PREFEITURA SANEAMENTO

Poeta Luciene Carvalho comanda celebração do aniversário de Cuiabá com poesia e rap. “Cuiabá, Versos e Tribos” ocupa o palco do Teatro do Sesc Arsenal

Luciene-Carvalho-por-Rai-Reis na pagina do enock

Uma celebração com poesia e rap

Poeta Luciene Carvalho comanda o espetáculo “Cuiabá, Versos e Tribos”, onde a Cidade Verde mostra sua face cosmopolita

ENOCK CAVALCANTI
Da Editoria – DC ILUSTRADO

A poesia faz festa para nossa capital em meio às comemorações tão modestas deste ano de 2015, marcado por uma crise que se espalha por todo o planeta e não poupou esse grande povoado nas castigadas margens do rio Cuiabá. Para festejar a nossa cidade, nossa gente e a arte que se faz por aqui, a poeta e uma das mais novas imortais da Academia de Letras de Mato Grosso, Luciene Carvalho pilota o espetáculo “Cuiabá, Versos e Tribos”. Luciene ocupa o Teatro do Sesc Arsenal na data mesmo do aniversário de 296 anos de Cuiabá, a quarta-feira, 8 de abril, a partir das 20 horas, com entrada franca para artistas e a população em geral.

De acordo com o que anuncia a poeta, a Cuiabá como cenário e a Cuiabá como personagem, trilhadas pela poesia e pela batida do rap serão evocadas nesse show em que Luciene Carvalho aparecerá acompanhada pelo rapper e produtor cultural Linha Dura, um dos mais ativos nas periferias da cidade, e também um poeta visceral.

Para essa festiva empreitada, em apresentação única, Luciene Carvalho apostou na companhia de outros parceiros de Linha Dura, do coletivo Família de Rua Toda Vida, e também na participação de uma cuiabana entusiasta do rap, Anna Marques. O espetáculo tem direção de Raul Lázaro.

“A intenção é mostrar uma nova visão da cuiabania, de jovens que cultivam o siriri, o rap, a poesia. São várias as tribos e eu vejo tudo, eu escuto tudo”. Com as associações sempre pertinentes, Luciene explora a simbologia e os mitos da cultura cuiabana. “Quero especialmente desnudar à plateia uma Cuiabá que não é mais a capital do interior do Brasil, mas que Cuiabá é de qualquer lugar, é cosmopolita”, destaca Luciene.

Mantendo segredo, Luciene Carvalho só adianta que o show é extra-sensorial. “Sabores, aromas… vai ser sinestésico”, garante. Quem quiser curtir a poeta, nesta noitada de evocação, deve comparecer ao Sesc Arsenal e retirar o ingresso uma hora antes do espetáculo.

Serviço

Cuiabá, Versos e Tribos – Poesia, Versos e Cordas

Quarta-feira (8), às 20 horas, no Teatro do Sesc Arsenal

O Sesc fica na rua 13 de Junho, bairro Porto

Informações: 65 9608 6153

Categorias:Plantão

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

8 − 3 =