Petista Allan Kardec dá vexame do Senado ao exaltar memória Roberto Campos e anunciar pretensa morte da esquerda no Brasil

Roberto Campos, economista mato-grossense, e Allan Kardec, deputado estadual do PT-MT

 

O deputado Alan Kardeck​, mandatado pelos trabalhadores mato-grossenses através do PT de Mato Grosso, viajar a Brasília, representando a Assembleia, financiado pelo sofridos recursos dos mato-grossenses, para participar desta tosca tentativa de “lavar” a memória do economista e ex-senador mato-grossense Roberto Campos, que passou à História como um dos mais ativos intelectuais orgânicos da direita brasileira e uma das “brilhantes” cabeças que ajudaram a formatar todas as formas de violência que a ditadura militar perpetrou contra o nosso País e contra o povo brasileiro, notadamente contra os militantes de esquerda?!

Pensei que fosse barriga do Midia News, mas a inusitada viagem foi registrada também nos anais do Senado Federal. Quantos parlamentares de esquerda será que o Alan encontrou nesse evento, em que foi visto a dividir a tribuna com reacionários eméritos como Pauderney Avelino, líder do DEM?!?

E disse o Allan na tribuna, aparentemente todo garboso, como quem estaria reescrevendo a História: “O Brasil não pode mais no tempo presente continuar no maniqueísmo de direita e esquerda. Nós precisamos recuperar o caminho da ética. E eu acredito que estou hoje aqui, petista, eticamente representando o meu estado, reconhecendo a grandeza de Roberto Campos”.

Meu Deus! Além de tentar “lavar” o Bob Fields, Allan ainda pretendeu decretar a morte de toda a esquerda brasileira. Vai pro trono ou não vai???

VEJAM O QUE PUBLICOU O MIDIA NEWS:

Bob Fields
Petista de MT homenageia “inimigo”
DA REDAÇÃO

O deputado estadual petista Allan Kardec representou a Assembleia Legislativa na sessão solene do Senado em homenagem ao centenário do economi
sta cuiabano Roberto Campos, nesta segunda-feira (17).
O curioso é que Campos, também conhecido como Bob Fields, morto em outubro de 2001, era um dos maiores críticos do partido de Kardec. É dele a célebre frase: “O PT é um partido de trabalhadores que não trabalham, estudantes que não estudam e intelectuais que não pensam”.
Apesar disso, no evento no Senado, Kardec elogiou Campos. “O Brasil não pode mais continuar no maniqueísmo de direita e esquerda. Nós precisamos recuperar o caminho da ética. E eu acredito que estou hoje aqui, petista, eticamente representando o meu Estado, reconhecendo a grandeza de Roberto Campos”, afirmou.
(Em sua ironia, o Midia News esqueceu de falar dos professores de Educação Física que parece que não conhecem bem a nossa História, e nem se preocupam em buscar orientação antes de sairem por aí comprometendo a História de seu partido. EC)

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    Se somar os conhecimentos de todos os intelectuais do PT,não dão metade da sabedoria e conhecimento do exmo sr. Roberto Campos.Foi ele que , quando ministro do planejamento do governo do Castelo Branco,criou o FGTS,e a correrção monetária,para proteger e preservar os ganhos do trabalhador.Só isso ou quer mais,vá ler antes de escrever sobre história de brasileiros respeitados aqui e no exterior.O ministro do planejamento do PT foi o Paulo Bernardo,marido da Gleisi Hofman,quadrilheiros que o Enock habitualmente,defende ardorosamente.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quinze − 15 =