Jairo Rocha venceu com a militância e com a tese da candidatura própria

Os jornalistas amigos e os jornais amestrados, sempre a serviço do tucanato e da turma da botina, tentam confundir as bolas. Só que eles não entendem nada de PT, e acabam falando muita asneira. Por isso, tentam fazer crer que a vitória de Portocarrero representou uma derrota para o grupo da senadora Serys e mais particularmente para o grupo da Articulação de Esquerda, capitaneado pelo ex-presidente do PT cuiabano, Jairo Rocha.

Quem conhece o PT, todavia, sabe que Jairo Rocha é um dos grandes vencedores deste processo, ao lado de Portocarrero, da senadora Serys e da militãncia petista. Foi Jairo Rocha um dos primeiros a ver a importância de viabilização das prévias para a garantia da candidatura própria do PT. Foi Jairo Rocha quem saiu em campo, incentivando Vicente Vuolo e depois o médico Alencar Farina a se inscreverem nas prévias petistas. Se Vuolo, por sua personalidade excessivamente conflitada e conflitiva, não teve estrutura pessoal para sustentar o seu nome (hoje ele seria o candidato a prefeito!), o problema não é de Jairo Rocha.

Jairo Rocha é um dos mais ativos e apaixonados construtores do PT em Cuiabá. Sua atividade dedicada tem que se ressaltada, apesar do sectarismo de algumas de suas posições. (O ataque que ele fez, recentemente, ao Neguinho do Praeiro achei despropositada, por exemplo.) Não se pode, por tudo isso, dizer que ele foi derrotado neste processo. Muito pelo contrário. Com a vitória da tese da candidatura própria, Jairo é um vencedor.

Derrotados, até aqui, estão Alexandre César e os setores mais à direita do Campo Majoritário que, pelo que se vê, ainda se movimentam no sentido de implementar a tese de um PT subordinado ao PR nas eleições que se aproximam em Cuiabá. Só que os movimentos de Alexandre César aparecem já como nati-mortos, depois do massivo comparecimento da militância à votação de domingo e depois da vitória histórica e expressiva de Portocarrero.
 

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

9 − 4 =