PAULO NOGUEIRA: Humor sem graça, como o feito no Brasil, é um horror. Mas consegue ficar ainda pior quando à falta de espírito se junta um reacionarismo patológico, uma completa desconexão com o povo brasileiro, e este é o caso de Marcelo Tas e seu CQC.

O Brasil tem uma esquisitice humorística: os comediantes são reacionários. Comediantes, como artistas em geral, costumam, em todo o mundo, ser progressistas. Eles quase sempre têm uma forte consciência social que os leva a criticar situações de grande desigualdade e a ser antiestablishment.

CQC e o humorismo reacionário
Por Paulo Nogueira, no blog Diário do Centro do Mundo:

O Brasil, conforme constatou agudamente um leitor do Diário, tem uma esquisitice humorística: os comediantes são reacionários. Não vou entrar no fato de que são essencialmente sem graça. Me atenho apenas ao conservadorismo. Comediantes, como artistas em geral, costumam, em todo o mundo, ser progressistas. Eles quase sempre têm uma forte consciência social que os leva a criticar situações de grande desigualdade e a ser antiestablishment.

Os comediantes brasileiros fogem da regra, e esta é uma das razões pelas quais são tão sem graça. Marcelo Madureira é um caso extremo de conservadorismo petrificado e completo alinhamento com o chamado “1%”. Marcelo Tas é outro caso. De Londres, não o acompanhei, mas ao passar algumas semanas no Brasil, agora, pude ver – sem sequer assistir a um episódio de seu programa – o quanto ele é mentalmente velho.

O que o CQC fez a Genoíno em nome da piada oscila entre o patético, o ridículo e o grotesco. Não me refiro apenas ao episódio em si de explorar o drama de Genoíno. Também a sequência foi pavorosa. Vi no YouTube Tas ter uma disenteria verbal ao falar de Genoíno. Corajosamente, aspas, chamou-o repetidas vezes, aos gritos, de “mequetrefe”.

Não sou petista.

Jamais votei uma única vez em Genoíno.

Mas Tas tem condições morais — e conhecimento, pura e simplesmente — para julgar e condenar Genoíno? Várias vezes ele diz que Genoíno foi condenado pela justiça. E daí? Quem acredita na infabilidade da justiça brasileira acredita em tudo, como disse Wellington.

O que me levou a procurar Tas no YouTube foi uma mensagem pessoal que recebi de Ana Carvalho. Ela estava no local em que houve a confusão entre o humorista Oscar Filho e amigos de Genoíno. Ana acabou sendo citada num texto que OF escreveu, e ficou tão indignada que decidiu escrever sua versão dos fatos numa carta aberta que ela, cerimoniosamente, me pediu que lesse. Li. Primeiro, ela esclarece: ao contrário do que OF escreveu, ela não é militante do PT. Estava apenas votando, com a família, no lugar do tumulto, e tentou ajudar a serenar os ânimos, como boa samaritana.

Ana relata o que ouviu, na refrega, do produtor do CQC e de Genoíno. Do produtor, berros que diziam que os “mensaleiros filhos da puta” iam ser punidos: em vez de um minuto, o programa falaria horas do caso. De Genoíno, ela ouviu: “Calma, calma, sem bater, sem bater”. Mas quem publicaria o que ela ouviu? Essa pergunta Ana fez a si mesma, e é um pequeno retrato da maneira distorcida com que a grande mídia trata assuntos de política no Brasil. A resposta é: ninguém. Nem Folha e nem Estadão e nem Veja e nem Globo publicariam o relato de Ana – embora ela fosse testemunha privilegiada da confusão.

Há formas e formas de violência. O que o pessoal do CQC fez foi uma violência mental, uma tortura. Não faz muito tempo, o mundo soube que presos nos Estados Unidos tinham sido torturados com sessões de música ininterrupta da série Vila Sésamo. Vinte e quatro horas, sete dias por semana. (O autor ficou perplexo com o uso dado a sua canções tão inocentes.)

O que o CQC fez tem um nome: tortura moral. Humor não é isso. Citei, em outro artigo, os repórteres do Pânico que invadiram o funeral de Amy Winehouse para fazer piada. Tivessem sido pilhados, terminariam na cadeia – e teriam formidável dificuldade para convencer a justiça londrina de que a liberdade de expressão, aspas, os autorizava a fazer o que fizeram.

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.41.124.13 - Responder

    Duvido que o Genoíno seja santo. Dito isso, o CQC fez um drama danado com esse epísódio, e no final das contas tudo que aconteceu com o Oscar Filho foi sofrer um empurrão durante o tumulto. Não vi socos, pontapés, mordidas, beliscões e dedo no olho como nos fizeram esperar. O CQC é um bom programa, tem sua utilidade, mas às vezes realmente comete deslizes inescusáveis. Agora, o Pânico, mencionado no artigo, realmente não tem salvação: aquele quadro com a invasão do funeral da Amy Winehouse foi simplesmente lamentável, grotesto, pra dizer o mínimo. O humor no Brasil vai mal das pernas.

  2. - IP 177.0.81.233 - Responder

    Genoino é um homem condenado pela justiça brasileira…o colunista pra justificar a defesa do genoino …alega queo judiciario brasileira é falho…ou seja para ele Genoino é inocente…caramba dai ele ataca o CQC por que foi cobrir a zona eleitoral do Genoino, um sujeito que foi condenado e que ja devia estar preso, pra ele votar precisa da escolta de militantes do PT pq …pq todo mundo chama ele de mensaleiro, de ladrão, de corrupto, ou seja ele utiliza e precisa de militantes do PT pra sair na rua e para revidar os insultos da população que esta revoltada por ele ainda esta solto. A justiça brasileira é falha pq ao final do processo nao decretou a prisão deste arruaceiro e o colunista é petista e acredita que todo brasileiro apoia o PT e esta contra o STF. Este texto é ridiculo

  3. - IP 186.213.225.135 - Responder

    Realmente, fazer humor a favor do sistema e marcado por toda sorte de preconceito é um costume desses humoristas que já chegaram a sugerir que gostariam de forçar uma situação de sexo com a Wanessa Camargo grávida e, talvez, quem sabe, com seu bebê. Uma nojeira. E fico pensando no carater do publico telespectador que respalda esse humor brutal, asqueroso.

  4. - IP 189.11.231.197 - Responder

    Os petistas perderam completamente a noção do ridículo.

  5. - IP 201.57.233.221 - Responder

    Não eram os ALOPRADOS DO PT que queriam ver o circo pegar fogo pra depois tirar proveito da desgraça…
    AGORA OS ALOPRADOS e CORRUPTOS vêm com esse chorinhoo de vitimados por uma piadinha… ………. … ..Kkkkkkkkkkkkkkkk ….

    “QUEM SEMEIA VENTO, COLHE TEMPESTADE..”

    FORA PTistas ALOPRADOS.

  6. - IP 177.5.235.4 - Responder

    Coitadinho do quadrilheiro . O CQC é uma bosta mesmo ,mas ser enxovalhado é um castigo pouco para esse e os outros 40 ladroes do ébrio de Garanhuns.

  7. - IP 201.2.21.44 - Responder

    Enock. Parabéns pelo artigo. De fato, o CQC é composto por cometidantes direitistas (o pior é que são sem graça).

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

19 − 3 =