TCE - OUTUBRO

Nadaf: mesmo operador que captou caixa 2 pro PMDB captou pra Zé Pedro R$ 2,5 milhões

pedro-e-pedro-nadaf-e-taques

Neste domingo, na coluna do Lauro Jardim, tá publicado lá a pretensa revelação:


“Delator acusa Pedro Taques de caixa dois em 2014
POR GUILHERME AMADO, O Globo

O tucano Pedro Taques, governador do Mato Grosso e ex-procurador da República, recebeu R$ 2,5 milhões por fora, em caixa dois, para a sua campanha ao governo do estado em 2014. A informação consta da proposta de delação premiada apresentada por Pedro Nadaf, chefe da Casa Civil de Silval Barbosa (PMDB), ex-governador do estado.

A negociação está avançada e a colaboração deverá ser assinada com a Procuradoria-Geral da República até o fim do mês.

Nela, Nadaf conta que um operador que servia ao PMDB e a Nadaf também atuou em 2014 para o então pedetista Taques.

Pedro Taques negou que tenha tido caixa dois e disse que a acusação, vinda de um opositor, tenta prejudicá-lo politicamente.”

****

Vejam que as regras da delação premiada estabelecem que, se for provado que o que Nadaf diz sobre Zé Pedro for mentira,
a seu acordo de delação é anulado, e Nadaf voltará para a prisão, ao lado do Silval.

****
GUILHERME AMADO é Repórter da coluna do Lauro Jardim em Brasília. Formado pela PUC-Rio, recebeu os prêmios Esso e Tim Lopes de Jornalismo Investigativo. Escreve sobre política, economia ou qualquer outro tema que tenha uma boa história por trás.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

19 + 6 =