gonçalves cordeiro

Quando sai falando grosso contra MP, Mauro Savi deve estar confiando na proteção de Zé Pedro Taques, parceiro que já foi do MP e hoje ocupa o Paiaguás

Botelho e Savi em foto que não é de hoje

Eduardo Botelho não pediu desculpas à população, não renunciou à presidência da Assembleia, muito pelo contrário, mas pelo menos veio à boca de cena dizer que errou no episódio do Bereré do Detran ao se ajojar com tantas e tantas pessoas agora denunciadas por corrupção. Alguns corruptos confessos, como Silval Barbosa.

Por outro, assim como se a coisa não fosse com ele, o deputado Mauro Savi veio tentando falar grosso pro lado do Ministério Público.

Alvo da Operação Bereré, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (PSB), disse, na apressada e confusa coletiva que deu para os jornalistas, que não tinha nada de ilegal no contrato e que entrou como investidor. Porém, que ele constatou que começou a coisa ilegal a partir da gestão do ex-governador Silval Barbosa (sem partido) em 2011, quando o controle da empresa foi repassado para um representante de Silval, hoje um corrupto confesso.

Ele disse que entrou no contrato e saiu em julho de 2012, a saída dele, porém, foi em fevereiro de 2013. Ele reconhece o erro por ter demorado a sair do negócio. “Fiquei menos de dois anos nela e é uma mancha que entrei e demorei a sair, causando transtorno agora meus familiares e para mim”, disse o presidente do legislativo.

Por outro lado, o deputado Mauro Savi adotou tom mais provocativo. Ele disse: “Foi me perguntando essa semana se eu ia ficar à frente da CPI pela questão da busca e apreensão na minha casa, eu quero deixar bem claro àqueles que estão de plantão, torcendo: eu não tenho medo nem desta CPI nem do MP e vou continuar, sim, à frente, votando com as minhas convicções, respeitando a todos, mas sem medo nenhum”. Normalmente discreto, Mauro hoje deu uma de Gilmar Fabris, aquele Fabris antes da prisão e disparou forte contra seus acusadores.

Numa primeira valiação digo que quando sai falando grosso contra MP, Mauro Savi deve estar confiando na proteção de Zé Pedro Taques, parceiro que já foi do MP e hoje ocupa o Paiaguás. Deve ser com Zé Pedro que Savi pode estar se orientando para seu posicionamento nesta briga.

Pedido formulado pelo MP-MT para prisão de Eduardo Botelho, Mauro Savi e outros investigados na Operação Be… by Enock Cavalcanti on Scribd

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    Ilações deste grande , como era grande,o ex- jornalista Enock .Volte para as aulas de jornalismo é o mínimo que deve fazer,Mauro Savi confiando em Taques?Vá chutar longe no caixa prego!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezessete + 11 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.