Cinco visões sobre a lista de Fachin O economista Eduardo Fagnani, o historiador Luiz Marques, o filósofo Roberto Romano e os cientistas políticos Reginaldo Moraes e Sebastião Velasco e Cruz, todos docentes da Unicamp, avaliam as consequências da divulgação da lista do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Foram abertos inquéritos contra 8 ministros, 3 governadores, 24 senadores e 40 deputados. EDUARDO FAGNANI, economista e professor do Instituto de Economia (IE) da Unicamp....Continue lendo

Jornais picotaram e trocaram falas de Marcelo Odebrecht para prejudicar Lula Cíntia Alves, no GGN Jornal Jornal GGN – É sintomático que, na era digital, quando informações são colocadas na rede à disposição de quem tiver interesse em conhecer os dois lados de uma mesma moeda, ainda haja espaço para manipulações. É o que ocorre na cobertura de uma parte da grande mídia em relação ao depoimento de Marcelo Odebrecht ao juiz Sergio Moro. O canal do Estadão no Youtube...Continue lendo

EXCLUSIVO: A lista de Fachin Ministro relator da Lava Jato, no Supremo Tribunal Federal, coloca o alto escalão político do País sob investigação Breno Pires, de Brasília – O ESTADO DE S PAULO Edson Fachin. Foto: Nelson Jr/SCO/STF O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de inquérito contra oito ministros do governo Temer, 24 senadores e 39 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas –como mostram as 83 decisões do...Continue lendo

  A OAB Nacional irá requerer ingresso como amicus curiae na ADIN n. 4.966, a favor da constitucionalidade da Resolução n. 175/2013 do CNJ. O texto proíbe a recusa de habilitação de casamento civil ou conversão de união estável em casamento entre pessoas do mesmo sexo. O Conselho Pleno da Ordem aprovou o ingresso da entidade em sessão nesta terça-feira (4).A ação foi proposta pelo Partido Social Cristão, segundo o qual o CNJ extrapolou sua competência, invadindo seara do Poder...Continue lendo

Quando Lula será preso? Por Nelson Jobim     É pergunta recorrente. Ouvi em palestras, festas, bares, encontros casuais, etc. Alguns complementam: “Foste Ministro de Lula e da Dilma, tens que saber…” Não perguntam qual conduta de Lula seria delituosa. Nem mesmo perguntam sobre ser, ou não, culpado. Eles têm como certo a ocorrência do delito, sem descrevê-lo. Pergunto do que se está falando. A resposta é genérica: é a Lava-Jato. Pergunto sobre quais são os fatos e os processos...Continue lendo

ALAN SOKAL I FÍSICO E MATEMÁTICO “O pior inimigo da Ciência não é Deus; são os políticos e a propaganda” Pesquisador comenta os êxitos da ciência e os fracassos da religião na interpretação dos fatos e na percepção da realidade DANIEL MEDIAVILLA, do El País Brasil Alan Sokal, cientista estadunidense, na Residência Estudantil de Madri JAIME VILLANUEVA Alan Sokal (Boston, EUA, 1955) ficou famoso no final dos anos 1990 por seus ataques aos acadêmicos pós-modernos. Ele pretendia em evidência os...Continue lendo

“Não existe pecado do lado de baixo do Equador”, escreveu o holandês Gaspar Barleu ao se deparar com a libidinagem no Recife do século 17. Por Cynara Menezes, do blogue  SOCIALISTA MORENA Não EXISTIA. A liberdade sexual dos primeiros moradores do Brasil seria logo substituída pela noção de transgressão, pelo pudor excessivo, pelas proibições e pelo preconceito –a homofobia, por exemplo, nascia ali. Em que contribuíram os europeus para a sexualidade das Américas além de nos apresentar à culpa? Tudo o...Continue lendo

É só uma decisão provisória. Mas o pagamento privilegiado de aposentadorias que vinham recebendo deputados e ex-deputados de Mato Grosso, tais como o ex-deputado e atual prefeito Emanuel Pinheiro, que se viu envolvido em rumorosa polêmica durante a recente campanha eleitoral, foi suspensa em decisão do STF, que é resultado de uma longa e ainda não terminada batalha iniciada nos anos 90 pelos então deputados Serys Slhessarenko e Wilson Santos. Serys e Wilson conseguiram acabar com o FAP através de...Continue lendo

“Sem feminismo não há agroecologia!”, ouvia-se pelas ruas de Cáceres, na semana passada (31), enquanto centenas de mulheres marchavam pela ‘Princesinha do Pantanal’, como é conhecida a cidade, com cartazes em mãos e força na voz. Vestiam uma camiseta de cor fúcsia, com pintura do artista mineiro Gildásio Jardim, que representava mulheres trabalhando, estudando, cultivando e ajudando-se. Nas costas da camisa era possível ler ‘Encontro Estadual Mulheres e Agroecologia’. O evento foi organizado pelo Grupo de Intercâmbio em Agroecologia –...Continue lendo

  Política: nunca foi tão urgente participar! Por Edmundo Lima de Arruda Jr* Paira no ar, nos corações e mentes a sensação de um país à deriva da corrupção e sem perspectivas de ideias e lideranças, vale dizer, sem luzes no final do túnel… O sistema político apodreceu. Curiosamente ao lado dos brasileiros tendentes ao absoluto pessimismo quanto à possibilidade de sairmos do caos, há muitos outros efeitos negativos, mas também positivos, decorrentes do estado de podridão moral. Muitos eleitores,...Continue lendo