LULA, PRESIDENTE EM 2018 – O Brasil assiste a uma arremetida fenomenal das forças da direita contra a figura de Luís Inácio Lula da Silva, primeiro presidente operário do Brasil. Tudo que se faz hoje, nos espaços da grande mídia, é para tentar macular a imagem de Lula. Mas Lula resiste!

Por trás de toda a trama que Luis Nassif resume aqui , o objetivo é sempre atingir o presidente Lula e o bom conceito com que conta junto a grande parte da população brasileira. Mais do que já se atingiu até agora.

Por trás de toda a trama que parece unir a mídia golpista com os procuradores da Lava Jato , o objetivo é sempre atingir o presidente Lula e o bom conceito com que conta junto a grande parte da população brasileira.

Lula, presidente em 2018

Enock Cavalcanti

Meus amigos, meus inimigos: o Brasil assiste a uma arremetida fenomenal das forças da direita contra a figura de Luís Inácio Lula da Silva, primeiro presidente operário do Brasil.

Tudo que se faz hoje, nos espaços da grande mídia, é para tentar macular a imagem de Lula. Mas Lula resiste!

Vejam que, apenas no caso da “Veja”, revista que dá aulas semanais de manipulação da notícia, já são quase 40 anos produzindo matérias contra Lula. Quarenta anos de exercício do ódio contra um líder popular.

E Lula está aí, vivo e forte, apesar de já ter passado por um câncer. A natureza parece que também coopera com o marido de dona Marisa.

O pior é que, no afã de atacar o velho metalúrgico, não apenas jornais, rádios, TVs e saites sob influência da direita se mobilizam, como também setores do Judiciário, do Ministério Público.

Já podemos, sim, falar em um complô. A Operação Triplo X, disparada nestes dias, sob comando do juiz federal Sérgio Moro, me parece uma distorção absurda dos alegados objetivos da Lava Jato. Alguns dias depois de um promotor paulista anunciar, antes mesmo que Lula pudesse se defender, a sua intenção de processar Lula, ficando em saia justa, os procuradores da Lava Jato correram em seu socorro.

E a Lava Jato aparece também investigando um prédio construído em Guarujá, onde se tenta fazer crer que empreiteiras teriam patrocinado a compra de um apartamento para Lula.

Logo em seguida surge também a investigação, com generosos espaços na Rede Globo, sobre um sítio, no interior paulista, que teria sido frequentado por Lula e sua família. Mas só se fala em suspeitas, indícios, no desejo de encontrar um crime praticado por Lula que eles não encontram.

Todos os canhões dos mais poderosos veículos de comunicação do Brasil estão voltados para Lula. Tentam fazer pó de sua respeitabilidade.

O jurista Tarso Genro, ex-governador do Rio Grande do Sul, começou a semana dizendo que o tratamento dispensado a Lula pelo cartel da mídia, formado por Folha, Globo, Estadão e Veja, lembra o que os nazistas fizeram com os judeus, sob o comando de Hitler. “A mídia tenta fazer de Lula o judeu da década, como os nazistas fizeram dos judeus e comunistas os alvos do seu ódio à democracia social”, escreveu Genro.

Eles atiram contra Lula, recorrendo aos expedientes mais torpes. Mas na internet e redes sociais, é enorme a rede que já se armou para desmentir essas patifarias e preservar este metalúrgico que já foi presidente do Brasil uma vez e que, nessa batida, tem tudo para voltar ao Palácio do Planalto em 2018.

Se as elites têm tanto medo de nova eleição de Lula, é uma nova eleição de Lula que o povo deve construir.

ENOCK CAVALCANTI, jornalista, é Editor de Cultura do Diário e desta PAGINA DO E. Artigo publicado originalmente no DC

Categorias:Cidadania

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.22.172.128 - Responder

    Se tiver solto, vai ser um candidato no mínimo acuado pelas robustas evidências de crimes.Enock gosta dele e, só pensa no PT e nas boquinhas,não pensa nunca no Brasil.O Brasil que se foda ,desde que o lulla seja presidente.O sonho dos petralhas é ganhar a próxima,estabelecer uma ditadura como a Venezuela e se perpetuar no poder.Só que falta combinar com as empreiteiras e com a classe média,com a pobreza ignorante e idiotalizada,não precisa,eles votam no Lulla.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

10 + 17 =