PREFEITURA SANEAMENTO

Paulo Prado volta ao comando do MPE dia 8. E os doutos procuradores de Justiça continuam mantendo o suspense: o ex-governador Blairo Maggi será ou não investigado pelo Escândalo dos Maquinários?

Paulo Prado e Marcelo Ferro prestaram homenagem ao então governador Blairo Maggi e acabaram votando contra qualquer investigação contra o sojicultor no caso dos Maquinários. Perderam no Conselho Superior do MP, mas inquérito suplementar se arrasta

Paulo Prado e Marcelo Ferro prestaram homenagem ao então governador Blairo Maggi e acabaram votando contra qualquer investigação contra o sojicultor no caso dos Maquinários. Perderam no Conselho Superior do MP, mas inquérito suplementar se arrasta

A volta do procurador Paulo Prado volta ao comando do Ministério Público de Mato Grosso, pela terceira vez, já tem uma data: será na próxima sexta-feira, dia 8 de março, o Dia Internacional da Mulher. Só que ainda não foi dessa vez que uma mulher foi eleita para comandar o Parquet.

A volta de Paulo Prado, talvez para evitar a pressão da midia, foi estranhamente marcado para as 18 horas, no auditório das Promotorias de Justiça de Cuiabá, no Centro Político Administrativo.

Paulo Prado encabeçava a lista tríplice após obter 108 votos, seguido do promotor José Antônio Borges (que atua no Centro de Apoio Operacional – Caope) que teve 85 votos e de Roberto Aparecido Turim (que atua na Promotoria de Defesa do Patrimônio) que conquistou 85 eleitores. Nos votos singulares, todavia, a vitória coube a Roberto Turin, que recebeu 53 votos singulares, contra 44 dados a Paulo Prado e 31 a Borges.

A noite de gala do Ministério Público terá também a posse do corregedor-geral Justiça, o também reeleito Mauro Viveiros e dos novos integrantes do Conselho Superior do Ministério Público.

A alteração da composição do Conselho Superior do nosso MP talvez seja a causa de continuar a se arrastar, nos desvãos do MP, a decisão em torno da possivel investigação do ex-governador Blairo Maggi pelo possível envolvimento no chamado Escândalo dos Maquinários. Graças à delação premiada do empresário Pérsio Briante já foram denunciados, civil e criminalmente, os ex-secretários de Maggi, Geraldo de Vitto e Vilceu Marquetti que tiveram também seus bens bloqueados. Promotores do Nucleo de Defesa do Patrimônio, chefiados pelo promotor Célio Fúrio, formularam um pedido formal de permissão para investigar Maggi. A decisão foi avocada pelo Conselho Superior do MP que resolveu, no final de 2011, abrir inquérito suplementar contra Maggi, cujo resultado até agora não foi divulgado.

4 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.132.242.187 - Responder

    O MINISTÉRIO PÚBLICO DO NOSSO ESTADO ESTÁ LONGE DE SER O ÓRGÃO PENSADO NA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA! INVESTIGAÇÃO EM CIMA DE PEQUENOS E OMISSÃO SOBRE OS GRANDES. NOS ESTADOS DA FEDERAÇÃO, CUJA A PROCURADORIA DE JUSTIÇA NÃO DEVE NADA AO ESTADO, OS GOVERNOS ESTADUAIS TREMEM MEDIANTE OS DESVIOS DE RECURSOS, OMISSÕES NA SAÚDE E EDUCAÇÃO. AQUI NO MATO GROSSO NÃO! ALÉM DE DEPENDER DE RECURSOS PARA SEUS PROJETOS HÁ AS IDENTIFICAÇÕES DE AGREMIAÇÕES FILOSÓFICAS DOS SEUS COMANDANTES!

    ESTÁ AÍ A “SEMCOPA” PARA COMPROVAR! É UMA VERGONHA O QUE ESTAMOS VENDO NESTE ESTADO COM RELAÇÃO À SAÚDE E EDUCAÇÃO. TODO O DINHEIRO DO MUNDO PARA OBRAS SOB A SOBERANIA DA FIFA, QUE POR SUA VEZ NÃO SAI DO PAPEL E DOS BURACOS ABERTOS, E NADA PARA AS ESCOLAS E SAÚDE!

    É CLARO E EVIDENTE QUE O SUCATEAMENTO DAS ESCOLAS PÚBLICAS E O DESCASO COM OS HOSPITAIS E PRONTO SOCORRO É PROVA CABAL PARA O MINISTÉRIO PÚBLICO REQUERER APLICAÇÃO IMEDIATA DE VERBAS NOS CASOS CITADOS, AINDA QUE RETIRADAS DA RUBRICA DAS PROPAGANDAS INSTITUCIONAIS MILHONÁRIAS.

    ENQUANTO ISSO: NADA!

    O DISCURSO SERVE PARA AFAGAR OS OUVIDOS DE AUTORIDADES SOB TERNOS ALINHADOS EM SALAS E AUDITÓRIOS COM AR-CONDICIONADO! OS CIDADÃO MATOGROSSENSE QUE VÃO ÀS ESCOLAS E AOS HOSPITAIS SENTEM NA PELE O QUE MENTEM AS ELOQUÊNCIAS!

    PEÇO-LHE, CARO ENOQUE, REPRODUZA OS DISCURSOS DO DIA 08/03 E VEREMOS QUANTOS ELOGIOS, AFAGOS E RESULTADOS DE OPERAÇÕES CONTRA ASSALTANTE DE BANCO! MAS O PIOR ASSALTO É O QUE ESTAMOS VENDO A CÉU ABERTO COM O DINHEIRO PÚBLICO! NÃO SERÁ NADA PARECIDO DO QUE VIMOS NO DISCURSO DO DESEMBARGADOR PERRI!

    É LAMENTÁVEL VER A PROCURADORIA DE JUSTIÇA SOB DISPUTAS POLÍTICAS! SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL ESTÁ RACHADO POLITICAMENTE.

    QUER ENFRAQUECER UM GRUPO? DIVIDA-O! O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL DO MATO GROSSO É UM MINISTÉRIO PÚBLICO DIVIDIDO. LOGO, É UM MINISTÉRIO PÚBLICO FRACO!

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      Concordo plenamente. É tudo isso e mais um pouco!

  2. - IP 189.59.42.160 - Responder

    O Ministério Público de Mato Grosso é uma lástima! Quanto a esse Sr. Paulo Prado, eu não consigo desvinculá-lo daquele caso do menino Rodrigo ou Victor Hugo, que todo mundo sabe o papel dele no desfecho do mesmo.

  3. - IP 201.67.61.187 - Responder

    Se depender desses dois “Blairistas” baba-ovos o inquérito não vai dar em nada!!!Mas tem outro processo do mesmo caso “dos Maquinários” na Justiça Federal,na primeira vara,com o caneta pesada Dr. Julier Sebastião,aí não tem estória de passar a mão na cabeça e comer “bolinho de queijo”…o bicho vai pegar o gaúcho no jeito!!!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezenove − 7 =