Wallace tem dinheiro para pagar em dia – mas não paga

A professora Cida Cortez se mantém como uma das mais estóicas lideranças das lutas dos professores e do povo por melhorias na Educação em Várzea Grande

Em greve, professores de VG protestam e avisam que só voltam com salários em dia

Neste terceiro dia de Greve da rede municipal de ensino de Várzea Grande, o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso de Várzea Grande (Sintep/VG), realiza Ato Público, amanhã, quarta-feira (20/02), na Praça da Igreja Nª Sª do Carmo, centro de Várzea Grande, às 8h.

De acordo com o presidente do Sintep/VG, Gilmar Soares, a categoria deliberou pelo não início do ano letivo e greve por tempo indeterminado que começou no dia 18 de fevereiro até que os salários de janeiro, fevereiro e 1/3 de férias sejam pagos.

Para o professor, a prefeitura já tem recursos em caixa para pagar o salário de janeiro. “Os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) repassados à educação já são suficientes para quitar a folha de janeiro e 1/3 de férias. Portanto vamos para rua cobrar que os profissionais da educação sejam respeitados e valorizados”, afirma o professor Gilmar.

“A categoria exige o pagamento imediato do salário de janeiro, junto com o 1/3 de férias e a prefeitura precisa apresentar um extrato das pendências salariais e junto um cronograma de regularização desses débito com os profissionais da educação”, informa a vice-presidente, Maria Aparecida Cortez.

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.193.159.202 - Responder

    Como V G continua sendo feudo dos Campos, somente através da luta para que os profissionais de educação possam ter o mínimo de seu direito garantido, que é o salário em dias. Greve neles!!!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

16 − doze =