LAURA PETRAGLIA: Desembargadora Maria Erotides manda suspender obra de linhão da Cemat em bairro de Cuiabá

Maria Erotides é desembargadora no Tribunal de Justiça de Mato Grosso

Desembargadora manda suspender obra de linhão da Cemat em bairro de Cuiabá

Da Redação – Laura Petraglia
OLHAR DIRETO

Por determinação da desembargadora Maria Erotides Kneip Baranjak, proferida na noite desta segunda-feira (14), as obras do linhão da Rede Cemat no bairro Santa Amália deverão ser imediatamente interrompidas nesta terça-feira (15).

Justiça nega liminar ao MPE e mantém construção de linhão

Os moradores da Rua Rouxinol, onde o linhão está sendo implantado nas calçadas, travaram uma verdadeira guerra com a Rede Cemat para tentar impedir que os postes de energia sejam colocados lá.

Na semana passada o juiz da Vara Especializada de Meio Ambiente da Comarca de Cuiabá, Marcos Faleiros da Silva, indeferiu liminar em ação civil pública proposta pelo Ministério Público de Mato Grosso contra o Município de Cuiabá e a Cemat (Centrais Elétricas Mato-grossenses S/A), que visava impedir a construção naquela localidade.

Os moradores temem que a tensão da rede elétrica traga prejuízos econômicos e à saúde deles. “É uma tensão muito alta e pode parar marca-passos das pessoas, pode queimar eletrodomésticos, sem falar que vai desvalorizar as casas da região”, opina o morador Luiz Ferreira, que há 27 anos mora na região.

O presidente do bairro, Rowel Arruda, declara que a disputa com a Cemat corre desde meados de abril de 2012, quando os moradores ‘descobriram’ o projeto. “Eles começaram a abrir o buraco na rua e nós descobrimos o que estava acontecendo depois que a gente investigou. Eles querem fazer isso sem consultar as pessoas, sem a nossa autorização”, reclamou.

Para a Rede Cemat, no entanto, não há motivo para tanto alarde. O gerente de Projetos e Construção do grupo, engenheiro Célio Rassi, afirma que a tensão da rede que passará pelo local está longe de ser suficiente para causar danos a eletrodomésticos e marca-passos. “Isso não tem procedência”, afirma. A linha de transmissão que passará pelo local é de 138 kv.

Na manhã de hoje (15), moradores, autoridades e representantes da Prefeitura de Cuiabá, da Sema, do Crea-MT e da Rede Cemat realizarão medição das torres nas calçadas e será apresentado relatório para saber se a obra está irregular na Rua Rouxinol

FONTE OLHAR DIRETO

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.69.195 - Responder

    Parabéns à minha ex-professora Dra. Maria Erotides!
    Parabém ao MP!
    Parabéns aos moradores do Santa Amália!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

oito + dezenove =