O BALÉ SOCORRE O SAMBA: Na terça-feira de Carnaval, dez bailarinas da Escola Ópera Ballet vão assumir a comissão de frente do bloco Banana da Terra. Elas descerão avenida Mato Grosso sambando na ponta da sapatilha

opera ballet no carnaval
Ah, o Carnaval cuiabano…

ENOCK CAVALCANTI
Da Editoria ´-DC ILUSTRADO

Em meio à temporada nacional de folia, que faz do Brasil uma atração mundial, a cidade de Cuiabá, capital do Mato Grosso, tão decantado pela riqueza inigualável de sua produção agrícola, terá, neste 2015, mais um carnaval da resistência. Concentração na Praça da Mandioca, todas as noites, e, na noite de terça, o minguado desfile de escolas e blocos.

Ao contrário do que acontece em outras metrópoles, e até mesmo em outras cidades mato-grossenses, os investimentos para garantir a alegria do povo cuiabano se reduzem. Como se viver não fosse também sambar, cantar, festejar.

Em meio a essa feiura administrativa, dosada pela falta de criatividade dos gestores públicos e dos produtores privados, é bom saber que as jovens e belas bailarinas da Ópera Ballet resolveram desafiar a tristeza e levar sua beleza e sua arte para a avenida Mato Grosso.

Na noite carnavalesca de terça-feira, recomendo aos cuiabanos comparecerem à avenida para aplaudir a passagem dessas garotas. Eu canto para Baco, o bastardo deus do Carnaval, protegê-las.

———–

mascara-veneza-animale-capa

 

O balé socorre o samba

Dez bailarinas da Escola Ópera Ballet assumem comissão de frente do bloco Banana da Terra. Elas descerão avenida Mato Grosso sambando na ponta da sapatilha

ROSE DOMINGUES
Especial para o DIÁRIO DE CUIABÁ

 

O bloco carnavalesco campeão cuiabano no ano passado, Banana da Terra, traz ao desfile deste ano uma novidade: dez bailarinas na sua comissão de frente, que descerão a Avenida Mato Grosso, na terça à noite (17.2), dançando samba com suas sapatilhas de ponta. A parceria inusitada entre o grupo e a escola Ópera Ballet surgiu da ideia de unir o popular ao clássico, resgatando todo o requinte das festividades da época do conde Ajambuja, que é uma das personalidades homenageadas pelo samba enredo do grupo este ano. Dom Antônio Rolim de Moura Tavares, primeiro conde de Azambuja, foi o 10º Vice-Rei do Brasil. Tinha larga experiência em administração colonial, tendo sido governador de Mato Grosso de 17 de janeiro de 1751 a 1º de dezembro de 1765.

Mas será que samba e balé combinam? Na opinião do coreógrafo do Flor Ribeirinha, Aviner Augusto Albino, que é o autor dessa façanha, a interação dos foliões com o corpo de baile do Ópera tem sido fantástica, diferente, as mudanças enriqueceram tanto o enredo, quanto o figurino, trazendo mais beleza e delicadeza à festa popular. “O conde costumava trazer eventos clássicos, como ópera, para Mato Grosso, por isso as meninas refletem as ‘fitas do conde’, demonstrando que o mato-grossense vai do Largo do Sebo ao Palácio do Samba, como diz na nossa música desse ano”.

Filha de uma francesa e um brasileiro, a professora de balé Verônica Weber, que já morou na Europa muitos anos e integrou grandes companhias clássicas internacionais, não hesitou em aceitar o convite do bloco Banana da Terra. Ela conta que além de ser um super desafio, é um trabalho totalmente diferente do último espetáculo realizado pelas bailarinas do Corpo de Baile, que foi a reabertura do teatro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). “Trazê-las para um evento popular, na rua (e não no palco), com interação direta do público e expostas às condições do tempo (pode chover na noite da apresentação, por exemplo) é sem dúvida uma oportunidade de aprendizado”. Um dos detalhes mais difíceis: se deslocar, dançando de sapatilha de ponta, no chão, por isso o grupo de jovens, junto com os demais integrantes da comissão de frente, estarão ensaiando a tarde toda deste sábado (14.02), no campus da UFMT.

Para as bailarinas Daniele Cristina Correa da Silva e Mariana Neves Nunes, ambas de 20 anos, que são da turma profissionalizante do Ópera Ballet, a experiência é um grande desafio. “Gosto de samba, mas nunca me imaginei integrando um bloco de carnaval!”, afirma Mariana. Já Daniele, que também é professora de balé (para crianças e adultos) e ‘adora carnaval’, a participação tem sido divertida, alegre, de muito aprendizado. “É inovador juntar o balé com o samba, estou adorando, como praticar balé exige muito esforço físico, não houve tanta dificuldade com a coreografia”.

Blocos na rua

O carnaval cuiabano conta com cinco blocos, além do Banana da Terra, também descerão a avenida na terça-feira de carnaval: Unidos do Porto, Boca Suja, Melados e Tradição do Araés. Segundo Aviner Albino, o campeão do ano passado conta com cerca de mil integrantes, entre comissão de frente, alas fantasiadas, baterias e foliões, e deve descer a avenida por último, depois das 23 horas. A festa deste ano é novamente uma parceria com a Prefeitura Municipal de Cuiabá, que patrocinará as premiações, e será celebrada exclusivamente na Praça da Mandioca entre os dias 13 a 17 de fevereiro, com promoção simultânea do desfile de blocos e escola de samba, na Avenida Mato Grosso. O desfile terá início às 21h e segue até 3h da manhã, com a participação do Rei Momo e da Rainha do carnaval. Os grupos serão avaliados por um júri, nos quesitos Bateria, Samba Enredo, Evolução e Empolgação, Criatividade, Enredo, Comissão de Frente e Ala Fantasiada.

Ópera Ballet

Em 12 anos de fundação, a escola Ópera Ballet já alcançou vários prêmios regionais, nacionais e internacionais. Entre os mais conceituados, estão: em 2010, ficou em 3º lugar categoria adulto no Youth America Grand Prix (YAGP) de Nova Iorque, a maior competição do mundo para alunos de dança que disputam bolsas de estudo nas melhores escolas, o evento atrai cerca de 5 mil estudantes por ano. Nesse mesmo evento, na categoria juvenil, as bailarinas cuiabanas ficaram em 13º lugar entre os 64 grupos participantes. Com o solo juvenil, a aluna Isabela Miorim garantiu uma bolsa na Alemanha. Em 2011, garantiu 1º lugar no 19° Passo de Arte de São Paulo.

Quer saber mais sobre o carnaval 2015 da Prefeitura de Cuiabá? Acesse o site: www.cuiaba.mt.gov.br.

 

 

veneza

Categorias:Beleza Pura

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dois × 5 =