Marcos Machado já está atuando como juiz eleitoral

O desembargador Marcos Machado assume vaga de juiz substituto no TRE nas últimas semanas de atuação do desembargador Rui Ramos como presidente da Justiça Eleitoral

“No passado, o desembargador Marcos Machado deu grande contribuição à Justiça Eleitoral na condição de promotor eleitoral, com sua atuação firme na fiscalização e no combate à corrupção eleitoral. Hoje temos a honra de recebê-lo como membro substituto do Pleno”, disse o desembargador Rui Ramos Ribeiro ao empossar, na segunda-feira o novo juiz membro substituto do Tribunal Regional Eleitoral na categoria desembargador.

O desembargador Marcos Machado destacou que tem acompanhado o trabalho do desembargador Rui Ramos Ribeiro frente ao Tribunal Regional Eleitoral, cujo biênio se encerra no próximo dia 15 de abril. “Lamento não poder exercer esta função – ainda que de membro substituto -, na gestão do desembargador Rui Ramos. Lamento não poder trabalhar com ele aqui na Justiça Eleitoral. Não apenas pela sua capacidade jurídica, mas também pela maturidade política que demonstrou nesses três anos que presidiu o TRE. Graças ao seu trabalho, a Justiça Eleitoral de Mato Grosso recebeu o maior apoio popular e institucional de sua história”.

Para o desembargador Marcos Machado, o apoio popular e institucional decorre principalmente “do processo moralizador” implantado pelo desembargador Rui Ramos Ribeiro, não apenas na atividade fim de julgar processos, mas também no tratamento isonômico e respeitoso dispensado aos políticos, advogados, entidades, imprensa e representantes da sociedade civil. “O senhor tirou do papel a acessibilidade da Justiça e colocou na prática”, disse o desembargador Marcos Machado ao presidente do TRE.

Histórico – Marcos Henrique Machado foi empossado como desembargador no Tribunal de Justiça de Mato Grosso no dia 2 de maio de 2011, na vaga reservada a membros do Ministério Público Estadual, pelo quinto constitucional.

Trabalhou como promotor eleitoral desde 1994. Nessa função também atuou nas eleições municipais de 2008. Ao longo de sua atuação na Justiça Eleitoral, acumulou larga experiência, sobretudo na área da fiscalização da propaganda eleitoral. “Minha proposta agora é colaborar, no que for preciso para manter essa fiscalização que foi implantada pelo desembargador Rui Ramos Ribeiro. Nesse sentido me coloco à disposição do futuro presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Juvenal Pereira da Silva, e da futura Corregedora, desembargadora Maria Helena Póvoas”.

Fonte TREMT

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.69.195 - Responder

    Dr. Marcos Machado tem credenciais para bem representar os interesses da sociedade no combate à corrupção eleitoral.

  2. - IP 201.15.103.226 - Responder

    VERDADE ADEMAR, TEM MESMO! NISSO EU CONCORDO. O DURO É QUE VINDO ESSE COMENTÁRIO DE VOCÊ, QUE NAO POSSUI CREDENCIAL ALGUMA, SOA ATE DESPRESTIGIO AO EMERITO DESEMBARGADOR. ASSIM “””””VIVA O DESEMBARGADOR MARCOS MACHADO”””””, O QUE NAO SOU EU QUEM FALO, MAS APENAS ECOANDO A VOZ DO POVO E DA SOCIEDADE ORGANIZADA E DE LABUTA (ALIAS, PREDICADO ESTE ÚLTIMO QUE FALTA AO DESOCUPADO – SEMPRE – ADEMAR….!)

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

três × 3 =