold, que negociava a delação premiada de Eder Moraes, no rumoroso caso investigado pela Operação Ararath, acabou chegando a Maksuês justamente através do Éder que, aparentemente, sabe tudo sobre os bastidores dos mais recentes malfeitos em Mato Grosso. Uma negociação bem feita pelo promotor Regenold resultou na confissão de Maksuês que fez revelações retumbantes sobre possíveis negociatas à sombra da Secom do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa, levando o Ministério Público e a Policia às denúncias e prisões da Operação Edição Extra.

E pensar que uma procuradora do MPF de Mato Grosso favoreceu a interpretação de que o promotor Marcos Regenold poderia ser também mais um integrante dos esquemas de corrupção que atuam em Mato Grosso!

É essa a matéria de memória sobre a qual trabalhou o repórter Eduardo Faustini, em sua passagem por Mato Grosso. Vamos ver se, no domingo, a matéria vai rolar direitinho. Já houve episódio anterior em que Faustini veio a Cuiabá, também para investigar o Riva, a reportagem que ele faria não foi ao ar e ele virou até alvo de denuncia furiosa da Ong Moral.

Sim, essa é uma vida cheia de histórias.

MP denuncia escândalo da Propel envolvendo cúpula da Assembleia Legislativa by Enock Cavalcanti

Juiz Luis Vote Kirche bloqueia bens de Riva, Mauro Savi et alli no escândalo da Propel by Enock Cavalcanti

MPE denuncia João Emanuel, Maksuês Leite et alli por fraude na Câmara de Cuiabá by Enock Cavalcanti

—-

VEJA QUE EDUARDO FAUSTINI TAMBÉM JÁ FOI DENUNCIADO EM MATO GROSSO:

http://saraiva13.blogspot.com.br/2012/03/carta-aberta-rede-globo-de-televisao.html

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 200.103.90.187 - Responder

    Caro Enock, sem o MPF simplesmente não existiria Ararath, lembra? #xeque-mate

  2. - IP 179.216.215.26 - Responder

    O pessoal do Gaeco acaba de prender o Riva. Sábado, depois do almoço. Decisão do plantão judicial. Achava que a matéria do Fantástico seria o gancho pra por ele em cana. Bastou a chamada. Não acho que ele ia fugir. Não é o perfil dele. De toda sorte, o caso promete…ser bem midiatico!

  3. - IP 189.59.42.212 - Responder

    A Centro América é uma tv que bate para entrar mais no governo.Basta ver as campanhas que a AL anuncia na globinho,vejam quantos minutos de inserção e quanto ela recebe da casa do povo:nunca baterá! O resto é RACHID!

  4. - IP 201.88.213.255 - Responder

    Faltou lembrar que não há TV em Cuiabá com condição de denuncia-lo.

  5. - IP 191.8.207.178 - Responder

    Veremos se essa globo norte americana vai mostrar reportagens produzidas pela TVCA no periodo que antecedeu a copa, apoiando as mentiras sobre inauguracoes de obras a tempo para o mundial, inclusive o vlt…
    Foram series de materias pagas compradas a peso de ouro pela gang do silval…
    VAO MOSTRAR ISSO!?

  6. - IP 179.162.125.218 - Responder

    Bem porcaria a tal matéria do fantástico. Uma salada mista sem nada de investigativa. E o mais grave: blindou inteiramente Blairo Maggi, o dono dos porcos e principal responsável pela lambança. Ao final serviu pra justificar mais 500 milhões de aditivo que o atual governo vai conceder para o consórcio liderado pela CRAlmeida. Não da pra dizer que a montanha pariu um rato pq se trata de um rato de + 500 mi.

  7. - IP 179.253.23.159 - Responder

    Tomara que seja punido desta e a justiça investigue o quanto ele deve ter tirado dos aposentados e pensionistas da Assembléia vamos aproveitar e rever o calculo da Urv ja que ele era o manda chuva da Assembléia Legislativa.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

2 × 5 =