gonçalves cordeiro

JOSÉ ORLANDO MURARO: Com inércia do Ministério Público, corrupção vai muito bem, obrigado!

Muraro

Com a inércia do Ministério Público, a corrupção vai muito bem, obrigado!

Só para relembrar…..

Em 2009, técnicos do Tribunal de Contas do Estado publicaram um relatório comprovando, entre outras coisas, que a Câmara Municipal de Chapada  havia comprado uma cambulhada de combustível do posto Aldeia Velha sem licitação. Entre outras coisas.

O jornal PLURIVERSO publicou a denúncia do documento. Imediatamente, o promotor César Danilo acatou uma representação do vereador e presidente da Câmara Thomas Jefferson e ajuizou ação contra minha pessoa e outro sócio do jornal alegando que havíamos ofendido a honra e a moral dele e pedia nossa condenação  criminal por calúnia e difamação.

O vereador Thomas Jefferson ajustou o advogado André Domingos que o habilitou como assistente de acusação e pediu uma fábula de dinheiro a título de danos morais.

Isto em 2009.

Somente em 2012 o representante do Ministério Público ajuizou ação por improbidade administrativa de Thomas Jefferson pelos mesmos motivos denunciados pelos técnicos do TCE e publicados pelo PLURIVERSO.

Olha o samba do crioulo doido: é uma coisa bem esquartejada….a mão direita não sabe o que a esquerda faz….primeiro o representante do MP nos processou por calúnia e difamação e anos depois processou  o Thomas pelos mesmos motivos!

O resultado está na pagina 6, o que responde a muitas indagações sobre esta última condenação do vereador Thomas Jefferson. Que recorreu da decisão.

Quanto à ação por danos morais  levaram tinta e a mesma foi julgada improcedente.

Na primeira versão do PLURIVERSO (1999-2000), um catatau,  jornal standart, nós pegamos a cacete o vereador Dudu, Luiz Albino, Antunes e o sempre saudoso Manequinho, que foi um adversário valoroso. Resultou em processos e a condenação criminal do Dudu. E Dudu, Luiz Albino e Manequinho não foram reeleitos.

Na segunda versão que circulou em 2008-2009, o prato do dia foi o prefeito Flávio Daltro….todos os 18 processos que ele responde por improbidades administrativas ( com duas condenações já julgadas) foram amparadas em denúncias do PLURIVERSO.

Os anos de chumbo da imprensa livre. A aliança entre um juiz venal (Eduardo Calmon) e um promotor  medíocre ( César Danilo) resultaram em mais de uma dezenas de processos, para asfixiar de vez com este jornal….Tempos difíceis…chegou um dia que tinham TRÊS oficiais de Justiça me procurando para  intimar….o caos financeiro…..e a segunda ex-mulher ajudando a salgar a minha carne…pedido de prisão por atraso de pensões e por aí foi a coisa toda….

E aquela ajuda a mais: cinco tiros na porta do jornal ( 9 de agosto de 2009) e, achando que eu estava nas cordas, o conflito com o ex-prefeito (29 de agosto de 2009). E a prisão. Um prato cheio para César Danilo e Eduardo Calmon…..

Como consegui sobreviver a tudo isto?

Meu pai me contou que nasci com o cordão umbelical enrolado no pescoço. A parteira estava olhando pela janela ( eram 10 da noite) para ver se via o Sputinik, que os soviéticos tinham colocado em órbita dias antes.

Já tinha mais de 40 anos quando ele falou sobre meu nascimento.

-Você lutou para nascer…se contorcia desesperadamente, tentando arrastar a placenta para fora…. Foi ele quem afrouxou o cordão e me puxou para a vida….

Quando, aos 21 anos, a cigana, mãe de Tarauaque, levantou os óculos e, com aqueles olhos cinzas,  me disse que não via um futuro de riquezas para mim….o que ela via era um homem caminhando sempre na chuva…sem descanso,…sem sossego….batendo os pés duramente no chão…. não me assustei…no fundo, eu já sabia….

Enfim, sobrevivi mais uma vez.

Usando toda a tecnologia de ponta que consegui comprar, em setembro de 2018, quase dez anos depois da segunda versão, decidi colocar o PLURIVERSO nas ruas de novo…..já estou bem velho e tenho muitos textos que escrevi para desovar….

Decidi que continuaríamos a bater de frente com a corrupção nesta currutela. È o que podemos fazer.

Mas o que tem me assustado é a inércia do Ministério Público. Nós denunciamos que DUDU, na presidência do SAAE , celebrou um contrato no valor de 30 mil reais com um sujeito que nem era representante da empresa contratada…..A promotora pediu explicações do Dudu e a coisa parou por aí.

Denunciamos e juntamos todos os tipos de documentos, dando conta de que o Secretário de Turismo, Jorge Defanti desviou 850 mil reais repassados pelo governo do Estado para o carnaval de 2017. Publicamos tudo o que tínhamos nas mãos….cópia da prestação de contas perante a Secretaria Estadual de Cultura, o nome da empresa que havia recebido os 850 mil desviados….e muito mais….até agora….nadica de nada…

Denunciamos o Luis Leite, do SAAE que firmou contrato com uma empresa fantasma chamada de SAN-LEX que usa o CNPJ de outra empresa (Cogesan) Um contrato de 300 mil reais anuais….e??…Até agora nada

Agora vem a prefeita Thelma Pimentel e agracia o seu ex-marido, o corno rico, com outro contrato de 300 mil reais!!!! Sem  licitação, sem tomada de preços…..deve ser para ele comprar Viagra! Só pode!

Com a atual composição do Ministério Público que está em Chapada dos Guimarães, compensa continuar denunciando?

Não prestam  contas à sociedade…não se sabe o que as promotoras estão fazendo em relação às denúncias….se é que estão apurando o que se publicou…..

Cá entre nós….o último prefeito honesto desta cidade foi Ursulino de Freitas…de lá prá cá, só ladrões…de todos os tipos…desde um imbecil como José Neves ( quem saiu rico foi o seu assessor jurídico e ele foi quem sentou na jaca) até um demagogo tipo Flávio Daltro…mas cá entre nós…eu nunca tinha visto uma ladra mais cara de pau do que a atual prefeita Thelma Pimentel!

Rouba, rouba descaradamente…..acintosamente….. e ainda sai rindo da cara de todo mundo…..

E para completar tem os BOÇALNAROS, que esbravejam contra a corrupção… lá em Brasília….Quanto a corrupção aqui na currutela, desconversam e tiram o deles da reta. São um bando de frangas assustadas…piam baixinho….todos dependem do dinheiro da Prefeitura…..

Vamos continuar DENUNCIANDO.

Já estou  com o prazo de validade vencido há mais de 40 anos e o caixão da PAX  está garantido (esta prestação eu não atraso…tiro até das cervejas….)

Vamos continuar denunciando….. como sempre fizemos nos últimos 20 anos!!!!

E que venham tiros nas portas  ( nas portas não…são de blindex….caras demais…..atirem nas paredes, por favor…) murros, facadas e tudo mais…a gente sobrevive….. eu sobrevivo…..

 

 

( editorial do jornal PLURIVERSO CHAPADENSE que circula em Chapada dos Guimarães, MT, neste sábado, dia 9 de fevereiro)

Jose Orlando Muraro Silva, advogado e editor do PLURIVERSO

Portador da Síndrome de Asperger

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.41.81.169 - Responder

    Muraro, porque o Pluriverso não volta via internet? Tipo um Pluriverso Online ou e-Pluriverso? Tá fazendo falta…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

9 + 10 =