Noticia publicada há pouco pelo saite do Romilson Dourado: "Professora avalia que o resultado é incontestável Maria Lúcia se considera eleita reitora da UFMT no 1º turno e contesta manobra de João Valente "Fizemos todos os cálculos dentro do que preceitua o regulamento e conquistamos 50,45% dos votos. A diferença foi expressiva e a vitória é incontestável. Agora, eles querer colocar regra antiga, com a questão estatística", disse neste domingo, em entrevista ao RDNews, a professora Maria Lúcia Cavalli Neder,...Continue lendo

Bem, o Olhar Direto reagiu. Parece ter visto que a cobertura que vinha dando ao pleito na UFMT poderia fazer crer que o site havia feito uma "opção preferencial pela fraude" e resolveu abrir espaço para a manifestação da nova reitora eleita, professora Maria Lucia Cavalli. No texto, a nova reitora eleita responde às argumentações do professor João Pedro, candidato da chapa 2, que está ameaçando tentar melar a democratica manifestação da comunidade acadêmica recorrendo à Justiça. Vejam o que...Continue lendo

Bem, que a alívio. A cobertura jornalística dos fatos que acontecem em Mato Grosso não é feita somente pela imprensa de Mato Grosso. Vale a pena ler o que a Folha de S. Paulo acabou de colocar no ar, há poucos minutos. Ufa, que alívio! O esquema Riva-Bosaipo não cála a todos: Juiz de Mato Grosso é impedido de julgar casos de improbidade RODRIGO VARGAS da Agência Folha, em Cuiabá Uma semana depois de aceitar denúncia por improbidade administrativa contra...Continue lendo

Quem é que manda em Mato Grosso? Bem, depois deste último escandalo mato-grossense, em que o governador Blairo Maggi, sanciona uma lei tão vergonhosa, ao que tudo indica para proteger políticos denunciados por improbidade administrativa,não resta dúvida que quem manda neste Estado continua sendo o deputado Geraldo Riva. O governador parece que faz tudo o que o pequeno homem da Assembléia manda. Maggi aparece aqui como serviçal, como um governante a serviço de um poder mais alto, cujos contornos não...Continue lendo

A FICÇÃO E A HISTÓRIA Algumas histórias que o Caçador de Pipas não conta O filme “Caçador de Pipas” apresenta um painel sobre a história recente do Afeganistão, a partir do relato sobre a amizade de dois meninos afegãos. Flutuando entre a imaginação e a história, o filme denuncia monstruosidades mas silencia sobre o papel de alguns dos pais dos monstros que devastaram o país. Marco Aurélio Weissheimer – Carta Maior O filme “O Caçador de Pipas”, dirigido por Marc...Continue lendo

O velho PFL não perde sua atração pelos militares e pelas soluções golpistas. É o que sugere Gilson Caroni Filho em artigo para a Agência Carta Capital. Vale ler:     DEBATE ABERTO O DEM e o banzo dos pijamas As lideranças do DEM se deslocam movidas por nostalgia de caserna. Dos tempos prestigiosos em que era Arena, depois PDS até se reciclar em PFL. É banzo de quem se veste com roupagem do presente à espera de uma "ação...Continue lendo

Ao invés de cobrarem das autoridades atitudes mais eficientes na garantia das condições de vida nos bairros, eis que lideranças do movimento comunitário – comandadas por Édio Martins, presidente da Ucamb – resolveram sair em defesa de uma ilegalidade, vedada pela Constituição, que é a contratação das primeiras-damas e a prática do nepotismo na administração pública. Parece incrível mas está acontecendo em Cuiabá. O release, assinado pelo jornalista Ronaldo Pacheco, foi distribuido aos veículos de comunicação e eu o reproduzo...Continue lendo

Com Chica Nunes, Gilmar Fabris e repleta de suplentes que ganham tanto quanto os titulares que se afastam do plenário mas não se afastam do cofre, com dezenas de processos na Justiça relativos à administração de Riva que nem por isso deixa de ser a administração em vigor – como levar a sério a Assembléia Legislativa que nós temos aqui neste Mato Grosso? Mas temos, sim, que levá-la a sério. E lutar para que ela um dia seja o parlamento...Continue lendo

Está chegando a hora da onça beber água na UFMT. É a reitoria que está em disputa. Maria Lucia Cavalli e João Valente polarizam a eleição. Cavalli com a força do seu currículo, de sua personalidade, de sua vida dedicada à universidade federal. Valente com apoio de Riva, Eliane, do PSDB e de grande parte da nossa grande mídia e mesmo da mídia dita alternativa. Marcos Coutinho e o Olhar Direto assumiram campanha pró-Valente e Riva na UFMT. Cabe à...Continue lendo

E a Helena Bortolo, gente! Pois é. Resolveu mergulhar de cabeça na campanha do professor João Valente, na UFMT. Não falei com ela. Vieram me contar que ela passou de sala em sala, na UFMT, nesta segunda-feira, defendendo o Valente. E usando toda a sua força de sindicalista combativa do Sintep para defender a candidatura de Valente, argumentando que esta história de um pacto entre Valente e Geraldo Riva não passa de intriga da oposição. Intriga da oposição como, se...Continue lendo