SHOPPING POPULAR - DOMINGO

Paulo Taques vai pra cadeia ironizando pedido do MP e ordem de prisão do desembargador Zuquim. LEIA DOCs

Paulo Taques

 

O comentário irônico disparado pelo advogado Paulo Taques, diante dos jornalistas, ao se entregar na manhã desta quarta-feira, demonstra que o experiente advogado parece acreditar que a ordem de prisão determinada pelo desembargador Zuquim, atendendo a um pedido do Ministério Público (assinada menos que dez membros do MP de Mato Grosso) não conta com o devido embasamento jurídico e fático, estaria baseada apenas em mero disse-me-disse.

Por isso, Paulo Taques, com sua postura altaneira, se comportou como quem confia que logo logo estará de novo em liberdade, depois de superar esse que pode ser um gesto de afobação dos promotores, e do desembargador que acolheu o pedido.
O fato é que Paulo Taques manteve a sua pose. Há quem diga que ele nunca conseguiu se livrar de uma certa empáfia…
Paulo Taques mantém sua pose, tentando aparentar a maior tranquilidade possível, enquanto jornais e saites vão agora tratar de retalhar a denúncia e as informações levantadas pelas autoridades da Policia e do MP, em trechos que julguem os mais apetitosos, para alimentar a gula de parte da platéia pelos escândalos da hora – que costumam logo ser deixados de lado quando surge escândalo mais novidadeiro.
De qualquer forma, entender o mecanismo pelo qual as instituições públicas como o Detran-MT vão sendo vampirizadas por dentro, através dos anos, é cousa que tem importância e talvez contribua para o aperfeiçoamento de nossas relações sociais.
A PAGINA DO E divulga, para os efetivamente interessados, inteiro teor dos documentos relativos à Operação Bônus e à Operação  Bereré divulgados pelos doutos membros do Ministério Públicos.

Operação Bonus – Desembargador José Zuquim Decreta Prisão de Savi, Paulo Taques Et Alli by Enock Cavalcanti on Scribd

Operação Bonus – Pedido de Prisão Mauro Savi, Eduardo Botelho, Paulo Taques, Pedro Henry Et All by Enock Cavalcanti on Scribd

Operação Bereré – Corrupção no Detran MT – Inquerito Policial Nº. 38162.2013.TJMT – PARTE 1 by Enock Cavalcanti on Scribd

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

15 − seis =