Ministério Público atende Ong Moral e investiga deputado evangélico Sebastião Rezende por provável exploração eleitoreira da construção de casas populares

MPE investiga denúncia contra deputado

RENATA NEVES
DO DIÁRIO DE CUIABÁ

Segundo a denúncia da Ong Moral, Sebastião Rezende e a sociedade beneficiente que dirige programaram em 2011 a construção de 74 casas em Rondonópolis, dez em Barra do Bugres, seis em Campo Novo do Parecis, dez em Campo Verde, seis em Peixoto de Azevedo, seis em São Pedro da Cipa e 40 em Várzea Grande.

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil para apurar denúncia apresentada pela ONG Moral sobre suposta ilegalidade na realização de convênio entre a Sociedade Beneficente Evangélica, que seria de propriedade do deputado estadual Sebastião Rezende (PR), e a Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu), com a finalidade de unir esforços e recursos para construção de 150 casas estilo Bolsa de Material para Construção (BMC) em diversas cidades do Estado.

Além da suspeita do não-cumprimento do acordo, a ONG questiona a moralidade desse tipo de convênio, que, segundo seu presidente, Ademar Adams, possui cunho eleitoreiro.

“Como pode o estado de Mato Grosso firmar convênio com recursos públicos para uma entidade cuja existência visa nítida politicagem com finalidade de conquistar eleitores?”, ressalta trecho da denúncia encaminhada pela ONG.

Ademar Adams, presidente da Ong Moral

Ao Ministério Público, foi solicitada averiguação acerca da efetiva construção das casas e se os valores liberados correspondem ao material adquirido.

Segundo a denúncia, foram programadas em 2011 a construção de 74 casas em Rondonópolis, dez em Barra do Bugres, seis em Campo Novo do Parecis, dez em Campo Verde, seis em Peixoto de Azevedo, seis em São Pedro da Cipa e 40 em Várzea Grande.

Instaurado em setembro deste ano, o inquérito está sob responsabilidade do promotor de justiça Gilberto Gomes.

Outro lado – A reportagem tentou entrar em contato com o deputado Sebastião Rezende, mas ele não atendeu nem retornou as ligações até o fechamento desta edição

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.96.203.67 - Responder

    Esses parlamentares da chamada bancada evangélica são um verdadeiro câncer ao erário. E não só na Assembleia. Em Rondonópolis, o vereador CIDO SILVA trilha os mesmos passos de Sebastião Rezenda, fazendo demagogia descarada com os “crentes”.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

5 × um =