TCE - NOVEMBRO 2

MPF cobra de Zé Pedro conclusão do Hospital Central

Membros do Ministério Público Federal (MPF) estiveram reunidos com autoridades do Governo do Estado de Mato Grosso para tratar do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) referente à construção da “Cidade da Saúde” e do Hospital Materno Infantil no local da obra inacabada do Hospital Central.

Na ocasião, o Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Cleber de Oliveira Tavares Neto, cobrou o cumprimento do cronograma das obras que, conforme vistoria realizada no local, estão em atraso.

O procurador-geral do Estado, Patryck Ayala, confirmou o atraso das obras. Afirmou, porém, já ter ocorrido a constituição de associação sem fins lucrativos para a conclusão do Cridac e que será apresentado um novo cronograma geral para análise do MPF.

O Procurador-Geral também apresentou cronograma com os projetos executivos e básicos do Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa (Cridac), do qual a execução deve ter início em outubro de 2016 e finalização em julho de 2017.

Em relação às obras do Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade (Cermac), o Secretário Executivo de Saúde, João Afonso da Costa Marques, informou que não houve avanços em virtude dos atrasos no procedimento licitatório do Cridac, que deve ser finalizado em setembro próximo.

As autoridades estaduais se comprometeram a encaminhar relatórios bimestrais sobre o andamento das obras do Cridac.

Também participaram da reunião a Procuradora da República Vanessa Cristhina Marconi Zago Ribeiro Scarmagnani e a representante do Núcleo de Ações Voluntárias, Júlia Oviedo.

Categorias:Plantão

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    MPF tem que dar uma empurrada senão essa gente não trabalha, não se mexe. Esse povo que controla o governo do Estado é muito embromado.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

onze − seis =