Mauro pode ser candidato de Silval em Cuiabá

A candidatura de Mauro Mendes deixou de ser uma certeza para ser alvo de grandes especulações. Ele estaria ampliando a proposta original do PSB, distanciando-se do PDT e de Pedro Taques e se aproximando do PMDB de Silval Barbosa, conforme reportagens deste domingo, no Diário e em A Gazeta. O certo é que o empresário deixou de lado o esforço para consolidação de seu nome entre o grosso da população, centrando suas articulações nas cúpulas partidárias. Confira.

Mauro dialoga com PMDB e PR

O objetivo é fortalecer seu nome para o pleito deste ano, já tendo se reunido com o governador Silval Barbosa e o senador Blairo Maggi

DO DIÁRIO DE CUIABÁ

O presidente municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB), empresário Mauro Mendes, está dialogando com PMDB e PR para reforçar sua candidatura a prefeito de Cuiabá. Ele deve anunciar oficialmente seu nome ao cargo no próximo mês, após as convenções partidárias.

Apesar de negar, Mauro se reuniu com o pré-candidato e empresário Dorileo Leal na última quinta-feira (17) para debater o cenário político da Capital. E, na sexta-feira (18), se encontrou com o governador Silval Barbosa (PMDB). Com relação ao PR, Mauro Mendes também está tendo várias conversas, inclusive com o senador Blairo Maggi.

Ele aparece em primeiro lugar em todas as pesquisas de intenção de voto realizadas na Capital. O ex-prefeito Roberto França até chegou a declarar que a decisão de Mauro sobre disputar ou não a eleição pode mudar todo o cenário político.

O pré-candidato concorda com a análise de França e afirma estar trabalhando para fortalecer seu nome e também o do partido para o pleito de outubro deste ano.

“As pesquisas têm mostrado que existe uma razoável vantagem no meu nome em relação aos demais pré-candidatos, e isso de uma forma ou de outra cria perspectiva neles”.

Mauro afirma que ainda não se posicionou definitivamente para a disputa porque possui assuntos pendentes a serem resolvidos. “Minha vontade é estar presente nas eleições e contribuir para com o povo cuiabano”, destaca.

“Estou trabalhando bastante neste caminho, conversando com muita gente politicamente, mas preciso terminar a minha construção política. Não sou um homem público, tenho que resolver algumas questões pessoais com relação à minha vida e à minha empresa, e também formar um arco forte”.

No entanto, sua esposa Virgínia Mendes e amigos mais próximos do socialista garantem que ele será candidato no pleito de outubro deste ano. Para tanto, o próprio Mauro afirma que há algum tempo vem dialogando com algumas siglas, com o objetivo de fortalecer seu nome.

“Venho tendo muitas conversas com vários partidos, mas, por uma questão de estratégia, não tenho divulgado”.

Já com relação aos boatos de que ele iria desistir da disputa municipal para encabeçar uma chapa nas eleições ao governo do Estado em 2014, Mauro garante que não há possibilidades disso acontecer.

“Eu nunca tive essa ânsia. Muitas pessoas emitiram essa opinião, eu respeito, mas eu nunca divulguei ou coloquei essa tese. Se eu puder, e tiver condições, serei candidato em 2012”.

Desta forma, com o intuito de fortalecer sua pré-candidatura e intensificar o debate em torno das eleições deste ano, o socialista participou neste sábado (19) de dois encontros na Capital.

Categorias:Jogo do Poder

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 − 3 =