Juíza Jaqueline Cherulli reforça MCCE a partir de Rondonópolis

Juíza Jaqueline Cherulli reforça cidadania e instala MCCE em Rondonópolis; Movimento já está presente em 7 municípios de Mato Grosso

Por Michely Figueiredo
PNB ON LINE

A juíza da 10ª zona eleitoral de Rondonópolis, Jaqueline Cherulli, instituiu naquele município o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), com a participação da sociedade civil organizada, entidades religiosas e da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Com este núcleo, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral passa a existir em sete municípios de Mato Grosso. Em Cuiabá o movimento é coordenado por Antônio Cavalcante Filho, o Ceará, e pelo advogado Vilson Nery.

O movimento também foi instalado em quatro municípios da região Oeste do Estado (Mirassol D´Oeste, São José dos Quatro Marcos, Curvelândia, Glória D´Oeste), pelo juiz Anderson Candiotto. O mesmo magistrado instalará o MCCE no município de Porto Esperidião no próximo dia 22 de agosto.

A juíza Jaqueline Cherulli, de Rondonópolis, mobilizou a sociedade civil daquele município para que todos assumam compromisso com o combate à corrupção eleitoral, entre eles o Lions Club, Rotary, Maçonaria, OAB, servidores e representantes da Universidade Federal de Mato Grosso e empresários.

“Teremos um comitê que vai acompanhar todo o trabalho eleitoral realizado na cidade de Rondonópolis. Será formado por membros da sociedade civil organizada, Rotary, Maçonaria, OAB, representante da UFMT, empresários. Mas isso é só o começo. O comitê é aberto a toda sociedade. Quanto mais participantes, integrantes tiver, melhor. Fica aqui um convite para quem tiver interesse em fazer parte deste comitê”, disse a magistrada.

De acordo com a juíza Jaqueline Cherulli, que comandou a implantação do MCCE em Rondonópolis, a Lei da Ficha Limpa é um marco na democracia brasileira, justamente por ter origem em uma mobilização da sociedade. “Eu tenho certeza absoluta que esta eleição será diferente de todas as que nós já conhecemos até aqui”, garantiu.

Ceará e Vilson Nery, militantes do núcleo pioneiro do MCCE, em Cuiabá

Rondonópolis abraça projeto “Voto Limpo”

A magistrada Jaqueline Cherulli também deu início em Rondonópolis a campanha Voto Limpo, que em nível nacional foi lançada pelo Conselho Nacional da OAB em parceria com o Tribunal Superior Eleitoral.

Em Cuiabá, as palestras da campanha Voto Limpo são ministradas nas escolas públicas, no período noturno, pelo presidente do TRE, desembargador Rui Ramos Ribeiro, pelo presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/MT, Sílvio Teles e pelo advogado e membro do MCCE, Vilson Nery.

Em Rondonópolis, o cartório da 10ª zona eleitoral já preparou uma programação das palestras a serem ministras em escolas públicas, sempre às 19 horas nas terças e quintas .

A parceria entre a OAB e a Justiça Eleitoral foi comemorada pelo presidente da subseção da OAB naquele município, Adalberto Lopes de Souza.

“Este projeto é muito importante que para não se repita, em 2012, a corrupção eleitoral que vimos acontecer em todo o Brasil, nas últimas décadas. Nosso objetivo é disseminar a informação em toda a cidade, nos locais públicos, esclarecendo os eleitores para que saibam escolher melhor seus candidatos”.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

15 + vinte =