JORNALISTA GIBRAN LACHOWSKI: É sempre muito bom falar e produzir mídia popular.

Mídia popular
Por Gibran Lachowski

É sempre muito bom falar e produzir mídia popular. Dessa vez foi em Cáceres, no sábado e domingo, dias 22 e 23 de junho. Foi pelas Comunidades Eclesiais de Base da igreja católica, já que eu e minha esposa, Ana Paula Carnahiba, auxiliamos as CEBs neste setor em Mato Grosso. E foi bom rever gente de caminhada e conhecer novas pessoas que estão nas sendas de Jesus Cristo Libertador.

Conduzimos o encontro de formação “CEBs e Comunicação Popular – uma Igreja em Saída”. Essa tal “igreja em saída” tem a ver com as palavras e práticas do papa Francisco, que defende e vive a comunhão com o povo, nos templos, nas praças, nas ruas, nas florestas. Uma igreja em constante caminhada, como bem encarnava o Cristo de Nazaré.

O encontro ocorreu na paróquia Cristo Trabalhador e teve a participação de cerca de 40 pessoas, vindas não só de Cáceres, mas também de Mirassol D´Oeste, Rio Branco, Pontes e Lacerda, Nossa Senhora do Livramento e Poconé. Integrantes das pastorais da Criança, da Sobriedade e Carcerária. Professores da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), filiadas do Sindicato d@s Trabalhador@s no Ensino Público (Sintep) e lideranças das CEBs.

Na programação, diferenças entre as mídias popular (anti-hegemônica) e comercial (hegemônica), os prejuízos causados pelo oligopólio das comunicações em Mato Grosso e no Brasil, exemplos de veículos alternativos, a importância da leitura crítica da realidade e dicas para identificar fake news. Também houve análise sobre documentos escritos pelo papa Francisco acerca da boa nova, do sensacionalismo e do diálogo interpessoal, além de uma oficina com produção de textos, áudios e vídeos.

Entre as pautas da oficina, as ações dos grupos de reflexão bíblica, atividades de prevenção e combate às drogas, manifestações contra a Reforma da Previdência e em defesa de direitos sociais, festa junina escolar e Jornada Diocesana dos Jovens.

Um encontro marcado por exposição dialogada, grupos de discussão, socialização dos debates, músicas, belas refeições, místicas, muita alegria e disposição para fazer valer uma comunicação que denuncie as injustiças sociais e anuncie o projeto do Cristo Libertador já, aqui, na Terra.

Ao final, a equipe de comunicação da diocese de São Luiz de Cáceres foi incrementada com nov@s membr@s e o incentivo à valorização principalmente das atividades das comunidades.

Como dizemos nas CEBs ao final de uma oração, valorizando a diversidade do nosso povo, “Amém! Axé! Awire! Aleluia!”.

 

 


Gibran Lachowski, jornalista e professor universitário em Mato Grosso

 

 

“CEBs e Comunicação Popular – uma Igreja em Saída”

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

onze + 12 =