gonçalves cordeiro

Direito à felicidade POR ALFREDO MOTA MENEZES Por que o ser humano não pode ter a felicidade plena? Não em outra vida, como imaginam as religiões, mas nesta. O livro Homo Deus de Yuval Harari, aquele mesmo que escreveu Homo Sapiens, trás informações interessantes sobre o assunto maior para o futuro da humanidade. Não é coisa de autoajuda, é científico e pelo lado evolucionista.   Duas vertentes conduzem os humanos desde os primórdios. O psicológico ou sempre querer mais e...Continue lendo

gonçalves cordeiro

Charlatães por DRAUZIO VARELLA Todo charlatão que se preza alega receber eflúvios energéticos do além túmulo. Em busca de alívio para os mais variados males, os crédulos vão até ele. Basta correr o primeiro boato de que o parente do filho do amigo de algum vizinho sarou ao receber um passe para que a fama do charlatão se espalhe. Em pouco tempo, começam as romarias em sua porta. Se o espertalhão aprendeu certos truques há mais de um século desmascarados...Continue lendo

gonçalves cordeiro

BRASIL, UM PAÍS DO PASSADO 🇩🇪 Publicado na rede alemã Deutsche Welle   “No Brasil, está na moda um anti-intelectualismo que lembra a Inquisição, alimentado pela falsa noção de que a democracia significa que a minha ignorância é tão boa quanto o seu conhecimento.” DW – Deutsche Welle https://www.dw.com/pt-br/brasil-um-pa%C3%ADs-do-passado/a-46477566 No Brasil, está na moda um anti-intelectualismo que lembra a Inquisição. Seus representantes preferem Silas Malafaia a Immanuel Kant. Os ataques miram o próprio esclarecimento, escreve o colunista Philipp Lichterbeck. É...Continue lendo

gonçalves cordeiro

  por José Menezes Gomes  Neste momento destacaremos a importância da análise da taxa de lucro (o que acontece no setor privado) e o que acontece no setor público, em particular a crise fiscal e financeira do Estado, procurando explicar a mudança de orientação da politica econômica nos EUA e por sua vez, a alteração da política monetária que amplificou os ganhos com títulos públicos. Neste sentido, observamos que o final dos anos 1980 foi marcado pela queda a taxa...Continue lendo

gonçalves cordeiro

  2018, A NAÇÃO VITORIOSA Por José A Lemos       Não se trata de quem ganhou ou deixou de ganhar as eleições, nem de discutir se os caminhos escolhidos foram os melhores, mas de uma nação que ao iniciar o ano tinha pela frente um conjunto de desafios e escolhas de enorme dificuldade e que ao final sai vitoriosa, ainda que chamuscada, combalida em função dos duros e sucessivos embates incontornáveis. Os riscos em cantar vitória antes do tempo são...Continue lendo

gonçalves cordeiro

Torcendo a favor do Brasil Por Antonio Cavalcante (Ceará) Em 2019, continuarei torcendo pelo meu país. Mas não é preciso ser profeta para antever o mal que desabará sobre o Brasil, a partir de janeiro. Seguindo o roteiro do golpe e aprofundando as maldades do Temer contra o povo, Bolsonaro deve arrematar o desmoronamento da nossa soberania, nos oferecendo, de quatro, ao desvairado Donald Trump. A novidade nesse período pós-eleitoral, onde impera o pós-verdade, o fake news, a mentira qualificada,...Continue lendo

gonçalves cordeiro

Os desafios do PSDB Nilson Leitão   Este ano de 2018 foi desafiador. Um divisor de águas. Ano em que se encerrou um ciclo pernicioso dos governos petistas. Depois de 13 anos, os brasileiros – que já haviam ido para as ruas em 2013, com uma pauta mais extensa e difusa e voltaram dois anos depois para reivindicar o impeachment da então presidente Dilma Rousseff -, em outubro último deram um basta ao esquerdismo do PT e de seus ‘puxadinhos’. ...Continue lendo

gonçalves cordeiro

O Manoel, pantaneiro GONÇALO ANTUNES DE BARROS Morto não está Manoel de Barros. Apenas se tornou materialmente transparente, apesar de que a transparência e a autenticidade ser a sua marca. Afinal, morre quem deixou na terra a melodia de seu cântico na música de seus versos?   Cora, em versos, vaticina que não. Não mesmo, o afirmo, vive na sua intuição e sensibilidade, inquietação dos que nasceram para a história.   Morre quem assim suspirou? – ‘A poesia está guardada...Continue lendo

gonçalves cordeiro

ereador chama colega de ‘cão de guarda’ do prefeito; Parlamentar responde: ‘prefiro ser cão do que ser veado’ Por: Lucione Nazareth/ VG Notícias A Câmara de Vereadores de Cuiabá foi palco de duelo de vereadores nessa quinta-feira (20.12) durante sessão ordinária, no qual um vereador foi chamado de “cão de guarda” do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e o outro de “veado”. As trocas de ofensas ocorreram na discussão de um pedido feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro no qual requeria um...Continue lendo

gonçalves cordeiro

ARQUITETOS E POLÍTICA Por José A Lemos   O artigo da semana passada avaliando os resultados das eleições proporcionais deste ano em Mato Grosso suscitou algumas considerações adicionais. Uma é recorrente e me persegue questionando o que tem a ver arquiteto com política tendo em vista o tratamento público dado ao assunto por alguns profissionais desta área, dentre os quais eu, mesmo não sendo especialistas. A oportunidade do Dia do Arquiteto, agora no último dia 15 de dezembro, permite alinhar...Continue lendo