MAX CAMPOS: Mato Grosso deve olhar pra frente

Max


Mato Grosso: hora de olhar pra frente

Por Max Campos

Após o pleito eleitoral de 07 de outubro e pacificada parte das rusgas eleitorais a resposta demonstrada nas urnas foi duríssima… Os eleitores cansados e eivados do ostracismo político sem resultado, somado às dezenas de operações policiais que carrearam outras dezenas de processos aos representantes do cenário político atual desde secretários, deputados ao mais alto escalão fizeram com que um caminho inverso fosse escrito e puseram fim à muitos políticos de vários mandatos.

Não houve um jogo de marketing politico forte, tampouco a enxurrada de dinheiro em campanhas milionárias nestas eleições que surtiram efeito na cabeça do eleitor que o fizessem mudar de ideia e apostaram numa renovação que há muito tempo não se via onde na câmara federal apenas um único deputado alcançou a reeleição com 90% de renovação e catorze novos deputados irão trabalhar a partir de 2019 na assembleia legislativa com uma renovação de 63% dos representantes legislativos.

Obviamente com esse recado democrático muitos partidos principalmente aqueles que não atingiram o numero de deputados federais terão de se reinventarem, em suma, a partir de 2019, 14 dos 35 partidos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverão ser enquadrados na cláusula de barreira e ficar sem tempo de propaganda gratuita no rádio e na TV nem verba do fundo partidário.

Novos nomes com vontade de trabalhar e aqueles que carregam mandatos e experiência devem se unir pelo bem do povo de Mato Grosso. De oito anos para cá nosso Estado e nosso País está derrapando em vários aspectos, seja no crescimento econômico, na verticalização de nossa produção agrícola, trafegabilidade de nossas estradas aliada a novos modais de transporte e consequente escoamento de nossa produção, atração de indústrias, dentre outras que não aconteceu a contento ocasionando um engessamento e consequente crise, não se tratou apenas da falta de vontade política foi falta de gestão mesmo e todos sabemos que essa teimosia atrasou nosso Estado e teve reflexo nas urnas.

Agora é hora de comemorar os vitoriosos, curar as feridas daqueles que não conseguiram, reorganizar grupos realmente preocupados com a coletividade e aplicar todos esforços nas promessas de campanha. Desejamos ao governador eleito Mauro Mendes bem como todos os 08 representantes da câmara federal e os 24 de nossa assembléia legislativa que Deus ilumine seus passos direcionados ao povo de Mato Grosso. O eleitor fez a sua parte neste momento de transição que antecede a entrada de um novo governo TODOS SOMOS MATO-GROSSENSES.

Vamos focar em nosso quintal.

É HORA DE OLHARMOS TODOS PARA FRENTE.

Max Campos é Servidor Público Estadual.

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um × 1 =