DOIDÃO – Pinheiro é preso ameaçando esposa com faca na mão

Em meio ao mormaço noticioso deste feriadão, quem explode mais uma bomba, bomba, bomba no colo dos cuiabanos é o vereador Júlio Pinheiro (PTB), presidente da Câmara Municipal.  O jeito truculento do vereador  (que é lugar-tenente do prefeito Chico Galindo) de fazer política parece que transbordou, agora,  para cima de sua esposa, dona Gisely Pinheiro.  Aparentemente noiado, Júlio foi preso na madrugada desta Sexta Feira da Paixão, com uma faca na mão, ameaçando a mulher. Divulgada em absoluta primeira mão pelo RD News, o caso deve ampliar o clima de baixaria que impera na Câmara, com novos lances daquele bate-boca infindável entre os vereadores em que se transformaram as sessões desta que é a temporada mais policialesca do legislativo cuiabano. Confira o noticiário (EC)

Presidente da Câmara de Cuiabá, Júlio é preso por agredir a esposa
Romilson Dourado

O presidente da Câmara Municipal Júlio Pinheiro (PTB) foi detido, em flagrante, neste feriado de Sexta-Feira da Paixão, em sua casa, na rua Miguel Seror, no Santa Rosa, um dos bairros nobres de Cuiabá. Segundo um dos policiais militares que atendeu a ocorrência, às 3 horas, o vereador estava  com uma faca na mão, praticamente transtornado, e ameaçava a esposa Gisely Carolina Lacerda Pinheiro. A negociação para Júlio entregar a arma branca demorou cerca de 10 minutos. Ele só recuou quando percebeu a chegada em frente a sua residência de reforços policiais.

Para a polícia, Gisely contou que o parlamentar se encontrava “bastante alterado” e teria feito uso de entorpecente. Júlio foi encaminhado para a delegacia, sob escoltas de viaturas. Como alegou possuir imunidade parlamentar, não foi algemado. Algumas autoridades interviram. Júlio prestou depoimento na delegacia do Cisc do Planalto e minutos depois foi liberado.

Como trata-se de uma autoridade que preside a Câmara da Capital e que chegou a assumir a cadeira de prefeito por alguns dias, inclusive por duas vezes nesta administração Chico Galindo, o caso deve ganhar muita repercussão. Dificilmente ficará livre de investigação pela Câmara por quebra de decoro parlamentar, a exemplo do que aconteceu com Ralf Leite, flagrado com um menor travesti e que acabou sendo cassado. É provável que a Câmara receba pedido de CPI para abrir investigação contra Júlio Pinheiro, que, na esfera jurídica, será enquadrado na Lei Maria da Penha cujo processo judicial deve ser iniciado, independentemente da vontade da mulher, mesmo que tenha sido vítima de agressão física leve.

O publicitário Mauro Cid, ex-secretário de Comunicação da Câmara Municipal e que presta consultoria a Júlio Pinheiro, disse que não poderia se manifestar neste momento em nome do Legislativo porque trata-se de um fato isolado e que não diz respeito à atividade parlamentar de Júlio. A jornalista Andreia Cruz, secretária de Comunicação, disse que estava em viagem e que iria se inteirar do assunto para depois se pronunciar. Júlio Pinheiro não atendeu as ligações feitas para o seu aparelho celular.

Às 9h40 – Júlio deve enfrentar investigação pela Câmara

Júlio Pinheiro, que está no terceiro mandato, pode ser o próximo a enfrentar processo de cassar por quebra de decoro parlamentar, em meio ao clima de pré-campanha eleitoral e na reta final do atual mandato.

Apesar de presidir o Legislativo e manter o controle do duodécimo mensal de cerca de R$ 2 milhões e de, em tese, contar com “apoio” da maioria dos vereadores, alguns, por outro lado, começam a se movimentar nos bastidores em defesa da investigação, com base no novo caso de polícia em que o presidente da Câmara se envolveu, ao tentar agredir a esposa e ser conduzido à delegacia. Júlio tem histórico marcado por confusão e polêmica. Há cerca de uma década, foi flagrado dirigindo embriagado, na rodovia Emanuel Pinheiro, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães.

Um dos desejam ver Júlio na “berlinda” é o ex-presidente Deucimar Silva (PP), alvo de CPI por causa da denúncia de superfaturamento na obra de reforma da Câmara. O diretório do PTB, partido de Júlio e do prefeito Chico Galindo, está avaliando o caso para se pronunciar oficialmente.

Categorias:Direito e Torto

5 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.51.224 - Responder

    Quem esperaria algo diferente de um cidadão representante do povo com mandato de vereador e presidente da casa de leis que promove e encabeça a venda da água. Pobre Cuiabá de gente honesta renovação já. A população tem que listar os vereadores dessa panela Julio Pinheiro Deucimar para votar contra em quaisquer deles que porventura escapar da justiça comum e eleitoral e constar na lista de candidatos. Chega o povo não pode corroborar com esses desmandos.

  2. - IP 201.24.174.116 - Responder

    Mais uma prova irreputavel de que a cadeia em Mato Grosso so serve para os 03 Ps ….e para turistas argentinos. E vergonhoso ser representado por uma pessoa despreparada emocionalmente e que pelo visto é capaz de tudo, talvez seja este o motivo que o prefeito galindo sempre tire ferias quando existe um trabalho sujo a fazer e deixa a cidade nas maoes de um agressor de mulheres. E como consta nas literaturas do ramo, com certeza esta não é a primeira vez que o mesmo agride uma mulher, pois o agressor é contumaz, tem prazer em agredir, não respeitando a outra parte. E quanto ao uso de entorpecentes citado na reportagem….nem sei o que pior: Ralf e o traveco, Deucimar e o telhado de ouro, O vereador do planalto e o bolsa familia do filho, são tantas pizzas…..que venha um cachoeira para lavar esta camara de tantas sujeiras. Este mesmo senhor é cria de Antero e Antonio Joaquim

  3. - IP 189.59.41.103 - Responder

    Esse é mais um caso de falta de decoro, que deve ser punido com a cassação de mandato.Não vejo esse caso como diferente do que Ralf Leite praticou e pelo qual terminou sendo cassado.

  4. - IP 201.67.60.149 - Responder

    O povo cuiabano tem que tomar vergonha na cara e eleger pessoas decentes para nos representar.
    Esse bêbado, mais conhecido como “cachorro louco”, deveria estar na cadeia, pois isso não se faz nem com o pior dos inimigos, imagina com a mãe dos seus filhos.
    Povo cuiabano, esse é um nome para deletar para o resto da vida, dos meios políticos.
    Acorda povo, toma vergonha na cara e seja mais comprometido com a sua cidade. Aprenda a votar.
    Cachorro louco, suma de Mato Grosso e leve contigo o Chico Galindo, Sérgio Ricardo.Riva, Gilmar Fabris, Maggi, etc.

    Cuiabano

  5. - IP 189.114.54.18 - Responder

    Esse vereador é uma piada, aliás, uma piada de muito mau gosto. Além de servir de bate pau do prefeito Galindo, me parece que o mesmo é truculento também na vida privada. Pobre de nós cuiabanos que temos como representante uma figura como esssa! Lamentável!!!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × quatro =