PREFEITURA SANEAMENTO

LÚDIO CABRAL: Agressão covarde do governador Mauro Mendes ao jornalista Pablo Rodrigo é atentado contra Liberdade de Imprensa. VEJA EM VIDEO

 

 

Lúdio, Pablo e Mauro Mendes

 

A agressão do governador Mauro Mendes ao jornalista Pablo Rodrigo, repórter de Política do jornal A Gazeta, virou denúncia na tribuna da Assembleia Legislativa, através de discurso do deputado estadual Lúdio Cabral (PT-MT). Antes deste pronunciamento, o fato só tinha merecido registro no site Boa Midia, do veterano repórter Eduardo Gomes, no Issoé Notícia e nesta PAGINA DO E.

De acordo Lúdio, “a atitude do governador Mauro Mendes, de agredir um jornalista ao ser questionado sobre ter virado réu em um processo, é um atentado à liberdade de imprensa”.

O parlamentar petista acrescentou, em sua fala que “o governador teve um gesto covarde, autoritário e agressivo, para mandar a toda a imprensa o recado de que não tolera ser questionado. O jornalista Pablo Rodrigo, repórter do jornal A Gazeta, estava apenas cumprindo o seu dever e dando ao governador o direito ao contraditório. Infelizmente, ataques a jornalistas estão se tornando comuns e sendo normalizados em nosso país, nesse momento político sombrio pelo qual o Brasil passa. Não podemos nos calar diante dessas situações.”

Lúdio Cabral destacou que diante do ataque covarde de Mauro Mendes “não é apenas a pessoa do qualificadíssimo jornalista Pablo Rodrigo que está sendo agredida, mas o direito de toda a população de ter acesso à informação”. E que “(Pablo) levantou a noticia, revelada pelo site Issoé Notícia, e deu a oportunidade ao governador do contraditório, mas que Mauro Mendes preferiu partir para a agressão contra o jornalista que o questionava.

O deputado Lúdio Cabral também comparou a atitude covarde de Mauro Mendes com as atitudes adotadas pelo atual presidente Jair Bolsonaro com relação aos repórteres que o questionam. E disse temer pela sorte dos demais jornalistas, como sua filha, quando tem que abordar autoridades públicas em Mato Grosso.

 

ENTENDA O CASO – Republicamos, a seguir, o texto solitário do jornalista Eduardo Gomes, único a divulgar a agressão no site Boa Midia, poucos minutos dela ter acontecido:

Não foi um murro no rosto nem um rabo-de-arraia, mas o governador democrata Mauro Mendes agrediu o jornalista Pablo Rodrigo, com dois tapas no peito e uma torção no braço direito, no final da manhã desta segunda-feira, 18, na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), onde acontece um encontro municipalista.

A violência foi praticada ao término de uma conversa informal do governador com jornalistas, no hall de entrada do auditório da AMM. Os colegas de Pablo viram a agressão, mas nenhum esboçou reação.

A conversa de Mauro Mendes com os jornalistas transcorria serena, até que Pablo o questionou sobre recente decisão do juiz da 7ª Vara Federal em Cuiabá, Paulo César Alves Sodré, que acolheu denúncia do Ministério Público Federal (MPF) e o tornou réu numa ação sobre a compra por ele, de um apartamento, em leilão judicial, fato que resultou na aposentaria compulsória da juíza do Trabalho, Carla Reita Faria Leal, também ré na mesma ação. O MPF vê irregularidade nessa compra, motivo que o levou a denunciá-lo por crime de falsidade ideológica.

A compra do apartamento voltou ao noticiário hoje, com uma reportagem do jornalista Alexandre Aprá, do site issoenoticia.com.br

Pablo perguntou como ele fará agora que é réu nessa ação. Antes mesmo da formulação completa da pergunta, Mauro Mendes respondeu que faria do mesmo modo que faz (o jornal) A Gazeta (do Grupo Gazeta de Comunicação) para o qual o jornalista trabalha na editoria Política. Ainda respondendo rispidamente o governador deu dois tapas no peito do entrevistador. Pablo insistiu, a o entrevistado manteve o tom ríspido, torceu seu braço direito e saiu.

O jornalista ficou abalado emocionalmente e disse que ainda não sabe se registrará Boletim de Ocorrência contra o governador, mas destacou que se sentiu agredido fisicamente. Os colegas de Pablo evitaram comentar o caso.

Após a agressão Mauro Mendes participou da abertura do evento, compondo a mesa das autoridades ao lados dos senadores Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (DEM), deputados federais e estaduais,  de centenas de prefeitos e vereadores e dos dirigentes da AMM liderados pelo presidente Neurilan Fraga.

Em seu pronunciamento no encontro o governador não abordou o caso. À noite, Mauro Mendes recebe os prefeitos em jantar, para tratar de assuntos administrativos.”

 

Veja, na integra, o pronunciamento de Lúdio Cabral na tribuna da Assembleia de Mato Grosso

 

Ludio Cabral repudia agressão de Mauro Mendes ao jornalista Pablo Rodrigo de A Gazeta from Enock Cavalcanti on Vimeo.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dois × 2 =