PAULO BOMFIM: Negligência da Prefeitura causa morte de idosa em Chapada. Tristemente

Faleceu na manhã desta segunda–feira, às 08:00hs, a Sra. Edwiges Videiro da Silva de 88 anos. O óbito ocorreu no Pronto Socorro de Cuiaba, causado pela demora de atendimento médico de urgência, que o caso requeria.

A vítima Sra. Edwiges morava na Comunidade da Vila João Carro, Distrito da Água Fria no município de Chapada dos Guimarães.

A Sra. Edwiges foi acometida de Acidente Vascular Cerebral (AVC) na noite da última sexta-feira, por volta das 23:00 hs e, pelas dificuldades de locomoção e tráfego pela agora única e exclusiva via de acesso à Chapada dos Guimarães, pela estrada do Branco Barbosa, que também encontra-se em estado deplorável de trafegabilidade e alonga o percurso em 25 km, o que causou a demora no atendimento médico da senhora idosa, pois este deslocamento levou 3:00 hs para efetivar-se, com a chegada  da idosa ao hospital de Chapada dos Guimarães. 

Após os primeiros atendimentos de urgência no hospital de Chapada dos Guimarães, a Sra. Edwiges foi removida para o pronto socorro de Cuiabá, onde ficou até as 11:00hs deste domingo, dia 25, à espera de vaga na UTI, onde veio a falecer.

Como já denunciado através deste blogue, tornou-se caso de polícia a reconstrução da ponte do Buritizinho, que dá acesso à Comunidade de João Carro.

Esta ponte, do Buritizinho, já se encontrava em precário estado de conservação, fazem muitos anos e o secretário municipal de obras, no início deste mês de agosto, portanto há 26(vinte e dias) dias, tomou a iniciativa de desconstruir o que restava do assoalho da ponte sem que fosse providenciada a imediata reconstrução total.

Tornou-se prioridade absoluta saber-se por que a Prefeitura, tendo contrato com a empresa JF Marques Rodrigues Serviços, cuja vigência é de 05/02/2019 a 05/02/2020, com objeto de reforma ou reconstrução de pontes de madeira sobre córregos e rios na área rural do município de Chapada dos Guimarães, mostrou-se inerte no sentido da agilização da reconstrução da ponte do Buritizinho.

Exatamente nesta última sexta-feira, dia 23, ingressei com uma Representação de NOTÍCIA DE FATO – SIMP nº 000985-028, referente a esta situação esdrúxula pois  a Sra. Prefeita Thelma de Oliveira, convocada pela Dra. Anízia Tojal, Promotora da 1º Promotoria Cível do Ministério Público de Chapada dos Guimarães, para tratar da situação do restabelecimento da operação da Balsa Quilombo,  esteve na terça-feira, dia 13 do mês corrente, e que comprometeu-se com o MP a restabelecer a circulação de veículos na ponte do Buritizinho, até no máximo dia 21, quarta-feira semana passada, o que não concretizou-se.

O Ministério Público também já está acionado para apurar as responsabilidades.

Tempos difíceis em Chapada dos Guimarães e em nosso Brasil. Nossas condolências à família enlutada. Nossas condolências ao povo das regiões pobres e desassistidas de Chapada.

Paulo Bomfim é cidadão e eleitor em Chapada dos Guimarães, MT

 

Bomfim

 

Paulo Bomfim é cidadão e eleitor de Chapada dos Guimarães

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezoito + dezessete =