PREFEITURA SANEAMENTO

Os presidentes dos Estados Unidos sem máscara – do casal Kennedy ao casal Obama, na avaliação de agentes do Serviço Secreto, retratada em livro de Ronaldo Kessler

Os Mandatários Americanos Sem a Máscara

A Avaliação dos Presidentes Americanos de Acordo com Visão Privilegiada dos Agentes do Serviço Secreto
Os trechos postados neste comentário foram destacados do livro de Ronald Kessler “In the President’s Secret Service”.

Parece haver um conservadorismo exacerbado nos comentários, mas, além disso, eles trazem um pouco de informação para a reflexão sobre o verdadeiro caráter das nossas autoridades máximas.
Estas são algumas observações interessantes feitas com base na visão privilegiada dos agentes do Serviço Secreto que foram designados para proteger o presidente e suas famílias. As fofocas secretas(?) revelam o verdadeiro caráter e a personalidade dos Presidentes, das primeiras-damas e dos vice-presidentes que serviram no cargo desde 1960.
JOHN & JACQUELINE KENNEDY
 “O namorador da mais alta ordem”

John and Jackie Kennedy
“Ela solicitou a ajuda da cozinha para salvar todas as sobras do vinho oferecido durante um jantar de Estado, misturou com o vinho fresco e serviu, novamente, durante a próxima ocasião na Casa Branca”.
LYNDON & LADYBIRD JOHNSON
“Outro inveterado namorador. Além disso, LBJ era muito grosseiro. Ambos, JFK e LBJ, mantinham um monte de mulheres na Casa Branca para assuntos extraconjugais e ambos tinham criado sistemas de alerta preventivos para alertá-los, se e quando as suas esposas estavam nas proximidades. Ambos eram homens que possuíam grande apetite sexual e promíscuos”.
“Ela era ingênua ou apenas fingiu não saber sobre muitas ligações amorosas de seu marido”.
RICHARD & PAT NIXON
“Um homem “de moral” , mas muito estranho, estranho e paranóico. Ele tinha um relacionamento horrível com sua família e era quase recluso”.
  “Ela ficava em silêncio a maior parte do tempo”.
 SPIRO AGNEW
  “Um homem decente e agradável. Todos no Serviço Secreto ficaram surpreendidos com a sua demissão”.
[Agnew pediu demissão, em 10 de outubro de 1973, depois de ser acusado de ser acusado de sonegação e condenado a pagar uma multa de US $ 10.000 pelo Tribunal de Baltimore.]
GERALD & BETTY FORD
 “Foram verdadeiros cavalheiros e trataram o Serviço Secreto com respeito e dignidade. Ele tinha um grande senso de humor”.
“Ela bebia muito!”
 JIMMY & ROSALYN CARTER
“Um falso completo que retratava uma imagem, ao público, muito diferente de si mesmo na vida privada. Ele era mostrado carregando a sua própria bagagem, mas as malas estavam sempre vazias. Ele mantinha as malas vazias apenas para fazer fotos . Ele queria que as pessoas o vissem como piedoso e um abstêmio, mas ele e a sua família bebiam muito álcool. Ele desdenhava do Serviço Secreto e era muito irresponsável com o ordenamento relacionado aos códigos nucleares. Ele não achava que era um negócio importante e mantia os assessores militares a uma grande distância . Muitas vezes, ele não reconhecia a presença do pessoal do Serviço Secreto designado para servi-lo”.
“Ela fazia as coisas da sua própria maneira”.
RONALD & NANCY REAGAN
“Um casal real, moralista, honesto, respeitoso e digno. Trataram do Serviço Secreto e todos os outros com respeito e honra e agradeciam a todos o tempo todo. Ele teve tempo de conhecer todo mundo em um nível pessoal. Uma história favorita ocorreu no início de sua Presidência, quando ele saiu de seu quarto com uma pistola em seu quadril. O agente encarregado perguntou: “Por que a pistola, Mr. President?”. Ele respondeu: “No caso de vocês, rapazes, não poderem fazer o trabalho, eu posso ajudar”. Era comum para ele carregar uma pistola. Quando ele se reunia com Gorbachev, ele tinha uma pistola em sua pasta”.
“Ela era muito boa, mas muito protetora do Presidente e o Serviço Secreto foi, muitas vezes, envolvido. Ela se esforçava para controlar o que ele comia. Ela dizia para o agente: “Vamos lá, você tem que me ajudar.” Os Reagans bebiam vinho apenas  durante os jantares de Estado e em ocasiões especiais. De outra forma eles evitavam o álcool. O Serviço Secreto poderia contar em uma mão as vezes que eles serviam vinho durante o jantar da família. Apesar de todo o marketing falso dos Carters, os Reagans foram os que viveram a vida como pessoas genuinamente, de acordo com as convenções morais”.
GEORGE H. & BARBARA BUSH
“Extremamente gentil e atencioso e, também, sempre respeitoso. Tomou grande cuidado em garantir o conforto dos agentes que o atendia. Eles ainda ofereciam refeições. Uma vez, ela trouxe roupas quentes para os agentes que estavam do lado de fora em Kennebunkport. A um deles foi dado um chapéu morno e, quando ele tentou dizer “não, obrigado”, embora ele, obviamente, estivesse congelando, o presidente disse: “Filho , não discuta com a Primeira Dama… coloque o chapéu na cabeça”. Ele foi o mais rápido dos Presidentes e percorria a Casa Branca como uma máquina bem azeitada”.
 “Ela governou a casa e externou os seus pensamentos”.
BILL & HILLARY CLINTON
“O exercício da presidência foi uma festa gigante. Não era confiável, mas foi bom, principalmente, porque ele queria que todos gostassem dele, mas para ele a vida é apenas um grande jogo e uma festa. Todo mundo sabe sobre as suas aventuras sexuais”.
“Ela é outra falsa. Sua personalidade muda , imediatamente, diante das câmeras. Odiava com notório desdém o serviço militar e o serviço secreto. Ela foi outra que sentia que as pessoas estavam ali para servi-la. Ela estava, sempre, tentando manter o controle sobre Bill Clinton”.
ALBERT GORE
“Um bundão egoísta que apontava para os agentes do Serviço Secreto e alertava ao seu filho que ele precisava fazer o melhor na escola ou ele iria acabar como ‘esses caras’”.
 GEORGE W. BUSH & LAURA
 “O Serviço Secreto amava George e Laura Bush. Ele também foi o mais o presidente que mantinha a melhor forma física e tinha um rigoroso regime de treino. O casal Bush garantia que todo os funcionários encarregados da área de administração e dos serviços domésticos deveriam respeitar e serem atenciosos com os agentes do Serviço Secreto”.
“Ela era uma das mais bonitas primeiras-damas, se não a mais bonita. Ela nunca usou qualquer palavra dura para repreender qualquer um”.
BARACK & MICHELLE OBAMA
“Clinton mais uma vez: odeia os militares e menospreza o Serviço Secreto. Ele é egoísta e astuto. Quando Obama olha nos seus olhos e parece concordar com você, se vira e faz o contrário. Ele tem acessos de cólera”.
“Ela é uma completa puta que, basicamente, odeia quem não é negro, odeia os militares e olha para os agentes do Serviço Secreto como servos”.
A maioria desses falsos amigos de sorriso felizes das fotografias acima, copiadas da internet, é responsável por alguns dos mais terríveis atos de violência, que se possa imaginar, contra a humanidade.
Categorias:Plantão

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × cinco =