PAULO BOMFIM: Juiz Ramon Botelho garante volta da Balsa Quilombo, em Chapada

Bomfim

Enfim uma boa notícia. 

O imbróglio da Balsa Quilombo, com a interdição ocorrida no final do mês de junho, pela Delegacia Fluvial de Cuiabá – 6º Distrito Naval – Marinha do Brasil, que faz o tráfego aquaviário entre o Distrito da Água Fria e as comunidades VILA JOÃO CARRO e adjacências, P.A. MAMEDE, P.A. QUILOMBO, PÉ DA PRETA, MATA DO CIPÓ, SERTAOZINHO, ÁGUA BRANCA, BIQUINHA, CACHOEIRÃO e CAMPESTRE na área rural, em Chapada dos Guimarães, está chegando ao fim.

O juiz da Comarca de Chapada dos Guimarães, RAMON FAGUNDES BOTELHO deferiu no Processo nº 1001193-17.2019.8.11.0024 – PJE – 2º Vara Cível de Chapada dos Guimarães, nesta última segunda-feira dia 23 de setembro, Pedido de Liminar em Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer com Pedido de Tutela de Urgência em face do MUNICÍPIO DE CHAPADA DOS GUIMARÃES e o ESTADO DO MATO GROSSO, compelindo estes Entes Públicos a realizar, no prazo de 05(cinco) dias, o conserto e a devida e constante manutenção e adequações das balsas responsáveis por realizar a travessia do Lago do Manso, para que estas voltem a operar em sua normalidade.

De antemão, sabe-se que por força de Termo de Cessão de Uso de Bem Móvel a Título Gratuito, firmado entre o MUNICÍPIO DE CHAPADA DOS GUIMARÃES e o ESTADO DO MATO GROSSO, através da SECRETARIA DE ESTADO DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA, recentemente em 18 de julho do corrente ano, a responsabilidade gerencial da reforma ficará sob a responsabilidade do Estado.

Com a boa vontade, responsabilidade e sensibilidade demonstrada pelo Governo MAURO MENDES e, contando com a ação firme e determinada do Secretário da pasta, Sr. MARCELO DE OLIVEIRA E SILVA, a incumbência da reforma está à cargo da Secretaria Adjunta de Logística e Concessões, cujo titular Dr. HUGO WATERSON e equipe, à frente com a Engenheira HELLEN SILVA, estão procedendo com grande celeridade, em todas as ações; sejam nos procedimentos técnicos, jurídicos e administrativos necessários para a agilização da reforma no Processo Administrativo Licitatório, visando a contratação de empresa especializada.

Estima-se que, após longo período, em 30(trinta) dias, as comunidades voltarão a dispor da utilização do importante transporte aquaviário, para toda a região.


Paulo Bomfim é Cidadão e Eleitor de Chapada dos Guimarães

Juiz Ramon Botelho determina conserto da Balsa do Quilombo, em Chapada by Enock Cavalcanti on Scribd

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

14 − catorze =